notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 06/04/2020
profissional de sucesso

Psicóloga por formação e diretora de Recursos Humanos na Sogil, Ana Cristina Pastro Pereira chega à presidência da Acigra cheia de planos e metas.

COM VÍDEO | É ela quem comanda a Acigra

por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 21/01/2020 às 17h30| Atualizada em 31/01/2020 às 19h24

Na chegada, na nova sala da presidência, no prédio locado para ser a sede provisória da entidade, um detalhe chama a atenção: um vaso – ou miniterrário! – com suculentas de formatos e espécies variadas. É um mimo que a nova presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Gravataí (Acigra), Ana Cristina Pastro Pereira, ganhou ontem (20/1) quando comandou a primeira reunião-almoço da nova diretoria da entidade.

Ana Cristina, ou só Cristina que é como a maioria das pessoas da família e do seu círculo de amizades e profissional a chama, é a primeira mulher a presidir a Acigra nos 91 anos de atividades da associação. Chegou ao cargo indicada pelo seu antecessor, Régis Albino Marques Gomes, justo em um ano importante, da construção da nova sede própria em um dos endereços mais importantes, e valiosos, da área central de Gravataí.

Metódica, exige organização do seu tempo disponível.

Imperioso que assim seja.

Afinal, além de presidente da Acigra, Cristina continua sendo a diretora de Recursos Humanos da empresa de ônibus Sogil, que tem seu pai – o empresário Sérgio Pereira – na presidência do Conselho de Administração. E faz parte de muitas outras associações e entidades, todas elas ligadas ao transporte metropolitano de passageiros. Agora, também por força do cargo na Acigra, passa a ser também uma das vice-presidentes da Federasul.

Questionada se está conseguindo conciliar tantas atividades, Ana Cristica assegura que está começando a viver o período de turbulência no novo voo que está fazendo decolar.

--- Agora que estou começando a viver a presidência da Acigra, justo em um momento de férias. Mas sei que a agenda vai ser tornar ainda mais intensa com muitos eventos e reuniões, e por isso é necessário ter uma agenda bem ajustada.

E alerta:

--- Não dá para esquecer que também tem a empresa e a minha família. O meu pai me cobra a presença na empresa e em casa, além do marido, tenho que dedicar tempo para as duas filhas pequenas.

 

As datas

 

1

Ana Cristina está exercendo o cargo de presidente da Acigra por conta da posse oficial, desde o dia 2 deste mês.

 

2

Ela foi eleita por aclamação em assembleia realizada no dia 6 de dezembro e diz que a solenidade de posse ao público vai acontecer em março próximo.

 

3

Só não está confirmada, ainda, a data do evento que deve ser no meio do mês, conforme antecipou.

 

Quem é

 

: Casada há 12 anos com o Administrador de Empresas Lucas Gregório Barcellos Fonseca, é mãe de Teodora e Maitê, de dois e quatro anos. É natural de Porto Alegre, mas diz que sempre morou em Gravataí. Exceção para o período de cerca de um ano que morou em Caxias, quando o pai, Sérgio Pereira, adquiriu a empresa de ônibus urbano da cidade, e para o outro ano que viveu nos Estados Unidos.

 

: Formada em Psicologia Organizacional, possui um currículo de fazer inveja. Por exemplo, é especialista em Gestão de Pessoas, Planejamento Estratégico, Ferramentas da Qualidade e Comunicação, palestrante, consultora e instrutora. Da terra do “tio Sam” trouxe diplomas de MBA em Gestão Estratégica de Pessoas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), e de Gestão de Negócios pela University Of California (UCI), Irvine, California, Estados Unidos.

 

LEIA TAMBÉM

Acigra tem a primeira presidente mulher em mais de 90 anos

 

Os planos

 

Captação de novos associados para Acigra é só uma das metas definidas pela nova presidente. Atualmente a entidade tem pouco mais de 800 sócios ativos diante de um universo que pode chegar aos 30 mil empresários (número não oficial) considerados com potencial para serem sócios da Acigra. Outro plano é firmar parceria com um plano de saúde, cujo convênio o empresário-associado pode estender aos seus colaboradores.

--- Vamos manter, com certeza, o que vem dando certo. Por exemplo o “Almoçando com a Acigra”, “Café com Negócios” e o prêmio ‘Marcas & Líderes”, entre outras ações que já vinham sendo realizadas, com sucesso, pelo presidente Régis --- diz.

