notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 08/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    o seguinte indica:

    O empresário Eike Batista, de cabelo raspado, deixa o presídio Ary Franco, no Rio de Janeiro | Foto: FÁBIO MOTTA - ESTADÃO CONTEÚDO

    De magnata a presidiário comum, o sonho quebrado de Eike Batista

    por Maria Martín | El País | Publicada em 31/01/2017 às 11h30

    Poucas pessoas encarnam a rápida ascensão e queda do Brasil tão bem quanto Eike Batista. 

    Quando o país ia de vento em popa, ele adquiria e desperdiçava milhões, conquistava acionistas do mundo todo com a promessa de lucro futuro de seus negócios que englobavam petróleo, construção naval e minas de ouro.

    Fez fortuna a um ritmo vertiginoso e finalmente ganhou poder e influência. Dono de 34 bilhões de dólares (107 bilhões de reais), o empresário foi eleito pela Forbes o sétimo homem mais rico do mundo em 2012. 

    Nos últimos meses, Eike tentava renascer como empreendedor de sucesso num país que atravessa a pior recessão em 30 anos e que enfrenta pela primeira vez a corrupção institucional.

    Leia a reportagem completa clicando aqui.

    • a cadeira assombrada
      A cassação antecipada em Viamão
      por Cristiano Abreu
    • cachoeirinha
      Dona Nadir, 70 anos, teve alta da COVID
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Homofóbico não é o Miki, é você; a bandeira rosa
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Morte aos 48; já são 8 em 7 dias
      por Redação
    • gravataí
      TCE reprova contas de Marco Alba; O Josef K. do dia
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Justiça suspende ’decreto do festerê’ em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Com COVID, Gelson grava vídeo chocante
      por Rafael Martinelli
    • política
      Anabel age conforme prega; sem campanha na rua
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Miki limita horário para bares e festas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí libera atividades não-essenciais
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha vai abrir até bares, boates e cinemas
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.