notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 12/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Moisés Mendes se apresenta assim em seu blog: é jornalista desde os 17 anos. Em 1970, começou como repórter (e depois foi editor) da Gazeta de Alegrete, jornal criado em 1882 por Luís de Freitas Vale, o Barão do Ibirocay, com a missão de combater a escravid

    Finalmente, a face de um juiz inseguro | Moisés Mendes

    por Moisés Mendes | Publicada em 27/11/2016 às 16h06

    O bom jornalismo está nos mostrando um dos maiores duelos da história recente na área jurídica. É o que põe frente a frente, nas audiências em Curitiba, os advogados do ex-presidente Lula e um juiz Sergio Moro mandão e inseguro diante dos que põem em dúvida suas atitudes na condução das conversas.

    Alguns sites estão cobrindo os depoimentos de testemunhas, no processo sobre as suspeitas de favorecimento de empreiteiras a Lula, com uma gana que honra o jornalismo tão questionado nesses tempos de exaltação de justiceiros e golpistas.

    Como há transcrição dos diálogos, o melhor é a performance dos advogados José Roberto Batochio, Cristiano Zanin Martins, Roberto Teixeira, Jair Cirino dos Santos e Juarez Cirino dos Santos.

    A valentia com que eles questionam a pretensa sabedoria e a prepotência do juiz é impressionante. É o grande espetáculo da Lava-Jato a partir de agora, até porque teremos muitos processos contra Lula.

    É o anunciado momento do tão falado contraditório. Moro foi endeusado como o mais poderoso juiz de primeira instância do mundo. Os procuradores da Lava-Jato decidiram imitá-lo, inclusive nas audiências.

    Mas os advogados o questionam a todo momento sobre interpretações enviesadas do Código de Processo Penal, perguntas fora do processo, interrupções e ordens impositivas para que não falem. Em alguns momentos, Moro corta até o microfone, para que as falas dos advogados não sejam gravadas, como se fossem alunos de um professor do século 19.

    A postura de Moro está sendo exposta nas audiências, e pela primeira vez se vê um juiz inseguro diante de quem põe em dúvida a legalidade e a sensatez de suas atitudes. Moro mostra-se visivelmente irritado e até constrangido diante de alguns advogados que são também professores de direito penal.

    A OAB, tão encolhida, deveria usar o desempenho dos advogados como exemplo de bravura diante de um juiz acusado, não só pelos defensores de Lula, mas por muitos juristas de abusar da soberba e do autoritarismo. Mas quem ainda espera hoje alguma coisa da OAB?

     

    Artigo publicado neste sábado pelo jornalista Moisés Mendes em seu blog

    • pequenas empresas, grandes histórias
      O elixir da saúde é de Morungava
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt 
    • crise do coronavírus
      Gravataí e Cachoeirinha sob bandeira rosa
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      COVID leva Carlinhos, emancipador de Glorinha
      por Rafael Martinelli
    • cachoeirinha
      Quer denúncia sobre o Hospital de Campanha de Cachoeirinha? Vai no OLX
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Os números da COVID; o ’Efeito Dia dos Pais’
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      2 mil ’recuperados’; A boa e a má notícia
      por Rafael Martinelli
    • gravataí
      TCE reprova contas de 2017 de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Justiça suspende ’decreto do festerê’ em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.