Delegar poderes ao grupo de vice-presidentes (confira a diretoria completa abaixo) para que definam e executem ações em nome da associação é outra ideia que ela quer manter por considerar uma estratégia adequada diante do “leque” de atividades e eventos que podem ser realizados. Além de dar força aos núcleos já existentes, especialmente os de “Mulheres Empreendedoras”, de “Tecnologia da Informação” e de “Jovens Empreendedores”.

Sobre a construção da nova sede, obra que deve começar nos próximos dias, a nova presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Gravataí diz que se trata de um marco importante para o município. E acha que dificilmente fica pronta a tempo de inaugurar antes do próximo Natal, como chegou a dizer o diretor-presidente da rede de Lojas Paludo, David Paludo, na festa de aniversário da associação, dia 30 de agosto passado. O aniversário mesmo foi no dia 26.

A presidente se baseia no que consta no contrato assinado entre a Paludo e a Acigra, fixando prazo de um ano e meio para a execução das obras. Trata-se de um investimento de cerca de R$ 10 milhões em um edifício no qual os dois primeiros andares serão para a rede varejista de confecções e calçados e, os outros dois, com hall de entrada independente e dois elevadores, para a sede da entidade.

--- Vai ser para 2021 mesmo. É uma construção muito grande que tem muitos detalhes envolvidos. Não é algo fácil de ser feito --- argumenta.

 

LEIA TAMBÉM

Acigra e Lojas Paludo: o que vem por aí

Como será sede sustentável da Acigra

Acigra firma acordo com Lojas Paludo para construir nova sede

 

A supervisora

 

Tão logo concluiu o curso de Psicologia, e o estágio, a primeira mulher a ocupar a presidência da Acigra ingressou na Sogil, empresa em que o pai, Sérgio Pereira, é um dos sócios e atual presidente o Conselho de Administração, como Supervisora de Manutenção Predial.

O argumento dela perante o então diretor geral da Sogil, cargo que dividia com o ainda sócio José de Jesus Teiga Júnior, de que o curso que recém havia concluído não a capacitava para exercer aquela função, não foi suficiente para o convencer o pai-Sérgio-linha-dura-Pereira.

Ela conta o que ele teria dito:

--- Mas tu precisa saber de tudo! Tens que entender desde um parafuso para que, na hora em que tu for ‘cobrar’ alguém, saber se ele não está te enganando e se realmente há necessidade de ter todos aqueles parafusos.

Sobre assumir a presidência da Acigra e diante da possibilidade de se ausentar ainda mais dos escritórios da empresa de ônibus, na sede da Sogil, na parada 96 da RS-030, Sérgio Pereira teria alertado a filha. Ela garante que Sérgio Pereira vibra com cada nova conquista sua, mas ao mesmo tempo em que a apoia, faz cobranças severas.

--- Não deixa a Sogil de lado! É o olho do dono que faz as coisas acontecerem... Tu precisa visitar as garagens, tu precisa olhar para as pessoas, ver o que está acontecendo, quais são os resultados... --- advertiu, segundo a própria Ana Cristina revelou.

 

Confira no vídeo abaixo os pensamentos da nova presidente da Acigra, Ana Cristina Pastro Pereira, na entrevista concedida nesta terça-feira à reportagem do Seguinte:. Clique na imagem e, depois, siga na matéria!

 

Primeira reunião

 

Sobre a reunião-almoço desta segunda-feira, a primeira da sua gestão de dois anos (2020 e 2021), Ana Cristina se disse surpresa com a presença de quase todos os integrantes da diretoria. Ela disse que no encontro já começou a ser planejado o que cada vice-presidência vai fazer ao longo do ano.

--- Cada um tem as suas responsabilidades mas, também, a autonomia para criar quais vão ser as suas ações. Existem aquelas que estão no estatuto e que não podem deixar de acontecer, e aquelas que nós estabelecemos para o período --- explica.

Tomando “pé da situação” financeira da Acigra, o que ela parcialmente já sabia por ser integrante da diretoria há 13 anos, Cristina assegura que a associação “vai muito bem, obrigada!”. E destacou – em tom de rasgado elogio – o trabalho realizado pelo ex-presidente Régis Albino Marques Gomes que, aliás, continua na diretora, agora como vice-presidente de Finanças e Patrimônio.

--- O Régis se dedicou muito para a Acigra, e isso resultou, entre outras coisas bastante positivas, no surgimento deste investidor que vai viabilizar um sonho antigo de todos da diretoria, que é ter uma nova sede própria, mais ampla e moderna --- destacou.

