notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 03/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    tragédia da chape

    Filipe Machado com a esposa Aline Penteado Pereira Machado e o filho de Mael, Nicholas

    Mael era mais que um amigo de Filipe, era um irmão

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 30/11/2016 às 17h41| Atualizada em 30/11/2016 às 23h01

    O perfil pessoal de Mael Machado, no Facebook, "bombou" durante quase toda a terça-feira (29/11). Eram muitos amigos, consternados, lamentando que Mael tivesse perdido o irmão, o zagueiro Filipe Machado, na queda do avião que levava a delegacação da Chapecoense para a Colômbia.

    E pipocaram mensagens no telefone celular dele, além de ligações, com a mesma intenção. Sem contar os inúmeros pedidos de entrevista dos chamados grandes órgãos de comunicação do estado.

    --- Bah, cansado! Meu telefone não para. É RBS, Band, SBT... Eu já falei que não vou mais falar. Estou com a cabeça explodindo e trabalhando --- comentou ele, nesta quarta-feira (30/11) com o Seguinte:.

    Todo esse assédio ao professor de educação física na empresa Live Fit Academia, de Gravataí, tem uma razão: ele e Filipe cresceram juntos, e Mael chamava o jogador de irmão. E Felipe ´também o chamava de irmão. Fez isso inclusive quando lamentou o acidente que vitimou o atleta da Chape.

    --- A gente se chamava assim mesmo, de irmão. Praticamente crescemos juntos. Conheci o Filipe quando tinha uns 13 anos --- contou Mael.

     

    No futebol

     

    Nos últimos tempos, com a mudança de Filipe para Chapecó, Mael e ele se encontravam com menos frequência. Mas continuavam falando com regularidade. O último contato telefônico entre ambos foi sábado passado, véspera do jogo contra o Palmeiras, pelo Brasileirão.

    Aliás, Mael e Filipe tinham um gosto comum, o futebol. Filipe se profissionalizou e vinha fazendo uma carreira internacional, com passagem pela zaga de equipes de diversos países. Mael preferiu continuar peladeiro de várzea, no Urucán, de Gravataí.

     

    Festa no Rincão

     

    Mael também participava das festas que Filipe organizava no Rincão da Madalena, onde adquiriu área e construiu um campo para diversão com amigos. Ele, inclusive, esteve no último encontro esportivo, realizado no final de 2014.

    --- Estavam lá os colegas dele (Filipe) da época em que jogava na base do Inter, os irmãos Diego e o Diogo, Renan, Labarte, Saraiva, Vinícius, Alex, Cabeça, Cícero, Riozinho, Leandrão --- contou.

    O professor Mael disse que nestes encontros esportivos não eram cobradas taxas, tipo jogo beneficente com renda para alguma entidade assistencial. Mas revelou que o jogador e a mãe, Desirée, com frequência auxiliavam instituições de caridade do município.

    --- Ele ajudava essas instituições com dinheiro do próprio bolso. Ele e a mãe. As vezes organizava algum evento uma rifa, mas ajudava.

     

    Um baita pai

     

    E qual a lembrança que o amigo guarda de Filipe? Mael não vacila!

    --- Na minha cabeça vai ser sempre um guri alegre, um amigo de todos, sempre brincalhão. E acima de tudo um baita pai e um marido exemplar.

    O que aconteceu com o jogador gravataiense na altura das montanhas dos Andes ainda não foi "processado" por Mael. Ele diz que prefere manter na memória os bons momentos ao lado do amigo e “absorver”, o que aconteceu, devagar.

    --- Não caiu a ficha ainda. Esses mais de 20 anos de amizade foram marcados por momentos muito bons. Foi muita praia, festas, futebol, principalmente foi uma amizade cheia de muito carinho --- comentou.

     

    As fotos abaixo, cedidas por Mael, mostram o último encontro de amigos em jogo de confraternização no Rincão da Madalena, em Gravataí:

     

     

    Câmara Federal

     

    Na sessão plenária de ontem (29/11) o deputado federal Jones Martins (PMDB), fez pronunciamento na Câmara dos Deputados, em Brasília, solidarizando-se com a comunidade de Santa Catarina e os familiares dos que perderam a vida na queda do avião, na Colômbia.

    --- Especialmente à família de Filipe Machado, um menino que jogava na Chapecoense e era da minha cidade, Gravataí, que inclusive estudou na mesma escola em que estudei, a Dom Feliciano.

    Jones classificou Filipe como “um guri” conhecido por muitas pessoas e que era estimado por todos com quem se relacionava.

     

    LEIA TAMBÉM

    Filipe Machado morreu em tragédia com vôo da Chapecoense

    Filipe morreu no dia do aniversário do pai

     

    • app TEU! Ônibus
      Aplicativo permite saber quando Transcal chega na parada
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Gravataí território livre da cloroquina; é fria, prefeito!
      por Rafael Martinelli
    • política
      O post feliz de Dilamar; apoio de Bordignon a Dimas não é
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Estado deixa Gravataí fora de programa de testagem e Prefeitura vai à Justiça; entenda a nova polêmica Marco Alba vs. Eduardo Leite
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Miki solta pitbull em Hospital de Campanha sob suspeita
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí em ’coma’ pela COVID; Mortes crescem 300 por cento e prefeito alerta paradas, interior e Moradas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Governador quer mais mãos para colorir o mapa da COVID; a lógica do ’Decreto-Pilatos’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Dimas e Evandro escorregam na poça d´água da política; mais guardas não é prioridade em uma pandemia
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Vídeo protesto: Associação Comercial faz terraplanismo contra distanciamento social em Cachoeirinha; alerta de cancelamento
      por Rafael Martinelli
    • política
      Em artigo bomba, Marco Alba apela para MDB deixar governo Leite; o ’capitalismo de compadres’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.