notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 04/08/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    política

    Evandro Soares foi vereador em Gravataí entre 2013 e 2020

    O gravataiense que come a la minuta com Bolsonaro em Brasília

    por Rafael Martinelli | Publicada em 15/06/2021 às 17h32| Atualizada em 28/06/2021 às 14h10

    Fãs de Evandro Soares em Gravataí me perguntavam como estava o ex-vereador em Brasília. Liguei e me atendeu na tarde desta terça dando bom dia ao ministro da Economia Paulo Guedes, que passava em frente à sua sala no 4º andar do Palácio do Planalto.

    De máscara, o gravataiense ocupa desde março o gabinete de diretor da Secretaria Especial de Modernização do Estado, ligada à Secretaria Geral da Presidência da República, que é ocupada por seu padrinho político, Onix Lorenzoni.

    Quase que semanalmente, Evandro desce um andar e acompanha o ministro gaúcho em reuniões com Jair Bolsonaro. Por vezes, chamam uma a la minuta.

    – A relação deles é muito próxima – conta, lembrando agenda que acompanhou na semana passada em Análipois (GO) junto aos dois, e Bolsonaro, no microfone, disse aos apoiadores que Onix tinha sido o “primeiro louco” a acreditar que ele seria o presidente do Brasil.

    Na semana passada, Evandro, que mora a 500 metros da residência presidencial no Palácio da Alvorada, levou o filho Bernardo para conhecer Bolsonaro.

    Abaixo da foto, sigo.

     

     

    A conversa com Evandro rendeu uma exclusiva: a parceria pode ter como consequência Onix candidato ao governo gaúcho. Evandro revelou que, após o senador Luis Carlos Heinze (PP) ter se lançado ao Palácio Piratini nesta segunda, Onix pediu, e recebeu o talkey de Bolsonaro à candidatura.

    O plano é ele, Evandro, concorrer a deputado federal, em dobradinha com o filho de Onix, Rodrigo, a deputado estadual.

    – O ritmo aqui é alucinante. Tenho aprendido muito – diz o gravataiense, que embarca em voo da FAB na quinta e vem, com Onix, para agenda governamental em Passo Fundo e região.

    Mesmo tendo concorrido a vice-prefeito de Dimas Costa (PSD), na chapa que ficou em segundo lugar com 35 mil votos (e ter sido um dos votos que rejeitaram contas de Marco Alba (MDB), Evandro conta ter procurado o prefeito eleito Luiz Zaffalon (MDB) oferecendo a ‘conexão Brasília’.

    – Quero ajudar minha cidade. Acredito que Zaffa não tenha tido necessidade ainda, mas estou à disposição. Já articulei agendas do Miki com Onix e demandas que ele trouxe estão avançando – diz, relatando a visita do prefeito de Cachoeirinha Miki Breier (PSB) no final de abril.

    Secretário-geral no RS e presidente do DEM em Gravataí, Evandro diz não ter mágoas pelo seu único vereador, Fernando Deadpool, ter entrado e saído do governo sem que ele fosse comunicado:

    – Sem problemas. O vereador tem autonomia em seu mandato, desde que não descumpra preceitos partidários. Não sei o porquê do acordo entre ele o governo não ter dado certo.

    Mesmo com os quase 500 mil mortos pela COVID e o cerco da CPI no Congresso, Evandro diz ver em Bolsonaro, Guedes, Onix e outros ministros “convicção e tranquilidade para governar”.

    – É uma crise sanitária e econômica mundial, que explodiu em um momento de transição no Brasil. É injusto dizer que o governo não está fazendo o que pode, seja no enfrentamento à pandemia, como para recuperar a economia. A vacinação está acontecendo e os indicadores estão melhorando. Viu o PIB? – empolga-se.

    – A CPI é política. Todo mundo sabe que o relatório já está pronto para desgastar o presidente. O que parece não estar funcionando. É só ver as últimas manifestações: Bolsonaro tem apoiadores irredutíveis.

    Ao fim, Evandro é um dos, se não o principal assessor político de Onix em Brasília, e sonha com uma candidatura a deputado federal com o apoio de Bolsonaro e seus “irredutíveis”.

    Printe & Arquive na Nuvem: poderemos ter em 2022, como representante do ‘bolsonarismo raiz’, que fez 72%, ou 96 mil votos no segundo turno da eleição de 2018 em Gravataí, um “Evandro do Bolsonaro” na urna eletrônica.

    – Tu não vai me f..., né?!? – brincou com a verdade o gravataiense, no início, no meio e no fim da entrevista, sabedor de que me refiro a seu chefe maior como deprimente da república.

    Não, Evandro. A ideia do artigo era contar para teus fãs um pouco da tua história recente em Brasília. O lado da História já escolheste.

    • política
      Adesão de Gravataí a privatização da Corsan não é uma certeza; 4 bi torrados para o selo ’liberal do ano’ de Leite
      por Rafael Martinelli
    • luto
      Tragédia leva Sônia Oliveira, filha de Dorival, secretária da educação e ’rainha’ do MDB de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • operação cidade de deus
      Por que vereador de Cachoeirinha foi preso na operação Cidade de Deus
      por Rafael Martinelli
    • crise no transporte
      Gravataí e Cachoeirinha: estudo mostra ser irreversível subsídio como para Sogil e Transbus
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      39 vidas foram perdidas, mas Gravataí tem menores índices do ano; Por que ainda não é hora da ’festa da covid’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Zaffa não gostou do projeto de novo IPTU para Gravataí; ’Não quero aumentar impostos’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Cachoeirinha, como Gravataí, indenizou empresa de ônibus por perdas na pandemia; A institucionalização do subsídio
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gravataí terá 280 milhões em investimentos: ’Se Marco Alba fez revolução com 80 milhões, imagina o que podemos fazer’, diz Zaffa
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.