notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/06/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Prefeito abriu drive-thru de Gravataí que funciona nesta sexta, das 9h às 16h, na Portaria 1 da GM

    Com Supremo & tudo, Gravataí segue vacinação de professores sexta; A politicagem, o justo, Deus e a ciência

    por Rafael Martinelli | Publicada em 13/05/2021 às 12h01| Atualizada em 19/05/2021 às 14h49

    (ATUALIZADA 18h)

    O prefeito Luiz Zaffalon abriu a vacinação de profissionais da educação de Gravataí contra a COVID-19, em drive-thru na GM (Av. General Motors, 2000, paralela à Freeway). Logo na primeira hora, às 9h desta quinta-feira, 210 trabalhadores foram vacinados com doses da Astrazeneca/Oxford. Até às 16h já tinham sido imunizados 506 servidores públicos.

    Conforme o secretário da Saúde Régis Fonseca, a vacinação do primeiro grupo segue entre às 9h e 16h de sexta-feira, ainda sob autorização do Tribunal de Justiça, mesmo com suspensão determinada pelo ministro do STF Dias Toffoli para Prefeitura de Esteio.

    É momento para crítica? Do bem, sempre ajuda; do mal, atrapalha. A vacina é uma bênção, instrumento de política pública, não politicagem.

    Uso o Grande Tribunal das Redes Sociais como termômetro.

    Reputo acerta Zaffa na escolha do grupo prioritário: cerca de 1000 professores da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental, que permanecem ativos em sala de aulas.

    Li críticas pelos dois primeiros dias não incluírem professores da rede particular. Mas me parece justa a escolha do governo.

    Primeiro, pressupõe-se que as escolas particulares tem mais condições estruturais para cumprir os protocolos sanitários de distanciamento.

    Segundo porque pais que tem condições de matricular seus filhos em escolas privadas obviamente dispõe de mais meios para manter seus filhos em casa do que famílias mais pobres, que precisam trabalhar e por vezes precisam deixar seus filhos em parentes, vizinhos ou até em cuidadoras clandestinas.

    É fato, apesar de mais pais estarem mandando seus filhos para escola particular do que pública. No Dom Feliciano uma turma tem apenas um aluno no ensino remoto, por exemplo.

    – Todos serão vacinados – garantiu a secretária da Educação, Sônia Oliveira, ao lado do secreta´rio da Saúde Régis Fonseca, no vídeo que teve toda a pompa que requer o momento, reunindo os poderes Executivo e Legislativo, além de agradecimento pela estrutura disponibilizada pela General Motors.

    Minha única crítica foi não ter um posto de saúde mais central à disposição dos profissionais de educação que não tem carro para ir até a distante GM. O fiz para ajudar ontem em Em 24h, vacinas para professores: Gravataí e Cachoeirinha iniciam nesta quinta; Tem drive-thru na GM.

    Mas é momento de comemoração.

    São mais de 100 mil pessoas conectas na volta às aulas presenciais em Gravataí, entre comunidade escolar, famílias e pessoas relacionadas ao ir e vir às escolas, que ganham mais segurança com a vacinação.

    Zaffa não é o ‘pai da vacina’, mas merece elogios por em 24h conseguir disponibilizar doses e estrutura para o primeiro grupo de professores, sem ‘furar a fila’, o que não podia fazer antes de decisão judicial, como tratei em Gravataí e Cachoeirinha: Zaffa e Miki querem, mas não vão ’furar fila’ para vacinar professores; O Sérgio Moro de cada um e Cachoeirinha começa a vacinar professores quinta, Gravataí decide amanhã; Justiça autoriza.

    E Gravataí hoje é o segundo município do Rio Grande do Sul que mais vacina. Até a quarta-feira, 79.271 mil pessoas tinham recebido doses.

    Ao fim, não vejo politicagem. Vacina, em professores ou qualquer pessoa, é para ser comemorada e o mais divulgada possível. Curti muito ouvir a secretária da Educação Sônia Oliveira, dizer, emocionada, no vídeo:

    – Agradeço a Deus e à ciência pela vacina!

     

    Assista ao vídeo e, abaixo, analiso.

     

    LEIA TAMBÉM

    Cafajestes de Gravataí e Cachoeirinha, respeitem os professores!

    Segunda de volta às aulas do 3º, 4º, 5º ano em Gravataí: prefeito e professores divergem; Entre ’aos poucos a normalidade’ e ’o Centro estava um horror’

    Sai a ciência, entra a política: Leite passa pincel de colorir mapinha para prefeitos de Gravataí e Cachoeirinha

    Professores de Gravataí pedem suspensão de aulas presenciais; O que decidiu assembleia

    Como um meme, Leite pintou o mapinha: Gravataí e Cachoeirinha em bandeira vermelha; 50 tons de alguma cor para volta às aulas 

    O ’caminho da extinção’: Gravataí volta ter mais nascimentos que óbitos; O Nostradamus da pandemia e a profecia da terceira onda

     

    • coronavírus
      Por que vereador de Gravataí foi vacinado contra COVID aos 31 anos
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Com ’milhares de empregos’, Lojas Americanas projeta ampliação de centro de distribuição em Gravataí
      por Redação
    • emprego
      A GM de Gravataí está contratando; Saiba como se cadastrar
      por Redação
    • saúde
      Parceria Zaffa & Marco Alba confirma ampliação da UTI de Gravataí: Prefeitura banca metade do investimento no Becker; O acerto Santa Casa
      por Rafael Martinelli | Assessoria
    • operação proximidade
      Cachoeirinha: O que intriga no ’caso SKM’ que agora apreendeu dinheiro do prefeito e de empresários
      por Rafael Martinelli
    • pedagiaço
      A Gravataí que não engole pedágio: ’Depois de 14 anos pagando a duplicação ninguém merece’; O país do faturo
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Os milhões que Gravataí já perdeu com a GM parada; Aguente firme, Dominic!
      por Rafael Martinelli
    • política
      Ação judicial pede anulação da Reforma da Previdência de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • pedagiaço
      Gravataí dos 3 pedágios: Leite confirma cobrança na 118 e 020 em Gravataí; Não era ’fake news’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereadores querem mexer com 276 mil cada por ano; Cachoeirinha e o pior do Brasil
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      A ’despiora’ da COVID: platô é de 3 vidas perdidas por dia em Gravataí; São mortes com rosto, como os Denicol ou a profe Maura
      por Rafael Martinelli
    • ppp da corsan
      Falta de água e esgoto em Gravataí: Corsan anuncia meio bilhão e reservatório nas Moradas; Grito de Zaffa deu resultado
      por Rafael Martinelli | Assessoria
    • política
      O gravataiense que come a la minuta com Bolsonaro em Brasília
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.