notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/05/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    estrelado

    Arena Estrelada - nome que ainda não é oficial - fica na rua Ary Rosa Santos em Cachoeirinha. Obra iniciada em 2012 já consumiu R$ 11 milhões e vai ser parcialmente entregue aos torcedores hoje à tarde.

    Cruzeiro finalmente estreia em sua casa pelo Gauchão

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 13/03/2019 às 12h| Atualizada em 15/03/2019 às 14h47

    Vai ser agora à tarde (13/3), com início às 16h, em partida contra o São Gabriel, que o Esporte Clube Cruzeiro inaugura extra-oficialmente sua nova casa, uma arena construída no bairro Granja Esperança, em Cachoeirinha. A partida é válida pela Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho, da Federação Gaúcha de Futebol.

    Mesmo que tenha capacidade para 16 mil torcedores – o que lhe dá aval para sediar até jogos internacionais – a partida desta tarde será para no máximo 2.200 torcedores, por determinação do Corpo de Bombeiros, já que ainda há obras a serem concluídas e providências a serem adotadas no que se refere à segurança.

    --- Hoje dá para dizer que 90% da obra está pronta, só que os 10% que faltam é uma parte mais difícil e onerosa, porque são os arremates, os ‘finalmentes’ da construção --- disse o diretor de futebol do clube, Dirceu de Castro, em reportagem que o Seguinte: publicou dia 19 do mês passado.

     

    LEIA TAMBÉM

    Veja como está a arena do Cruzeiro em Cachoeirinha

     

    IMPORTANTE

     

    A direção do Cruzeiro trata o jogo de hoje como evento-teste, e não anunciou ainda a data da inauguração oficial.

     

    O Cruzeiro

     

    1

    O Cruzeiro foi fundado no dia 14 de julho de 1913, em Porto Alegre. Uma agremiação que desbravou o mundo e originou as categorias de base no Rio Grande do Sul. Inicialmente, fora sugerido o nome de 14 de Julho para o novo clube, devido ao dia de sua fundação. Porém, um dos fundadores sugeriu que se chamasse Cruzeiro.

     

    2

    O primeiro estádio do clube foi a Vila Cruzeiro, que estava localizada na Estrada do Mato Grosso (atual avenida Bento Gonçalves, no Bairro Partenon). Em 1920 mudou-se para o Caminho do Meio, estádio onde ficou durante 18 anos. No ano de 1929, após ter vencido o Citadino por duas vezes (1918 e 1921), o “estrelado” conquistou no estado, na sua primeira participação na fase final do estadual.

     

    3

    O Campeonato Gaúcho ainda não havia sido criado em 1918 e, em 1921, o representante da capital no torneio foi o Grêmio, campeão da Associação Porto-Alegrense de Futebol (APAF), liga dissidente existente nos anos 1920.

     

    4

    O Cruzeiro teve na sua história altos e baixos. Nos primeiros cinquenta anos de sua existência, foi um clube que incomodava os grandes times, chegando a ser reconhecido como a terceira força do Rio Grande do Sul, atrás apenas de Internacional e Grêmio, tradição pela qual chegou a ser convidado a participar do Campeonato Brasileiro na década de 70 juntamente com a dupla Gre-nal, convite que a CBD (nome da CBF na época) chegou a fazer, mas depois voltou atrás.

     

    5

    No final da década de 1960 o presidente Rafael Peres Borges vendeu o Estádio da Montanha que havia sido inaugurado em 7 de março de 1941 para a construção do Cemitério Ecumênico João XXIII. O último jogo do Cruzeiro na Montanha ocorreu dia 8 de novembro de 1970, com vitória por 3 a 2 sobre o Liverpool do Uruguai.

     

    6

    Muitos torcedores deixaram o local chorando. Na década de 1970 o clube construiu o Estádio Estrelão, no final da avenida Protásio Alves, atualmente Jardim carvalho. Inaugurado em abril de 1977, o Estrelão foi a casa do Cruzeiro até 2012. Em 1979, o futebol profissional do clube entrou em recesso, só voltando em 1991.

     

     

     

     

     

    • proteção animal
      Hulk, o cãozinho cadeirante que batiza o Cachorródromo
      por Redação
    • opinião
      Por Anabel, Bordignon desistiu de ação para concorrer
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Não é escândalo denúncia envolvendo Jones
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Nem as chuvas param as obras nas pontes
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • rio gravataí
      Conheça o projeto da nova orla do Rio Gravataí
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Vereadores nos tiraram para idiotas
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Pirelli, uma fábrica em depressão
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Gravataí pode ter um Tumelero diferente
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Tem que taxar Uber sim!
      por Rafael Martinelli
    • entrevista
      Não sirvo para poste ou laranja, diz Paulo Silveira
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Mandatos de Marco Alba, Miki e Darci podem ir até 2022
      por Rafael Martinelli
    • gravataí
      Marco Alba financia novo pacotão de obras viárias
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Que tal ganhar R$ 8,6 mil por mês? Tem vaga!
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • entrevista
      Passado é passado, olho para frente, diz Anabel
      por Rafael Martinelli
    • lojas havan
      Sindicato exige negociar domingos e feriados
      por Silvestre Silva Santos
    • eleições 2020
      Sônia, filha de Dorival, pode ser lançada a prefeita
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.