notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 17/10/2018
pequenas empresas, grandes histórias

Clayton Carvalho aposta na produção da bebida milenar chinesa | GUILHERME KLAMT

O elixir da saúde é de Morungava

por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 24/07/2018 às 15h31| Atualizada em 07/08/2018 às 13h12

Há dois anos, o engenheiro de produção Clayton Carvalho, hoje com 41 anos, resolveu mudar completamente de vida. Deixou para trás a estabilidade do mundo corporativo, onde ocupava um importante cargo na General Electric para a América Latina, no Rio de Janeiro, para empreender na vida saudável. Voltou às origens, no sítio da família, em Morungava, Gravataí, para produzir a kombucha. Daqui, mensalmente, pelo menos quatro mil garrafas da Bá Kombucha, criada por ele, partem para toda a Região Sul do Brasil, além de São Paulo e Rio de Janeiro.

— É um mercado novo para um produto milenar. Assim como todo o cenário dos orgânicos, a perspectiva é de muito crescimento nos próximos anos. Mas, é mais do que isso. Há um caráter também de transformação e educação para mim mesmo nesta nossa produção da kombucha. Além de comercializar o produto, nós participamos de oficinas e propagamos a alimentação e um modo de vida mais saudável. Eu penso que este caminho de busca por uma harmonia maior com a natureza está acontecendo para todos gradualmente — aponta o engenheiro, que é vegetariano.

 

 

Atualmente, cinco pessoas fazem parte da Bá Kombucha, e a capacidade de produção, assegura o empresário, é de 20 mil garrafas mensais. Por ser uma bebida refrigerada, o inverno é o período de baixa, mas os planos para o próximo verão são ousados.

— Temos o nosso "kombucha truck" que, inicialmente, usamos em feiras orgânicas. Nosso plano agora é levar ele para São Paulo, onde tem muito potencial de expansão da marca — diz Clayton Carvalho.

Encontrado em lojas de produtos naturais e feiras orgânicas, com grande aceitação, agora eles entraram em uma fase de testes nos mercados tradicionais. Pelo menos uma rede já fez pedidos, e os esgotou rapidamente. Sinal de que há demanda para esta grande ideia.

 

LEIA TAMBÉM

Na cozinha dos Souza, a tradição de Gravataí

A Pet Sperk nasceu pequena, mas quer ficar grandona

COM VÍDEO | Albrecht Schott, uma lição de vida

 

O que é essa kombucha?

 

A bebida é o resultado da fermentação do chá verde, ou preto, segundo a tradição chinesa, datada ainda de 200 anos antes de Cristo. O conhecimento popular propagou as benefícios do kombucha para a saúde, sobretudo no sistema digestivo.

— É uma bebida probiótica, que atua na limpeza do fígado, por isso é considerada D-Tox — explica Carvalho.

No caso da produção do sítio em Morungava, a planta do chá verde vem do Paraná. Ali, o chá é preparado e passa por sete dias de fermentação. A kombucha é engarrafada, com o acréscimo da saborização (são cinco sabores: goiaba, maçã, uva, tropical e citrus) e o início do segundo processo de fermentação, já nas garrafas long neck ou mini-champanhe. 

A produção comercial começou no início do ano passado, depois de quatro anos de aprendizado. Quando ainda morava no Rio de Janeiro, o engenheiro de produção participou de um curso de alimentação viva, na Fiocruz, e teve o primeiro contato com a kombucha.

 

: Produto começa a ganhar as prateleiras do mercado tradicional | GUILHERME KLAMT

 

— Virei consumidor, mas experimentei muitas receitas que não me agradavam. Comecei a produzir para mim, até que resolvemos fazer disso um negócio. Em 2016, iniciamos a preparação toda e, um ano depois, começou a comercialização — explica.

A Bá Kombucha é certificada como produtora 100% orgânica, e é ainda uma novidade no mercado de produtos naturais, que cresce, em média, 30% ao ano no país.

Para saber mais sobre a empresa, acesse o Bá Kombucha.

SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
Gráfica e Editora Vale do Gravataí
Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

redacao@seguinte.inf.br

Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.