notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 18/09/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Hospital de Campanha de Gravataí, inaugurado em 10 de junho de 2020, será desativado dia 27 de agosto

    39 vidas foram perdidas, mas Gravataí tem menores índices do ano; Por que ainda não é hora da ’festa da covid’

    por Rafael Martinelli | Publicada em 02/08/2021 às 17h02| Atualizada em 10/08/2021 às 13h55

    A melhora nos indicadores da COVID-19 no julho de Gravataí já ultrapassa – e muito – a ‘despiora’ que reportei em artigos como ’Apesar de você’ Gravataí está superando a COVID; Junho teve menos casos e vidas perdidasA ’despiora’ da COVID: platô é de 3 vidas perdidas por dia em Gravataí; São mortes com rosto, como os Denicol ou a profe Maura.

    A média de casos, óbitos e internações caiu para os menores patamares de 2021. É a inegável força da vacina, cuja primeira dose já chegou a quase metade da população.

    Reputo, porém, prudente a decisão do governador Eduardo Leite de ainda não autorizar grandes eventos, como queriam os prefeitos da Grande Porto Alegre, inclusive Luiz Zaffalon e Miki Breier, o que reportei em artigos como ’Festa da Covid’: Estado adia liberação gradual de eventos até 20 mil pessoas em Gravataí, Cachoeirinha e Grande Porto Alegre​ e Gravataí, Cachoeirinha e prefeitos da região querem liberar eventos até 20 mil pessoas; A ’festa da covid’.

    Primeiro vamos à ‘ideologia dos números’, e depois evoco a ‘ideologia da ciência’.

    Julho fechou com 23.039 casos, 501 notificados nos 30 dias do mês. Em junho foram 1.183. A média diária caiu de 37.4 para 16.7. As vidas perdidas chegam a 869 desde o início da pandemia em março de 2020. Foram 39 óbitos em julho. Em junho, 74. A média caiu de 2.3 mortes para 1.3 a cada 24h.

    Para efeitos de comparação, a média é a menor registrada nos 7 meses do ano. Em março, pior mês da pandemia, 6 vidas eram perdidas por dia. O melhor índice (2) tinha sido identificado em fevereiro.

    A ocupação de UTIs na Região 10 caiu de 76,2% em junho para 72.9 em julho. A estrutura ainda mantida para atender COVID-19 em Gravataí também não sofre pressão. Nesta segunda, das 16 UTIs, 13 estavam ocupadas; há 5 pacientes nos 10 leitos com respiradores no Hospital de Campanha e 8 nos 12 de enfermaria.

    – Nossa média é de 16 internações por dia. Em março eram 147 – compara o secretário da Saúde Régis Fonseca, que confirma a manutenção até agosto do HC, que tem um custo mensal de R$ 1,5 milhão, apenas 10% subsidiado pelo governo federal desde a instalação há 13 meses.

    – Já está organizada a desmobilização da estrutura ao lado da Santa Casa. Atendimento e internações serão absorvidos pelo hospital Dom João Becker, UPAs e Pronto Atendimento. Já instalamos um tanque de oxigênio na UPA da 74.

    27 de agosto foi a data escolhida por, pelas projeções da SMS, Gravataí ter toda a população vacinável já com a primeira dose.

    Dados desta segunda mostram que das 211.687 doses recebidas, Gravataí já aplicou 198.034, ou 93,5%.

    – Ao lado de Caxias somos o município que tem a vacinação mais eficaz. A vacina chega e vai para o braço – explica o secretário.

    A população com a primeira dose é de 139.418 (65,8%) e com a segunda dose 52.314 (24,7%). Fazendo o cálculo sobre os 281.519 de população estimada pelo IBGE em 2019, a vacinação já chegou a 49.5 de todos os gravataienses.

    – Os bons indicadores em toda a região são resultado da vacina – confirma Régis Fonseca.

    Agora, vamos à ‘ideologia da ciência’, para justificar minha associação ao governador pela não liberação de grandes eventos, ao menos nesta semana e, espero, além, até a vacinação estar completa.

    Na sexta vazou documento interno CDC americano que revela que a variante delta é mais transmissível que ebola, gripe comum, influenza, catapora e até do que foi a gripe espanhola de 1918.

