notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/08/2019
entidades

Entidade recebe crianças de cinco escolas que ficam no entorno do bairro Rincão da Madalena no turno inverso ao da escola para participação em oficinas

Gente que constrói sonhos para crianças da periferia

por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 07/03/2019 às 16h46| Atualizada em 26/03/2019 às 12h03

Trabalhar de forma despretensiosa, abnegada, doar parte do tempo em que poderia estar exercendo uma atividade lucrativa ou desfrutando com a família, sem pretender reconhecimento popular ou fazer disso um trampolim para um cargo público. É o que faz um grupo de homens e mulheres que cuidam, no Loteamento Auxiliadora – no bairro Rincão da Madalena – da Fundação Casa dos Sonhos.

Uma instituição fundada em 2001 e que no dia 7 de julho que vem completa maioridade, que tem a finalidade de ser exatamente o que diz o nome. Uma casa, para acolher crianças e adolescentes, dos seis aos 15 anos, e moldar neles os sonhos de terem um futuro digno, com educação, respeito e sucesso profissional.

A Casa dos Sonhos atualmente acolhe 71 crianças no turno inverso ao da escola. Para estar nela, é obrigatório estar estudando. E todos são alunos de pelo menos cinco escolas que ficam nos bairros próximos. Quando estão na fundação, participam de oficinas com temáticas diversas, que não têm a pretensão de ocupar o lugar da escola.

--- As oficinas têm conteúdo lúdico, que é para não conflitar com os ensinamentos que eles recebem na escola --- explica o trainee de Diretor Executivo da fundação, Amauri Rhoden.

Amauri, por sinal, um voluntário desde abril de 2018, que fala com entusiasmo sobre a instituição, e quer que a Casa dos Sonhos seja mais conhecida, e reconhecida, na comunidade em que está inserida. Ele acha que a comunidade dos bairros Rincão da Madalena, principalmente, e Auxiliadora, precisam conhecer o trabalho feito na entidade.

--- Não precisa marcar hora. É só chegar aqui e dizer que quer conhecer a Casa dos Sonhos. Estamos abertos à qualquer pessoa --- diz Amauri, um mestre em Desenvolvimento Regional pela Faccat, ex-financeiro e recursos humanos da Dana até 2009, e professor da Faculdade CNEC, de Gravataí, desde 2008.

 

: Amauri Rhoden, da Fundação Casa dos Sonhos

 

Mais apoio

 

A Casa dos Sonhos está instalada em um terreno de cerca de dois hectares, cedido pela Prefeitura em regime de comodato. A ideia da fundadora, Maria de Paula Mercedes, era que a instituição funcionasse em Porto Alegre. Como os planos não frutificaram na capital, foi aconselhada a tentar Gravataí, onde recebeu até o terreno do então prefeito Daniel Bordignon.

Para custear as despesas, que hoje beiram aos R$ 30 mil, os dirigentes – na maioria ex-funcionários da empresa Dana – contam com doações da empresa em que trabalharam e da GKN, empresa que também produz peças e equipamentos automotivos, ex-Dana, que funciona na capital.

Além das doações dos próprios dirigentes e de outros empresários da cidade. E a Casa do Sonho, conforme Amauri, vai necessitar de mais apoio financeiro em breve. Tanto para expandir e melhorar as instalações quanto para bancar as refeições diárias servidas às crianças, três funcionários, dirigentes e o custo com os cinco oficineiros.

 

Confira o vídeo produzido pelo Seguinte: sobre a Fundação Casa dos Sonhos

 

AS OFICINAS

: Esporte

: Leitura e Expressão

: Informática

: Artesanato

: Cidadania

: Capoeira e Dança

 

Objetivos

 

1.

Minimizar a exposição às situações de risco pessoal e social, bem como contribuir para que se mantenham frequentando a escola e melhorarem seu rendimento escolar.

 

2.

Estimular o respeito mútuo entre usuários da Casa dos Sonhos, oficineiros e funcionários.

 

3.

Reduzir a evasão das crianças e adolescentes no serviço.

 

4.

Contribuir para a melhoria na compreensão leitora dos participantes do projeto.

 

Para saber

 

Na oficina de Leitura e Expressão, de acordo com Amauri Rhoden, as crianças e adolescente têm ensinamentos sobre como se comportarem na sociedade e em família. Também aprendem como devem se expressar, o que envolve leitura e gramática, até para que possam falar corretamente em público ou com as demais pessoas.

Já nas oficinas de Cidadania, os oficineiros transmitem noções sobre regras de convivência na sociedade, para que os participantes tem entendimento do que é estar e participar da vida social, segundo explicou o trainee de Diretor Executivo.

 

Os funcionários

 

Uma assistente social

Um administrador

Uma cozinheira

* O serviço de vigilância do local é feito por uma empresa terceirizada.

 

Muito importante

 

A Casa dos Sonhos fica na rua Frei Galvão, 600, no bairro Rincão da Madalenas, Loteamento Auxiliadora, em Gravataí.

Telefone: (51) 34845274

E-mail: casadossonhos@terra.com.br 

Site: fundacaocasadossonhos.com.br

 

MANTENEDORES       

GKN Driveline, Dana Indústrias, Construtora Ernesto Woebcke S. A., Viemar Indústria Automotiva, Bodycote/Brasimet, Grupo Gerdau, Perto Soluções em Automação, Grupo de doadores individuais

 

PARCEIROS TÉCNICOS

Senai, Parceiros Voluntários, Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho – Portal Social, Associação Rio-Grandense de Fundações/AMRIGS

 

PARCEIROS INSTITUCIONAIS

Prefeitura de Gravataí, Câmara de Vereadores de Gravataí, Brigada Militar, Rotary Farrapos, Secretaria da Justiça e do Desenvolvimento Social do Estado

 

PARCERIAS EM PROJETOS/EVENTOS

Secretaria Municipal de Esportes de Gravataí, Rede Parceria Social: Segurança Alimentar e Projeto Arte Educação, ONG Onda Socioambiental

 

Diretoria

 

CARMEN DA SILVEIRA PICCINI - Presidente do Conselho

IVO FERNANDO NOLL - Diretor Executivo

ROBERTO MOCELINI - Diretor Financeiro

ARLINDO ARDANO DA COSTA - Diretor Administrativo 

AMAURI RHODEN - Trainee para Diretor Executivo

SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
Gráfica e Editora Vale do Gravataí
Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

redacao@seguinte.inf.br

Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.