notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 22/06/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    Moisés Mendes

    ex-secretário especial de Comunicação da presidência da República Fabio Wajngarten | Foto JEFFERSON RUDY | Agência Senado

    A CPI que não prendeu um lobista mentiroso pode prender um general?

    por Moisés Mendes | Publicada em 15/05/2021 às 18h11

    Ao negar o pedido do relator, Renan Calheiros, para que Fábio Wajngarten fosse preso durante o depoimento, o presidente da CPI do Genocídio, Omar Aziz, beneficiou todos os próximos depoentes.

    Fábio Wajngarten acabou criando um habeas corpus até para ex-ministro Eduardo Pazuello, que vai depor dia 19 e poderá mentir, como o ex-secretário de comunicação mentiu, e não ser preso.

    Três perguntas possíveis, entre dezenas que podem ser feitas depois do depoimento de Fábio Wajngarten na CPI do Genocídio, considerando-se que o sujeito produziu uma mentira a cada 10 minutos e reafirmou a mesma mentira 10 minutos depois.

    Esta é a primeira pergunta: o presidente da CPI, Omar Aziz, não quis gastar o primeiro pedido de prisão, ao rejeitar o apelo de Renan Calheiros para que Wajngarten saísse preso do Senado?

    A segunda pergunta: se Omar Aziz vacilou, ao dizer que não pretende ser carcereiro de ninguém, isso significa que, se não prenderam um lobista mentiroso, não terão autoridade para prender um general, se Eduardo Pazuello também mentir?

    E esta é a terceira pergunta: ao desautorizar o apelo do relator, negando o pedido de prisão feito por Renan Calheiros, Aziz pode ter criado a primeira fissura interna na CPI, com a imposição do seu comando de acomodador que se apresenta como sensato?

    Eis as questões, que podem ser respondidas das mais variadas formas. A mais inquietante e que permite mais desdobramentos é a que levanta a dúvidas sobre o poder da CPI para conter e enquadrar mentirosos.

    Se Fábio Wajngarten expõe todas as informações que o caracterizavam como lobista e não como então servidor do governo, se mente ao responder quase tudo sobre as peças de propaganda do governo para a pandemia, se desafia os senadores fazendo com que repetissem a mesma pergunta mais de uma vez (na tentativa de criar confusão) e se nada disso foi suficiente para retirá-lo preso do Senado, quem poderá ser preso pela CPI?

    Pode estar descartada desde já a possibilidade de prisão de Pazuello, temida dentro do governo e das Forças Armadas. O que Omar Aziz fez foi um movimento que desarma toda a CPI.

    Se Fábio Wajngarten fosse preso em flagrante, como desejavam Renan Calheiros e os senadores Randolfe Rodrigues e Fabiano Contarato, Pazuello também poderia ter o mesmo destino, se viesse a mentir.

    Wajngarten não foi preso e ninguém será preso. Wajngarten criou habeas corpus a todos os próximos depoentes. Não haverá como prender os próximos mentirosos, se o primeiro a mentir sem escrúpulos esem medo saiu livre e solto.

    • coronavírus
      Por que vereador de Gravataí foi vacinado contra COVID aos 31 anos
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Com ’milhares de empregos’, Lojas Americanas projeta ampliação de centro de distribuição em Gravataí
      por Redação
    • emprego
      A GM de Gravataí está contratando; Saiba como se cadastrar
      por Redação
    • saúde
      Parceria Zaffa & Marco Alba confirma ampliação da UTI de Gravataí: Prefeitura banca metade do investimento no Becker; O acerto Santa Casa
      por Rafael Martinelli | Assessoria
    • operação proximidade
      Cachoeirinha: O que intriga no ’caso SKM’ que agora apreendeu dinheiro do prefeito e de empresários
      por Rafael Martinelli
    • pedagiaço
      A Gravataí que não engole pedágio: ’Depois de 14 anos pagando a duplicação ninguém merece’; O país do faturo
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Os milhões que Gravataí já perdeu com a GM parada; Aguente firme, Dominic!
      por Rafael Martinelli
    • política
      Ação judicial pede anulação da Reforma da Previdência de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • pedagiaço
      Gravataí dos 3 pedágios: Leite confirma cobrança na 118 e 020 em Gravataí; Não era ’fake news’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereadores querem mexer com 276 mil cada por ano; Cachoeirinha e o pior do Brasil
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      A ’despiora’ da COVID: platô é de 3 vidas perdidas por dia em Gravataí; São mortes com rosto, como os Denicol ou a profe Maura
      por Rafael Martinelli
    • ppp da corsan
      Falta de água e esgoto em Gravataí: Corsan anuncia meio bilhão e reservatório nas Moradas; Grito de Zaffa deu resultado
      por Rafael Martinelli | Assessoria
    • política
      O gravataiense que come a la minuta com Bolsonaro em Brasília
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.