    Conforme a epidemiologista Denise Garrett, do CDC, a delta tem maior risco de reinfecção se a anterior aconteceu no período de 180 dias; tem efeitos mais graves que todas as variantes até agora descobertas e casos em vacinados podem ser tão transmissíveis quanto em não vacinados.

    O número de casos com a delta tem superado os 100 mil a cada 24h nos EUA.

    – Precisamos nos preparar para uma nova possível explosão de casos no Brasil por esta variante – alerta o neurocientista Miguel Nicolelis, que pelos índices de acerto chamo de ‘nostradamus da pandemia’ em artigos como O ’caminho da extinção’: Gravataí volta ter mais nascimentos que óbitos; O Nostradamus da pandemia e a profecia da terceira onda e A virulência da COVID em Gravataí: O mês que teve mais mortes que nascimentos.

    Fato é que os norte-americanos sofrem com o negacionismo em estados onde 4 a cada 10 pessoas não foram vacinar, e Gravataí não experimenta esse fenômeno. Mas aglomerações poderiam atrair a delta, variante com maior potencial de contágio, e ameaçar os bons indicadores que garantem ao menos um ‘novo normal’ para aulas, a indústria e o comércio.

    Ou alguém acredita que, com festas sem nenhum cuidado ocorrendo sob o olhar de prefeitos, vereadores, policiais e guardas municipais, estádios de futebol, shows e raves teriam controle de vacinação ou testagem?

    – Somente as vacinas não vão segurar a delta. Aos gestores brasileiros adotando flexibilização das medidas de controle, considerem esse alerta: não é o momento. As vacinas continuam protegendo, mas a delta tem um potencial devastador entre os não vacinados – apela a cientista Denise Garrett, que é brasileira.

    Ao fim, metade da população vacinada com apenas uma dose é uma seringa meio cheia, ou meio vazia? Na loteria das variantes, vazia.

     

    LEIA TAMBÉM

    É covidiotia escolher qual vacina tomar

    Aglomeração de ’Copacabana Palace’ em Gravataí; Pancadão da COVID depois derruba comércio em geral 

    280 milhões em investimentos: O governo Zaffa começou em Gravataí; ’Dinheiro tem, precisamos gastar bem’

    PPA de 4,4 bi: Gravataí será ’ilha de investimentos’ nos próximos 4 anos; votação é hoje

    • coronavírus
      Parabéns, Gravataí e Cachoeirinha, por vacinar adolescentes; O negacionismo homicida de Bolsonaro
      por Rafael Martinelli
    • política
      Como tirar o Centro de Gravataí dos anos 70; Uma charla farroupilha com Zaffa
      por Rafael Martinelli
    • política
      Chamou de ladrão o Miki processa; O corrupto da mesa do lado
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gravataí pode receber ’uma nova Emergência do Becker’ após calote milionário
      por Rafael Martinelli
    • política
      Vereadores de Gravataí vão decidir sobre fim das carroças e vida melhor para carroceiros; O açoite da verdade
      por Rafael Martinelli
    • negócios
      Como a GM vai ajudar até a lojinha do Zaffa em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Líder da vacina, Gravataí começa a aplicar terceira dose contra covid; A noite escura dos pobres e as estrelas da noite
      por Rafael Martinelli
    • política
      Onde estarão políticos de Gravataí após fracasso do ’nem-nem’ deste domingo? O ’ex e o futuro presidiário’
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Miki acerta ao ’obrigar’ funcionalismo a vacinar contra covid em Cachoeirinha; Os 25 mil covidiotas
      por Rafael Martinelli
    • política
      Crise no transporte: Zaffa, Miki e prefeitos querem fundo estadual para subsidiar Sogil, Transcal e empresas de ônibus da da Grande Porto Alegre; Na União, Bolsonaro vetou
      por Rafael Martinelli
    • política
      Golpe do Pica-Pau-Amarelo: Bolsonaro não me faz de trouxa; O abusador sempre pede desculpas
      por Rafael Martinelli
    • política
      A foto P&B do golpe: caminhoneiros protestam na ERS-118 em Gravataí; O ’MST do bolsonarismo’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.