notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 04/12/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    política

    Montagem dos posts com as fotos do convescote sobre arte de O Retrato de Dorian Gray

    O reflexo de Busato, do novo partidão do Brasil, na casa de Cláudio Ávila em Gravataí; Dimas, Odair do Acorda e o Retrato de Dorian Gray

    por Rafael Martinelli | Publicada em 20/10/2021 às 16h08| Atualizada em 27/10/2021 às 20h05

    Uma foto publicada no Facebook pelo digital influencer Odair Goulart, causou na noite desta terça-feira no meio político da aldeia. Seria uma 'união em Gravataí' pelo União Pelo Brasil, novo partidão nacional?

    Em frente a uma mesa de queijos – pepinos – e azeitonas, no espaço gourmet da casa do vereador Cláudio Ávila (PSD), na paragem Verdes Campos, ‘Odair do Alô e do Acorda Gravataí’ aparece ao lado de Ávila e de Luiz Carlos Busato, ex-prefeito de Canoas e secretário de Articulação e Apoio aos Municípios do governo Eduardo Leite, que saiu do PTB do napoleão de hospício Roberto Jefferson e vai presidir no Rio Grande do Sul o partido oriundo da fusão dos gigantes PSL e DEM.

    Não citado no post, mas aparecendo no reflexo do vidro, quem comete o clique é Dimas Costa, ex-vereador, segundo colocado na disputa pela Prefeitura em 2020 com 35 mil votos e, hoje, presidente municipal e vice estadual do PSD, pelo qual é apresentado como candidato a deputado estadual em dobradinha com o federal Danrlei de Deus.

    – Sim, era eu. Foi um encontro casual. Fui visitar o Cláudio que fez uma cirurgia e o Busato também. Mas não há nenhuma conversa ou possibilidade de eu deixar o PSD, partido onde estou desde 2016 e ajudo diariamente a construir em Gravataí, no Estado e no Brasil – diz Dimas ao Seguinte:, garantindo não ter sido pauta uma filiação sua para concorrer pelo União Pelo Brasil, que terá o maior fundo eleitoral do país.

    – Não falamos sobre isso e nunca me pautei por estrutura de campanha – responde, confirmando a candidatura à Assembleia Legislativa pelo PSD, mas despistando sobre uma candidatura à Prefeitura em 24, caso seja eleito em 22.

    – A única certeza é que o PSD, que saiu das urnas como a segunda força de Gravataí, terá candidatura à Prefeitura em 24.

    Dimas também negou uma articulação para liberar Ávila, ou o outro vereador, Bombeiro Batista, o mais votado de Gravataí e hoje candidato à deputado federal, para se filiar ao União Pelo Brasil, mantendo no PSD apenas a companheira Anna Beatriz da Silva e atraindo Fernando Deadpool (DEM):

    – O PSD tem três vereadores com os quais, por convicção e legislação, conto fieis às candidaturas do partido em 22, além de construtores de uma união da oposição para 24.

    Ávila não esconde a parceria com Busato, apesar de despistar sobre apoio à candidatura do ex-prefeito à Câmara Federal em 22, ou a uma articulação para acompanha-lo no União Pelo Brasil.

    – Foi uma conversa entre amigos que vieram me visitar após a cirurgia. Nem percebi a foto, onde apareço até de pijama. Gostaria muito de estar com Busato, mas vou respeitar a legislação eleitoral. Sigo trabalhando para termos um projeto de oposição que em 24 não governe só para as elites como faz o MDB – disse ao Seguinte: o vereador, que também tem conversado com o ex-prefeito Daniel Bordignon sobre a sucessão de Luiz Zaffalon (MDB).

    Ao fim, uma decisão diferente de Dimas me lembraria a personagem Sibyl, em “O Retrato de Dorian Gray” (1890), de Oscar Wilde. A atriz, que atuava em peças de teatro de Shakespeare num teatro sombrio da classe trabalhadora, apaixona-se por Dorian e sai dos palcos para viver o novo romance com aquele que chamava ‘Príncipe Formoso’. Ao ir vê-la, e saber que a artista se afastou de tudo aquilo que o fazia amá-la, Dorian a abandona. Sibyl se suicida com ácido cianídrico.

    Antes que alguém interprete que o Dorian Gray da história é Cláudio Ávila, não é: é a política, em sua essência ambivalente, masculino-feminina, hedonista e cheia de vícios e vicissitudes.

    Ávila estaria mais para Wilde, pela genial habilidade em, a cada nova obra, surpreender com seus enredos e narrativas.

    Odair? É Hetty Merton.

     

    LEIA TAMBÉM

    Com nova lei, Bordignon poderia concorrer em 2022

    A um ano da eleição, quais as potenciais candidaturas de Gravataí a estadual e federal; O ’nós contra eles’ de 24

    Onde estarão políticos de Gravataí após fracasso do ’nem-nem’ deste domingo? O ’ex e o futuro presidiário’

    • política
      CC da Câmara de Gravataí não vacinou; O berrante da ’ideologia dos números’ da covid
      por Rafael Martinelli
    • política
      CPI da Sogil é matar ou morrer em Gravataí; O risco da Câmara como vilã
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereador preso pede para voltar a Câmara de Cachoeirinha; A fila que anda e a ameaça de derrota do ’X9’ à Presidência
      por Rafael Martinelli
    • política
      CPI da Sogil: ’Temos a sétima assinatura para abrir CPI’, diz Ávila; O poker face e os vereadores alvos da oposição
      por Rafael Martinelli
    • política
      PT de Gravataí age no modo Dênis Abrahão; A CPI da Sogil e ’nós contra eles’ os animais
      por Rafael Martinelli
    • política
      O gravataiense na filiação de Bolsonaro vai com ’mito’ até o fim; Sem ’pega centrão’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Por que CPI da Sogil nasce morta em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • política
      Presidência da Câmara de Gravataí: processo ameaça eleição de vereador policial federal; ’Não falo com imprensa marrom’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.