notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 13/05/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    Vacinas

    Vereadores questionam número de vacinas recebidas por Canoas que seria desproporcional ao tamanho da cidade. Foto: Arquivo Seguinte

    CANOAS | A política de Estado que uniu oposição e governo na Câmara de Canoas - pelo menos por um dia

    por Rodrigo Becker | Publicada em 15/04/2021 às 09h58

    Vereadores querem saber porque, até março, Canoas recebeu proporcionalmente menos vacinas do que cidades do mesmo porte ou até menores no interior


    Recuperado da Covid-19, o vereador Emílio Neto (PT), líder do governo Jairo Jorge na Câmara, ganhou na terça-feira, 13, um aliado inusitado: o líder da oposição, Juares Hoy (PTB). Emílio havia feito em 30 de março um requerimento ao Governo do Estado pedindo explicações para uma desporporcionalidade identificada por ele na distribuição de doses da vacina contra o coronavírus; Juares associou-se ao pleito, conversou com o vice-governador e pediu, inclusive, uma audiência com a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, no que ainda não foi atendido.

     

    LEIA MAIS

    CANOAS | Março com zero homicídios: a estratégia que segurou o crime no pior mês da pandemia

    CANOAS | Covid alivia nos hospitais, mas contágio segue alto nas ruas; é melhor não relaxar

     

    Os números levantados pelo gabinete do vereador Emílio não são oficiais, mas mostram uma disparidade entre o que Canoas vem recebendo e outros municípios de porte parecido já receberam. Pelotas, por exemplo, tem 343.142 habitantes segundo o IBGE e recebeu 112.375 doses da vacina. Canoas, com 348.208, recebeu 81.219. Santa Maria, com 283.677 habitantes - mais do que 60 mil pessoas a menos do que aqui -, já recebeu 87.415 doses.

    Não por acaso, o comparativo de Emílio é feito com prefeituras administradas pelo PSDB, o mesmo partido do governador: Paula Mascarenhas em Pelotas e Jorge Pozzobon em Santa Maria.

    Atento à pauta, Juares aproveitou a relação com o vice-governador, Ranolfo Vieira Jr., e já na semana passada pediu uma audiência. Ranolfo prontamente ofereceu o encontro com Arita que, no entanto, ainda não retornou o pedido da Câmara de Canoas. A Juares restou lamentar a "falta de consideração" na sessão de terça e seguir pleiteando o encontro - antes que Emílio cumpra o plano de cobrar o governador Eduardo Leite à porta do Piratini.

    "Nós não queremos diferença: só queremos ser tratados como Pelotas", disse Emílio, em um ponto visceral do discurso. "Temos que fazer camisetas e ir lá no Palácio esperar que o governador nos receba, mesmo sem hora marcada; queremos vacina".

    Disputas e política à parte, a questão levantada por Emílio e que certamente tem o apoio de Juares é bastante séria. Canoas é terceira economia do Estado, contribuiu não só com o pagamento de impostos, mas com uma rede hospitalar e de assistência em Saúde com mais de uma centena de municípios gaúchos. A cidade tem a maior prevalência do vírus segundo os estudos da EpiCovid, levantamento feito em parceria pelo Governo do Estado com a Universidade de Pelotas e apoio da Unisinos e La Salle por aqui. Maior prevalência significa que o vírus circular mais em cidades como Canoas do que outras que, pelo levantamento do vereador Emílio, receberam mais doses.

    O mínimo que merecemos é um tratamento justo.

     

     

    • coronavírus
      Em 24h, vacinas para professores: Gravataí e Cachoeirinha iniciam nesta quinta; Tem drive-thru na GM
      por Rafael Martinelli
    • política
      Bordignon fala: PT, Lula, Dimas, Ávila e a ’incompatível história’ com Marco Alba e Bolsonaro
      por Rafael Martinelli
    • pedágio
      Após 400 milhões de dinheiro público, ERS-118 será concedida para pedágio; 040 e 020 também
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Cachoeirinha começa a vacinar professores quinta, Gravataí decide amanhã; Justiça autoriza
      por Rafael Martinelli
    • política
      Prev(s)idência: Anabel, Dila e PDT entram pela porta de Zaffa, os Bordignons saem por outra; Agora tudo é GreNal na política de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Por que Hospital de Campanha de Cachoeirinha fechou e o de Gravataí não; Zaffa acerta como Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Segunda de volta às aulas do 3º, 4º, 5º ano em Gravataí: prefeito e professores divergem; Entre ’aos poucos a normalidade’ e ’o Centro estava um horror’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Fernando Deadpool saiu do grupo; Vereador de Gravataí desligou-se de WhatsApp da base de Zaffa
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Sai a ciência, entra a política: Leite passa pincel de colorir mapinha para prefeitos de Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • contas públicas
      Acerta Zaffa com a reforma da previdência de Gravataí; Uma ’pauta-bomba’ para muitos desarmarem
      por Rafael Martinelli
    • emprego
      Prefeitura de Cachoeirinha vai abrir concurso para 38 cargos
      por Redação | Assessoria
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.