notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 22/06/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    luto

    Maestro faleceu na noite deste sábado aos 74 anos

    Morre maestro Agostinho Ruschel, autor do Hino de Gravataí

    por Redação | Publicada em 28/03/2021 às 10h52| Atualizada em 05/04/2021 às 14h20

    O maestro Agostinho Ruschel faleceu na noite deste sábado, em Gravataí, aos 74 anos, por complicações cardíacas.

    O músico, arranjador e compositor é o autor do Hino de Gravataí.

    Natural de Estância Velha, é desde 2002 cidadão gravataiense por homenagem da Câmara de Vereadores. O prefeito Luiz Zaffalon vai decretar luto oficial neste domingo.

    – Não temos palavras para expressar a dor que sentimos. Palavras nunca foram nosso forte. Nossos sentimentos à esposa Rosani e ao filho, o também maestro Igor Daniel Ruschel. Durante 39 anos foi nosso condutor, nosso farol e nossa inspiração. Que Deus o receba de braços abertos. E de uma única coisa temos certeza: os anjos cantarão mais afinados e com arranjos belíssimos a partir de agora – lamenta em nota o Coral Arte e Cultura, regido pelo maestro.

     

    Assista aos vídeos e, abaixo, siga o currículo do maestro

     

     

     

    UM EXPOENTE DO BRASIL

    Regente do Coro Masculino 25 de Julho de Porto Alegre por 48 anos, o maestro Agostinho Ruschel estudou música sistematicamente desde a infância, tendo iniciado pelos cursos de piano e órgão, direcionando sua especialidade para a Regência Coral e a voz humana, composição e harmonia, através de cursos especializados em cada área com mestres renomados no assunto em âmbito nacional e internacional.

    Além de Música, cursou também Filosofia e Teologia. Desde cedo notabilizou-se por sua atuação no movimento coral gaúcho. Como professor de Educação Musical e Artística, lecionou em estabelecimentos proeminentes da capital e cidades circunvizinhas, sempre trabalhando para divulgar a Música e a Arte nas escolas.

    Ao longo de sua exitosa carreira, fundou vários Coros no Estado, entre os quais o extinto Coral da Icotron - Siemens - de Gravataí, em 1971, que se constituiu no primeiro coral de indústria no sul do país.

    Publicou o Manual do Corista, amplamente divulgado entre os coros, e o Álbum de Exercícios, Vocalizes, Arranjos e Adaptações para Coro Infantil e Infanto-Juvenil. Suas composições e arranjos para coro são amplamente cantados e divulgados por todo o país.

    As composições para coro têm como tema, sobretudo, a música sacra e religiosa, direcionadas para os vários momentos do culto, como também cantatas, missas, temas natalinos, etc.

    Os arranjos - para coro misto, masculino e feminino - abrangem música brasileira, gaúcha, internacional e temas de filmes.

    Era um profundo pesquisador e estudioso das obras de alguns dos maiores nomes internacionais da Regência e Canto Coral, como Kurt Thomas, Waldemar Klink, Hermann Scherchen e Waldemar Zopff.

    À frente do Coro Masculino 25 de Julho de Porto Alegre desde 1973, suas turnês artísticas percorreram o Brasil de Sul a Norte, os países do Prata e ainda cinco grandes e exitosas turnês pela Europa, apresentando-se em países como Alemanha, França, Áustria e Luxemburgo, sempre com sucesso de público e crítica.

    Dentre dezenas de concertos, apresentou-se em algumas das catedrais mais famosas do mundo, como a Notre Dame de Paris, Catedral de Colônia e a Catedral de Luxemburgo.

    Possui ao menos quatro discos gravados e três CD's. Era um dos regentes fundadores da FECORS - Federação de Coros do Rio Grande do Sul.

     

    Algumas condecorações

    Diploma de Honra ao Mérito, da cidade alemã de Simmern - sul da Alemanha - pelo trabalho cultural desenvolvido à frente do Coro Masculino 25 de Julho de Porto Alegre - referente à Imigração Alemã no Estado.

    Em julho de 1998 foi agraciado pela Federação Alemã de Coros com a Agulha de Prata para Regentes, pelos 25 anos de regência à frente do Coro Masculino 25 de Julho de Porto Alegre.

    Em dezembro de 2002 recebeu o título de Cidadão Gravataiense, com aprovação unânime da Câmara de Vereadores, por sua grande contribuição cultural ao Município, de cujo hino também é autor.

    Em dezembro de 1980 o jornal Agência de Notícias - Arte Musical - de Petrópolis (RJ) já apontava:

    – Não conhecíamos, até então, esse competente regente e exímio arranjador que é o Maestro Agostinho Ruschel. Pelo que apresentou, já está entre os melhores arranjadores para Coral do Brasil. E a regência do mesmo é firme e corretíssima, sem exageros, possuindo uma ampla visão do ofício que parte dos mínimos detalhes para abranger o todo...

    • coronavírus
      Por que vereador de Gravataí foi vacinado contra COVID aos 31 anos
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Com ’milhares de empregos’, Lojas Americanas projeta ampliação de centro de distribuição em Gravataí
      por Redação
    • emprego
      A GM de Gravataí está contratando; Saiba como se cadastrar
      por Redação
    • saúde
      Parceria Zaffa & Marco Alba confirma ampliação da UTI de Gravataí: Prefeitura banca metade do investimento no Becker; O acerto Santa Casa
      por Rafael Martinelli | Assessoria
    • operação proximidade
      Cachoeirinha: O que intriga no ’caso SKM’ que agora apreendeu dinheiro do prefeito e de empresários
      por Rafael Martinelli
    • pedagiaço
      A Gravataí que não engole pedágio: ’Depois de 14 anos pagando a duplicação ninguém merece’; O país do faturo
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Os milhões que Gravataí já perdeu com a GM parada; Aguente firme, Dominic!
      por Rafael Martinelli
    • política
      Ação judicial pede anulação da Reforma da Previdência de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • pedagiaço
      Gravataí dos 3 pedágios: Leite confirma cobrança na 118 e 020 em Gravataí; Não era ’fake news’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereadores querem mexer com 276 mil cada por ano; Cachoeirinha e o pior do Brasil
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      A ’despiora’ da COVID: platô é de 3 vidas perdidas por dia em Gravataí; São mortes com rosto, como os Denicol ou a profe Maura
      por Rafael Martinelli
    • ppp da corsan
      Falta de água e esgoto em Gravataí: Corsan anuncia meio bilhão e reservatório nas Moradas; Grito de Zaffa deu resultado
      por Rafael Martinelli | Assessoria
    • política
      O gravataiense que come a la minuta com Bolsonaro em Brasília
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | robert[email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.