notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 14/11/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    homenagem

    Diretora da Escola e da Faculdade Nossa Senhora dos Anjos, a professora Eunice de Oliveira foi homenageada em Brasília pela dedicação à rede CNEC

    Diretora do Gensa e Facensa foi homenageada em Brasília

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 13/08/2018 às 15h01| Atualizada em 17/08/2018 às 14h03

    A professora Eunice Carolina Ohlweiler de Oliveira, diretora do colégio e da faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos, Gensa e Facensa, respectivamente, de Gravataí, foi uma das homenageadas na quarta-feira da semana passada, dia 8 de agosto, pela Campanha Nacional de Escolas da Comunidade, a CNEC.

    Ela recebeu uma placa durante as comemorações pela passagem dos 75 anos da rede CNEC no Brasil, como uma das diretoras e diretores que se dedicaram – ou ainda se dedicam – à educação Cenecista. As comemorações também envolveram sessão solene na Câmara dos Deputados e almoço festivo.

    De acordo com a professora Eunice de Oliveira, todos que participaram da festa receberam um livro com a biografia do fundador da CNEC, Felipe Tiago Gomes, e a história da Cnec nestes 75 anos. O encerramento dos festejos cenecistas no Planalto Central foi com um culto ecumênico.

    --- Foi um dia de muitas alegrias, emoção e reencontros --- afirmou a educadora.

     

    QUEM É

     

    1

    A professora Eunice de Oliveira é natural de Gravataí, casada com o ex-prefeitro Edir Oliveira e mãe de quatro filhos.

     

    2

    É formada em Pedagogia, em 1980, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-RS), com especialização em Psicopedagogia pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) de Canoas.

     

    3

    Começou a trabalhar na rede municipal de ensino de Gravataí em 1970 e chegou a ser coordenadora do Movimento Brasileiro de Alfabetização, o extinto Mobral, das redes municipal e estadual.

     

    4

    Em 1981 ela assumiu a coordenação técnica da Secretaria Municipal de Educação, onde trabalhou durante os mandatos dos ex-prefeitos Dorival Cândido Luz de Oliveira, no seu segundo mandato, Ely Francisco Corrêa e Abílio Alves dos Santos.

     

    5

    Em 1984 foi convidada para trabalhar como coordenadora pedagógica no ainda Ginásio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos, por isso Gensa até hoje, pela professora Wilma Camargo.

     

    6

    Desde, portanto há  anos, Eunice ocupa o cargo de diretora do Colégio e foi uma das responsáveis pela implantação da Faculdade Cenecista Nossa Senhora dos Anjos, da qual também é a atual diretora.

     

    7

    Ela tem, hoje, sob sua responsabilidade, um quadro de 1.800 alunos entre os presenciais – 1.600 – e os do Ensino a Distância, EAD, quase 80 professores e mais de 200 funcionários, nas duas instituições.

     

    Veja o vídeo com recente entrevista da professora Eunice para o Seguinte:.

     

    LEIA TAMBÉM:

    Eunice de Oliveira, a mulher a frente da faculdade de Gravataí

     

     

     

     

     

    • meio ambiente
      Cobrança pela água do Gravataí pode gerar R$ 9 mi em um ano
      por Eduardo Torres
    • desejo azul
      Gremistas entregam alegria para crianças doentes
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • seu bolso
      OPINIÃO | Silvio Santos é um velho babão
      por Rafael Martinelli
    • cachoeirinha
      Asfalto em 33 ruas é símbolo para governo Miki
      por Rafael Martinelli com assessoria
    • educação
      OPINIÃO | O big brother da escola sem partido em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • história
      A história da Cachoeirinha do primeiro pedágio
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      ‘Jardins do pesadelo’ estão perto do fim?
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      Semana para definir rumos da proteção do Rio Gravataí
      por Eduardo Torres
    • política
      OPINIÃO | 25 nomes para prefeitura de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • polícia
      Jovem executado por engano em hospital era de Cachoeirinha
      por Silvestre Silva Santos
    • vereadores
      Quem leva a presidência da câmara de Gravataí?
      por Rafael Martinelli
    • gravataí
      OPINIÃO | Aumento para os vereadores? Não recomenda-se
      por Rafael Martinelli
    • 2020
      OPINIÃO | A sucessão nas mãos de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    • violência no esporte
      O soco que mudou a vida de Régis
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.