notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 13/05/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    Segurança

    Delegado Emerson Wendt, secretário de Segurança, comemora março com zero homicídios em Canoas. Foto: Alysson Moura/PMC

    CANOAS | Março com zero homicídios: a estratégia que segurou o crime no pior mês da pandemia

    por Escritório de Comunicação | Publicada em 14/04/2021 às 09h31

    Dados do governo mostram queda histórica nos índices de criminalidade para o primeiro trimestre do ano

     

    O Observatório de Segurança Pública de Canoas divulgou os dados da criminalidade no município, que apresenta uma queda em todos os índices de violência para o primeiro trimestre de 2021 (janeiro, fevereiro e março), quando comparado ao mesmo período de 2020. 

    Os índices representam uma redução histórica para o primeiro trimestre, desde que os dados começaram a ser computados pelo Observatório, em 2009, que considera também as ocorrências da Polícia Civil e da Brigada Militar. 

     

    LEIA TAMBÉM

    CANOAS | Covid e Gripe: vacinação acontece em horários diferentes; as dua juntas não pode

    CANOAS | Até quarta, Jairo Jorge manda projeto Juro Zero para Câmara; 40 milhões a mais na economia

     

    De acordo com as informações da Secretaria de Segurança Pública, Canoas não registrou homicídios e feminicídios no mês de março deste ano. “Os resultados na queda dos índices de violência se devem a um trabalho realizado com inteligência, estratégia e de forma integrada com as demais forças de segurança no enfrentamento ao crime no município. Além disso, aumentamos a atuação da Guarda Municipal e estamos atuando em diferentes frentes na prevenção às violências, o que também tem auxiliado nos ótimos resultados”, explica o secretário de Segurança Pública, delegado Emerson Wendt.

     

    Furto de veículos

    No primeiro trimestre de 2021, houve uma redução de 28,5% nos casos de furto de veículos em relação ao mesmo período de 2020. De acordo com o Observatório de Segurança Pública, os bairros Marechal Rondon e Centro apresentam os maiores índices, ambos com 18,4%. O dia da semana em que há maior concentração de furto de veículos é na quinta-feira (21,4%), entre 12h e 14h. 

     

    Roubo de veículos

    Já em relação ao roubo de veículos, a queda foi ainda mais expressiva: 41,2% de redução em relação ao primeiro trimestre do ano passado. Os roubos se concentram nos bairros Guajuviras e Niterói, ambos com 12,6%. O dia da semana quarta-feira (21,8%) e a faixa horária das 20h às 22h (18%) apresentam o maior número de casos de roubo de veículos.

     

    Roubo a pedestres

    A queda no índice de roubo a pedestres foi de 5,1% nos três primeiros meses deste ano, quando comparado aos mesmos meses de 2020. O bairro Niterói se destaca pela maior concentração de roubo a pedestres, sendo a quarta-feira (20,6%) entre 20h e 22h (21%) o dia da semana e a faixa horária com os maiores índices. 

     

    Mortes violentas

    A redução nos casos de mortes violentas foi de 25% na mesma comparação de tempo dos dados anteriores. O Guajuviras é o bairro com maior registro (55,6%). Do total de mortes violentas ocorridas no primeiro trimestre de 2021, 55,6% correspondem a homicídio e 22,2% a feminicídio, sendo que 55,6% dos casos ocorreu em domicílio, tendo a arma de fogo (88,8%) como o meio mais empregado. 

    Canoas não teve casos de homicídios e feminicídios em março, sendo que as mortes violentas registradas neste mês estão relacionadas a outras ocorrências, como confronto com a polícia e encontro de cadáver.  

     

    Letalidade juvenil

    O primeiro trimestre de 2021 encerrou com 16,6% de redução nos casos de mortes violentas de jovens. Do total deste ano, 60% corresponde a homicídio e 20% a feminicídio. A idade média das vítimas jovens corresponde a faixa dos 19 aos 21 anos, com maior concentração na faixa dos 18 anos. Entre as vítimas, 66,7% apresenta antecedentes criminais, sendo 60% por homicídio e 40% por tráfico de entorpecentes.

     

    Dados específicos auxiliam no trabalho da Guarda Municipal 

    Os dados mais específicos como local, dia da semana e horário dos crimes subsidiam as ações da Guarda Municipal, que está atuando de forma mais estratégica e direcionada. “A partir desta análise criteriosa conseguimos agir de forma estratégica, inibindo o crime e deixando os canoenses mais seguros”, comenta o delegado Emerson. 

    Desde o mês de janeiro, duas novas operações estão em atividade em Canoas: Guarda Municipal Presente, com rondas semanais em diferentes pontos da cidade; e a Operação Amanhecer Seguro, em que a Guarda Municipal permanece em 18 pontos principais de deslocamento dos trabalhadores para inibir, principalmente, o roubo a pedestres.

     

    Dados foram apresentado no GGI-M

    Os dados foram apresentados na manhã desta terça-feira (13) em reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M). Entre os participantes, o juiz da 4ª Vara Criminal de Canoas, Jaime Freitas da Silva, parabeniza os integrantes da segurança pública pelo trabalho realizado no município e pela queda expressiva nos índices de violência. “Todos nós somos responsáveis por garantir a segurança dos canoenses e reitero que o Poder Judiciário é sempre um aliado da segurança pública no enfrentamento ao crime”, comenta. 

    Ainda participaram da reunião, que foi remota, o secretário adjunto da Segurança Pública, tenente-coronel Marcelo Pitta; o diretor da Guarda Municipal, Eder Martini; e os representantes do Ministério Público, da Secretaria de Segurança Pública do Governo do Estado, da Polícia Civil, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal, Forças Armadas Brasileiras (ALA 3), Susepe, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar, Consepro, Câmara de Vereadores, 27ª Coordenadoria de Educação e de demais secretarias municipais.

     

     

    • coronavírus
      Em 24h, vacinas para professores: Gravataí e Cachoeirinha iniciam nesta quinta; Tem drive-thru na GM
      por Rafael Martinelli
    • política
      Bordignon fala: PT, Lula, Dimas, Ávila e a ’incompatível história’ com Marco Alba e Bolsonaro
      por Rafael Martinelli
    • pedágio
      Após 400 milhões de dinheiro público, ERS-118 será concedida para pedágio; 040 e 020 também
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Cachoeirinha começa a vacinar professores quinta, Gravataí decide amanhã; Justiça autoriza
      por Rafael Martinelli
    • política
      Prev(s)idência: Anabel, Dila e PDT entram pela porta de Zaffa, os Bordignons saem por outra; Agora tudo é GreNal na política de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Por que Hospital de Campanha de Cachoeirinha fechou e o de Gravataí não; Zaffa acerta como Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Segunda de volta às aulas do 3º, 4º, 5º ano em Gravataí: prefeito e professores divergem; Entre ’aos poucos a normalidade’ e ’o Centro estava um horror’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Fernando Deadpool saiu do grupo; Vereador de Gravataí desligou-se de WhatsApp da base de Zaffa
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Sai a ciência, entra a política: Leite passa pincel de colorir mapinha para prefeitos de Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • contas públicas
      Acerta Zaffa com a reforma da previdência de Gravataí; Uma ’pauta-bomba’ para muitos desarmarem
      por Rafael Martinelli
    • emprego
      Prefeitura de Cachoeirinha vai abrir concurso para 38 cargos
      por Redação | Assessoria
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.