 

Sobre a situação econômica e financeira do Brasil:

 

--- Eu vejo já as pessoas sinalizando uma leve melhora, com alguns segmentos já acontecendo em 2019 e outros com uma perspectiva boa para 2020. E isso a gente percebe entre a própria diretoria. E muito disso depende de gestão, daquilo que as pessoas fazem.

 

A máquina pública e a iniciativa privada:

 

--- Só quando há uma boa parceria é possível tomar decisões técnicas, porque a máquina pública não permite que se faça gestão nos mesmos moldes do que acontece na iniciativa privada. No caso do transporte, há gente no setor público que entende o que está acontecendo, que não é possível andar com ônibus vazio, pagar para trabalhar.

 

Concessões, benefícios e custo do transporte:

 

--- Não acredito que vá se reduzir o número de benefícios concedidos no transporte público de passageiros. Está escrito (na legislação) que as pessoas têm o direito de ir e vir, e o poder público precisa, tem a obrigação de prover isso. O que está acontecendo é que estamos estudando possibilidades e trabalhando sempre para não aumentar os custos das tarifas em função destas concessões.

 

A Acigra nos próximos 10 anos:

 

--- Não tem como fazer uma projeção desse nível, para a próxima década. Trabalho com planejamento estratégico e na reunião de ontem (diretoria, segunda-feira) falamos em construir projetos para dois anos. Veja só, a gente já entende que dois anos é um longo prazo, a gente não tem o poder de prever quais mudanças acontecerão neste período. Então, os projetos que a Acigra está prevendo são para 2020, iniciam agora em janeiro e terminam em dezembro, porque não é mais possível fazer um planejamento para cinco anos, muito menos para uma década.

 

A nova sede da Acigra:

 

--- É uma grande realização e uma grande conquista para a cidade. Vai dar uma visibilidade maior para a entidade, talvez mais empresários possam manifestar interesse em se associarem... A Acigra não é nova, é conhecida de quase todos, mas existe uma geração que não sabe exatamente o que é a entidade e quais suas finalidades. Para estas pessoas que temos que olhar também.

 

A diretoria da Acigra 2020-2021


PRESIDENTE - Ana Cristina Pastro Pereira – SOGIL

Vice-presidente de COMÉRCIO - Fátima Matos Teixeira - O Boticário

Vice-presidente de INDÚSTRIA - Graziela Becker - Becker Metalúrgica

Vice-presidente de SERVIÇOS - Luciane Pessato - Pessato Negócios Imobiliários

Vice-presidente de FINANÇAS E PATRIMÔNIO - Régis Albino Marques Gomes - Albimar Beneficiamento de Areia

Vice-presidente de CAPACITAÇÃO - Mari Léia Bastiani - Bastiani e Silva Advogados Associados

Vice-presidente de RELACIONAMENTO COM ASSOCIADO - Franco Boaventura - Gist by Challenge

Vice-presidente de EVENTOS - Graziella Isoppo - Mega Palco

 

Diretores Regionais


Cândido Leri Ribeiro de Assis - Cândido Assessoria Contábil
Cleiraci Maria Giacomelli - AUP Arquitetura
Daniela Kraemer - General Motors   
Gilberto Gil - GR Gil Assessoria Empresarial
Gustavo Fraga da Silva - Sicredi                   
Hércules Perrone - Perrone e Warth Advogados            
Jonas Matos - Megaoffice
José Luis Silveira - Opportunity Negócios Imobiliários
Lairton Zagonel - Zagonel e Nôe Advogados
Luiz Denicol - Denicol- Inteligência Competitiva
Paula Weiss - Paula Weiss Eventos
Samantha Novakoski Flach - ID Coaching
Sérgio Largura - Gravel Consórcios  
Thirzah Kitzmann Bitencourt - BK Atividades Médicas
 

Conselho Fiscal - Titulares
 

Roberto Bastiani - Bastiani e Silva Advogados Associados
Cândido Leri Ribeiro de Assis - Cândido Assessoria Contábil
José Luis Silveira - Opportunity Negócios Imobiliários
 

Conselho Fiscal - Suplentes
 

Lairton Zagonel - Zagonel e Nôe Advogados
Maira Kubaski - Maville Design de Móveis
Mauro Conte - Fonseca Empreendimentos Imobiliários

 

 

 

 

 

 

 

SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
Gráfica e Editora Vale do Gravataí
Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

redacao@seguinte.inf.br

Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
Cristiano Abreu | EDITOR | cristiano@seguinte.inf.br
Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.