notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/01/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    eleições 2018

    Candidato natural de Pelotas é o novo governador do estado | DIVULGAÇÃO

    ATUALIZADÃO | Região deu quase o triplo de votos a Bolsonaro

    por Eduardo Torres | Publicada em 28/10/2018 às 16h32| Atualizada em 05/11/2018 às 10h49

    A eleição de Jair Bolsonaro (PSL) neste domingo, em todo o país, com 95% dos votos apurados, aponta para um percentual de 55% dos votos válidos, e uma vantagem de 11 pontos percentuais em relação a Fernando Haddad (PT), mas na região, a vantagem foi bem maior. Em Gravataí, Cachoeirinha e Glorinha, o candidato do PSL somou, no total, 150.655 votos. Mais do que o dobro dos 61.761 votos do candidato do PT.

    A "lavada" na região já havia sido sinalizada no primeiro turno. Percentualmente, a maior diferença foi verificada em Glorinha, onde Bolsonaro fez 76,03% dos votos válidos contra 23,97%.

    Em Gravataí, onde o percentual de votos brancos e nulos passou dos 10%, com um índice de abstenção praticamente igual ao do primeiro turno, Jair Bolsonaro fez 71,46% dos votos válidos e Haddad, 28,54%.

    Já em Cachoeirinha, que fo o primeiro município da região a encerrar a apuração, a vitória de Jair Bolsonaro em pontos percentuais foi a menos folgada da região: 69,63% contra 30,37%. Os votos brancos e nulos para a presidência na cidade ficaram abaixo dos 10%.

     

    Região é de Sartori

     

    Se a região consolida a vitória do futuro presidente, no cenário estadual, consolida a influência dos governantes locais, do PSB e MDB. É que José Ivo Sartori ganharia nos três municípios. No Rio Grande do Sul, a vitória de Eduardo Leite (PSDB) foi confirmada com 53,54% contra 46,46% de votos para Sartori.

    Em Gravataí, o atual governador fez a maior vitória em pontos percentuais: 54,13% contra 45,87% de Leite. Cachoeirinha teve índices semelhantes: 53,50% contra 46,50% pró Sartori. O resultado mais apertado, percentualmente, mas também favorável a José Ivo Sartori, foi em Glorinha, onde o atual governador fez 51,7% dos votos válidos contra 48,2% do futuro governador gaúcho.

     

    LEIA TAMBÉM

    COM VÍDEO | O que deve mudar no Brasil a partir de janeiro

    COM VÍDEO | Destino do país está nas urnas neste domingo

    ATUALIZADÃO DO 1º TURNO | A eleição minuto a minuto

     

    19h18min: Encerrada a apuração em Gravataí, e na cidade, assim como no restante da região, José Ivo Sartori (MDB) fez a maior parte dos votos para o governo estadual, com 20,95% de abstenções, 5,05% de votos brancos e 10,23% nulos.

    Em Gravataí:

    José Ivo Sartori (MDB): 54,13%

    Eduardo Leite (PSDB): 45,87%

    19h07min: Em Glorinha, o resultado para o governo estadual também contrariou o geral no Rio Grande do Sul. Na cidade, Sartori (MDB) fez 51,7% dos votos válidos contra 48,2% de Eduardo Leite (PSDB).

    19h02min: Aberta a apuração para a presidência, já com 88% dos votos, e a vantagem de Jair Bolsonaro determina a sua eleição.

    Jair Bolsonaro (PSL): 55,7%

    Fernando Haddad (PT): 44,3%

    19h: Pesquisa de boca d eurna Ibope dá vitória de Jair Bolsonaro (PSL) com 56% contra 44% de Fernando Haddad (PT)

    18h55min: Fechada a apuração em Cachoeirinha. Na cidade, o resultado contraria o Rio Grande do Sul, com José Ivo Sartori (MDB) tendo feito a maioria dos votos válidos. Foram 21.08% de abstenções, 4,87% de votos brancos e 9,97% nulos para o governo do estado.

