notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 06/12/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    cachoeirinha

    Monitoramento do que acontece nas entradas e saídas de Cachoeirinha é realizado em tempo real no Centro Integrado de Comando e Controle da Prefeitura.

    Roubo de veículos cai mais da metade com cercamento eletrônico

    por Silvestre Silva Santos com assessoria | Publicada em 02/07/2019 às 18h32| Atualizada em 03/07/2019 às 12h04

    A queda no percentual de roubos de veículos – quase 55% - em Cachoeirinha, e de furtos de veículos, desde 2017, evidencia a eficiência do monitoramento da cidade que integra câmeras de vigilância ao longo da avenida Flores da Cunha e principais vias urbanas com os controladores eletrônicos, banco de dados do governo do Estado e as forças de segurança pública

    A avaliação foi feita pelo prefeito Miki Breier (PSB) tendo em mãos o relatório com os principais indicadores de criminalidade de Cachoeirinha, elaborados pela secretaria estadual de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, referente ao período de janeiro a maio deste ano.

    O sistema conhecido e popularmente chamado de Cercamento Eletrônico é um dos fatores que impacta na queda das ocorrências porque monitora todos os veículos que passam pela avenida Flores da Cunha. Recentemente, duas carretas roubadas foram recuperadas após terem sido detectadas pelo sistema de monitoramento.

    Com a ferramenta – câmeras de videomonitoramento –  é possível fotografar a placa de um veículo suspeito e verificar sua situação nos bancos de dados das forças de segurança. Quando ocorre um alerta de carro roubado ou furtado, por exemplo, o sistema emite sinal sonoro de notificação para o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

    Imediatamente é feita comunicação à Brigada Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal, informando os dados do veículo e a placa. Isso permite uma rápida abordagem por parte dos agentes. Outros indicadores  relacionados à atuação integrada das forças de segurança também tiveram queda como homicídios, de 25 (em 2017) para 10 (2019), e roubos, de 848 (2017), para 632 (2019).

     

    LEIA TAMBÉM:

    Cidade vigiada com olhos eletrônicos

     

    OS NÚMEROS

     

     

    2017 (jan a mai)

    2018 (jan a mai)

    2019 (jan a mai)

    Homicídio doloso:

    Latrocínio:

    Furtos:

    Abigeato:

    Furto de veículos:

    Roubos:

    Roubos de veículos:

    Estelionato:

    Crimes relacionados a armas e munições:

    Posse de entorpecentes:

    Tráfico de entorpecentes:

    25

    1

    657

    5

    113

    848

    214

    116

    25

    94

    43

    8

    1

    546

    3

    95

    642

    126

    100

    26

    90

    67

    10

    0

    551

    2

    90

    632

    97

    142

    20

    105

    89

     

    Redução (2017 a 2019)

     

    Latrocínio: -100%

    Homicídio: -60%

    Abigeato: -60%

    Roubos de veículos: -54,7%

    Roubos: -25,5%

    Furtos de veículos: -20,3%

    Crimes relacionados a armas e munições: -20%

    Furtos: -16%

     

    PARA SABER

     

    O comparativo é com dados dos cinco primeiros meses de 2017 e 2019. Apenas os crimes de estelionato, posse de entorpecentes e tráfico de entorpecentes tiveram aumento neste período.

    • 3º Neurônio | opinião
      A ditadura do sr. Guedes
      por Vladimir Safatle | El País
    • opinião
      Volnei prefeito; ’Partido-partido, é dos Trabalhadores’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Gestão de Paulo Silveira no PSB é um desastre
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Neri Facin será o patrão da Câmara de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Começa a obra do Comercial Zaffari na 118
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • entrevista
      Dilamar defende Rosane de ’emenda demagógica’
      por Rafael Martinelli
    • 3º Neurônio | comic con
      CCXP 2019 tem início e fãs invadem a feira!
      por Silvio Teixeira
    • opinião
      O dia em que Miki ’desistiu da eleição’; o menino da porteira de 2020
      por Rafael Martinelli
    • profissional de sucesso
      A Irmã Jane do Dom Feliciano abre seu coração
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • 3º Neurônio | ciência
      2019 encerra a pior década da crise climática
      por Manuel Planelles | El País
    • você sabia?
      Seu Imposto de Renda pode ajudar quem precisa
      por Redação
    • opinião
      Juíza erra ao cassar conselheira tutelar; ’Daiane Livre’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Presidência da Câmara: quem será o ’candidato de Marco Alba’? da novela ao acordo
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      A Rose de Cachoeirinha e o áudio-bomba do ’impeachment’ de Bolsonaro; o WhatsApp bombou
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Gabinete de Dirceu do Busato: apoio a Dimas foi para o VAR
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Ana para incendiar eleição; os outsiders na ferradura
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      PTB com Dimas é ’pênalti de concurso’; la mano de dios
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Marco Alba e Jones juntos é notícia; a metafísica da política
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.