notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 04/08/2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    sinal vermelho

    Programa consiste no atendimento a pedidos de socorro vindos de mulheres por parte de estabelecimentos comerciais

    ’Xis na mão’ contra a violência doméstica ganha apoio em Gravataí

    por Redação | Assessoria | Publicada em 17/06/2021 às 10h33

    As diretrizes para a instituição do programa "Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica" em Gravataí foram pauta de uma reunião entre o prefeito Luiz Zaffalon, a chefe de gabinete Mari Léia Bastiani, a coordenadora da Casa Lilás, Analu Sônego, e a advogada do órgão, Thaís Marcelino. A proposta faz parte do Projeto de Lei (PL) 741/21, aprovado na Câmara de Deputados no início do mês e, que, agora, seguirá para o Senado.

    O documento institui o apoio a mulheres em situação de violência por parte de farmácias, hotéis, mercados e similares. A comunicação do pedido de socorro será feita pela vítima por meio de símbolo, em formato de “X”, preferencialmente, na cor vermelha, desenhado na palma da mão e apresentado a um dos colaboradores dos locais parceiros, que acionarão imediatamente as autoridades.

    – O programa vem como um reforço para a rede de proteção, já atuante no município – disse Zaffa.

    – Além dos atendimentos na Casa Lilás, nossas secretarias têm trabalhado na conscientização sobre o tema por meio de ações como debates e fixação de cartazes – disse Mari Léia.

    A equipe da Casa Lilás está organizando metodologias a respeito da relação dos estabelecimentos com o poder público, que serão implementadas caso se aprovado a PL. Segundo Analu, uma possibilidade é firmar a parceria por meio de um termo de cooperação e capacitar os funcionários para que saibam o modo certo de agir frente a um sinal vermelho:

    – Também estamos estudando modos de adaptar os pedidos de socorro, de acordo com o local.

    Também esteve presente na reunião a assessora do prefeito Carina Silva.

    • política
      Adesão de Gravataí a privatização da Corsan não é uma certeza; 4 bi torrados para o selo ’liberal do ano’ de Leite
      por Rafael Martinelli
    • luto
      Tragédia leva Sônia Oliveira, filha de Dorival, secretária da educação e ’rainha’ do MDB de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • operação cidade de deus
      Por que vereador de Cachoeirinha foi preso na operação Cidade de Deus
      por Rafael Martinelli
    • crise no transporte
      Gravataí e Cachoeirinha: estudo mostra ser irreversível subsídio como para Sogil e Transbus
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      39 vidas foram perdidas, mas Gravataí tem menores índices do ano; Por que ainda não é hora da ’festa da covid’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Zaffa não gostou do projeto de novo IPTU para Gravataí; ’Não quero aumentar impostos’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Cachoeirinha, como Gravataí, indenizou empresa de ônibus por perdas na pandemia; A institucionalização do subsídio
      por Rafael Martinelli
    • política
      Gravataí terá 280 milhões em investimentos: ’Se Marco Alba fez revolução com 80 milhões, imagina o que podemos fazer’, diz Zaffa
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Rodrigo Becker | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.