    Em Cachoeirinha:

    Sartori (MDB): 53,50%

    Leite (PSDB): 46,50%

    18h22min: Matematicamente o TRE-RS ainda não confirma, mas Eduardo Leite (PSDB), com quase 90% dos votos apurados, é o novo governador do Rio Grande do Sul, mantendo a escrita de que o Estado não reelege governadores.

    Eduardo Leite (PSDB): 53%

    José Ivo Sartori (MDB): 47%

    18h20min: Eduardo Leite (PSDB) abre 5% de vantagem sobre José Ivo Sartori (PMDB), com 75% da apuração dos votos no Rio Grande do Sul.

    Eduardo Leite (PSDB): 52,5%

    José Ivo sartori (MDB): 47,4%

    17h58min: Com mais da metade das seções apuradas no RS, Eduardo Leite abre vantagem na eleição. Na região, apuração de Cachoeirinha é a mais adiantada, com 53% das seções apuradas, e Sartori tem maioria dos votos.

    Eduardo Leite (PSDB): 51,87%

    José Ivo Sartori (MDB): 48,13%

    17h43min: Com 2,11% dos votos apurados de Gravataí, José Ivo Sartori (MDB) está na frente.

    José Ivo Sartori (MDB): 52,04%

    Eduardo Leite (PSDB): 47,9%

    17h40min: Com 23,4% das seções apuradas, Eduardo Leite toma a frente. Na região, poucos votos de Cachoeirinha estão apurados.

    Eduardo Leite (PSDB): 50,1%

    José Ivo Sartori (MDB): 49,8%

    17h34min: As primeiras seções eleitorais de Cachoeirinha entram no sistema com vantagem para José Ivo Sartori (MDB). São 561 votos apurados.

    José Ivo Sartori (MDB): 56,6%

    Eduardo Leite (PSDB): 43,3%

    17h30min: Parcial de 17% das seções apuradas no estado, a disputa entre José Ivo Sartori e Eduardo Leite é, praticamente, voto a voto. Urnas de Gravataí, Glorinha e Cachoeirinha ainda não foram lançadas no sistema do TSE.

    José Ivo Sartori (MDB): 50,5%

    Eduardo Leite (PSDB): 49,49%

    17h: Encerrada a votação no Rio Grande do Sul, e a pesquisa Ibope boca de urna para a eleição a governador aponta:

    Eduardo Leite (PSDB): 52%

    José Ivo Sartori (MDB): 48%

    A boca de urna para a presidência sai somente às 19h.

     

     

     

     

    • rs
      Ninguém de Gravataí no governo Leite
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Um mês para APPs dizerem como cuidam seus motoristas
      por Eduardo Torres
    • segurança
      O debate fetichista sobre a redução da maioridade
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Ulbra Gravataí demite um quinto dos professores
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      App leva profissionais da beleza até você
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • habitação
      Moradores querem financiar casas da Granja em 35 anos
      por Eduardo Torres
    • educação
      Kit escolar da Prefeitura tem data para ser entregue
      por Silvestre Silva Santos
    • polêmica
      Gravataí e Cachoeirinha podem ter armas liberadas
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Outro baleado, mas poucos motoristas param na região
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Farda não garante santidade; promoção, talvez
      por Rafael Martinelli
    • crime na saúde
      MP detalha repasses do Gamp e empresa de Gravataí
      por Eduardo Torres
    • freeway
      Marco Alba comemora troca de praça do pedágio
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Stédile, irmão de líder do MST é secretário de Leite; a verdade
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      CCR confirma mudança do pedágio
      por Silvestre Silva Santos
    • segurança
      Contra violência, motoristas de aplicativos prometem parar
      por Eduardo Torres
    • parceria público-privada
      RS-020 será concedida com pedágios
      por Rafael Martinelli
    • investigação
      MP faz conexão da investigação no Inter com Gravataí
      por Eduardo Torres
    • luto
      Não podemos ser como o Vilmar?
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Conheça os números da criminalidade em Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • cultura
      Em Cachoeirinha, a leitura tem parada obrigatória
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.