notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 13/05/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Gravataí usa semana para preparar escolas para cumprir decreto estadual que abrange a educação infantil e os dois primeiros anos do ensino fundamental

    Gravataí retoma aulas presenciais - não obrigatórias - na rede municipal a partir de terça-feira, dia 4

    por Redação | Assessoria | Publicada em 28/04/2021 às 19h30

    A Prefeitura de Gravataí anunciou nesta quarta-feira que as aulas na rede municipal de ensino, para a educação infantil e os dois primeiros anos do ensino fundamental, serão retomadas, na forma presencial, a partir de terça-feira, 4/5. Para as demais séries, que não a educação infantil e 1º e 2º do ensino fundamental, a retomada ocorrerá, em dias diferentes, em datas ainda a serem definidas.

    As medidas atendem às determinações do Decreto Estadual 55.856, publicado na terça-feira, 27: “Uma vez que as regiões deverão aplicar os protocolos de bandeira vermelha, fica permitida a retomada do ensino presencial em todos os níveis. Estão permitidas, também, aulas de cursos de ensino profissionalizante, de idiomas, de arte e cultura e de música. Aulas de esporte, dança e artes cênicas precisam seguir as regras das atividades de ensino e os protocolos de serviços de educação física e/ou clubes sociais, esportivos e similares”.

    O prefeito Luiz Zaffalon lembrou que estudos mostram o prejuízo global que as crianças sofrem, por estar fora da sala de aula.

    – Crianças que não conseguem acompanhar a alfabetização e que, não possuem maturidade para aulas on-line extensas, estão tendo seu futuro prejudicado, por estar, há mais de um ano, fora da sala de aula e, sem conviver entre si – disse ele, comentando, também, o aumento dos casos de depressão infantil registrado nos últimos meses.

    Zaffa destacou, também, a precariedade do cuidado que muitas crianças estão sendo submetidas.

    – Tendo que ir trabalhar e, sem ter as escolas abertas, os pais acabam buscando alternativas, muitas vezes, mais insalubres, para as crianças, onde, em uma casa, 10, 15 crianças ficam aglomeradas.

    Sobre a situação dos professores e profissionais da educação como um todo, o prefeito afirmou se solidarizar e reafirmou a sua posição de ter essa classe profissional vacinada com urgência e prioridade.

    – Já nos articulamos, por meio da Granpal (Consórcio dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre), e estamos lutando pela vacina, porém, neste momento, pedimos a empatia dos professores, já que tantas profissões também estão se expondo, por terem atividades cruciais para a sociedade – lembrou.

    Conforme a Secretaria Municipal de Educação (Smed), o retorno não é obrigatório e deverá ser definido por pais e responsáveis pelos estudantes. Quem optar pelas atividades remotas, deve seguir a programação definida pelas escolas.

    – A Prefeitura alerta para que as famílias fiquem atentas aos comunicados das unidades de ensino – observou a secretária de Educação do município, Sonia Oliveira.

    A secretária ressaltou que as escolas estão adaptadas com plano de contingência aprovado pelo Centro de Operações de Emergência em Educação (COE). Ela também frisou o comprometimento do município em garantir um ambiente seguro para os alunos, respeitando os protocolos de higienização e distanciamento.

    – A comunicação com as famílias será feita pelas escolas exatamente como já ocorre hoje, por meio de grupos de whatsApp, redes sociais e outros – informou.

     

    LEIA TAMBÉM

    Como um meme, Leite pintou o mapinha: Gravataí e Cachoeirinha em bandeira vermelha; 50 tons de alguma cor para volta às aulas

    O jeitinho de Leite: Gravataí e Cachoeirinha vão para bandeira vermelha; O Ministério da Verdade decreta a Mentira

    Atualizada: TJ mantém aulas suspensas em Gravataí e Cachoeirinha

    Gravataí e Cachoeirinha: depois da bagunça, a decisão sobre volta às aulas; Miki acertou, Zaffa errou

    Gravataí e Cachoeirinha voltam às aulas? Zaffa e Miki divergem, juíza suspende e associação de escolas particulares convoca retorno nesta segunda; A bagunça que o governador criou

    A novilíngua de Leite: Gravataí e Cachoeirinha já tem data para volta às aulas presenciais; ’Governador samba na cara da Justiça’

    A polêmica da volta às aulas: Gravataí e Cachoeirinha odeiam professores?; Para alguns nas redes sociais parece

    A virulência da COVID em Gravataí: O mês que teve mais mortes que nascimentos

    Onde foi o dinheiro do socorro federal para Gravataí; O que ’CPI do Bolsonaro’ encontraria se investigasse

     

    • coronavírus
      Em 24h, vacinas para professores: Gravataí e Cachoeirinha iniciam nesta quinta; Tem drive-thru na GM
      por Rafael Martinelli
    • política
      Bordignon fala: PT, Lula, Dimas, Ávila e a ’incompatível história’ com Marco Alba e Bolsonaro
      por Rafael Martinelli
    • pedágio
      Após 400 milhões de dinheiro público, ERS-118 será concedida para pedágio; 040 e 020 também
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Cachoeirinha começa a vacinar professores quinta, Gravataí decide amanhã; Justiça autoriza
      por Rafael Martinelli
    • política
      Prev(s)idência: Anabel, Dila e PDT entram pela porta de Zaffa, os Bordignons saem por outra; Agora tudo é GreNal na política de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Por que Hospital de Campanha de Cachoeirinha fechou e o de Gravataí não; Zaffa acerta como Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Segunda de volta às aulas do 3º, 4º, 5º ano em Gravataí: prefeito e professores divergem; Entre ’aos poucos a normalidade’ e ’o Centro estava um horror’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Fernando Deadpool saiu do grupo; Vereador de Gravataí desligou-se de WhatsApp da base de Zaffa
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Sai a ciência, entra a política: Leite passa pincel de colorir mapinha para prefeitos de Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • contas públicas
      Acerta Zaffa com a reforma da previdência de Gravataí; Uma ’pauta-bomba’ para muitos desarmarem
      por Rafael Martinelli
    • emprego
      Prefeitura de Cachoeirinha vai abrir concurso para 38 cargos
      por Redação | Assessoria
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.