notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/08/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna da sônia

    Por complicações cardíacas, Irani Teixeira faleceu nesta madrugada aos 59 anos

    Irani Teixeira foi um comprador de boas brigas

    por Sônia Zanchetta | Publicada em 10/01/2018 às 10h09| Atualizada em 10/01/2018 às 10h31

    Oh, lá se foi o Irani Teixeira...

    Das pessoas que ocuparam cargos no Executivo, desde que vim viver em Cachoeirinha, em 2000, não lembro de muitas outras que tenham realizado um trabalho tão consistente quanto o do Irani.

    Ele foi um baita secretário de Esportes. Eu, que nunca havia me interessado muito por notícias locais dessa área (que se restringiam basicamente ao futebol), de repente me surpreendi acompanhando tudo o que o Irani fazia.

    Sim, ele fez muito pela área de que vinha, o futebol — a começar pela reforma dos campos de vários clubes, que, para serem contemplados, tinham de regularizar sua situação e comprovar a criação de escolinhas — mas não só isto.

    Lembro bem dos seus esforços para diversificar as opções esportivas na cidade, para implantar projetos de esporte de alto rendimento, de suas articulações para trazer o Cruzeiro a Cachoeirinha, da Olimpíada Infantil, que realizava por meio de uma parceria efetiva com a Smed...

    Segunda-feira, estive no prédio em que funciona, atualmente, a Secretaria de Assistência Social, e lembrei de como era descuidado aquele local até que o Irani passou por ali, quando a Secretaria de Esportes o ocupou. Com ele, não havia meio termo. Tudo tinha de ser feito da melhor forma possível e de verdade.

    Não, ele não tinha um temperamento fácil. Vindo de uma área em que todos os dias é preciso apresentar resultados, era clara sua falta de paciência com a perda de tempo, com a improvisação e com a enrolação que muitas vezes fazem parte do jogo político.

    Um dia, o Irani embestou de me levar para seus partido, o PC do B, e quando falei que não tinha interesse, pois nunca havia sido comunista, ele argumentou, com aquele seu jeito meio tosco de demonstrar carinho: "Pô, Sônia, como assim não és comunista? Tu não te deste conta até agora, mas este partido é a tua cara!".

    Na Câmara de Vereadores, ele comprou inúmeras brigas, e muitas vezes não estive de acordo com a forma como expressava sua indignação. Mas, cá entre nós, na maioria delas eu me senti representada, pois também estava indignada com o que as havia motivado.

    Uma pena que esse guri não tenha cuidado a tempo do seu coraçãozinho, que já estava dando sinais de alerta...

     

    • esporte
      Estreia do Cerâmica é adiada em uma semana
      por Eduardo Torres
    • saúde pública
      O que mudou, e vai mudar, no Dom João Becker com Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • caso da maconha
      OPINIÃO | Mário Peres, entre a polícia, a câmara e a facção
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Juliano Paz aposta nas lives para falar com eleitor
      por Eduardo Torres
    • entrevista
      Dinheiro tirou Rosane Bordignon da eleição
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Testamos o carro elétrico da GM
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt e Divulgação/GM
    • tá na mesa
      O dia em Marco Alba contestou Caetano e Roberto Carlos
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Rosane Bordignon decide não concorrer
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      O Rio Gravataí é a sala de aula
      por Eduardo Torres
    • nota oficial
      Partido do vereador apoia investigação em caso da maconha
      por Rafael Martinelli
    • delegado confirma
      Vereador será investigado no caso da maconha
      por Rafael Martinelli
    • suspeita
      Saul Sastre é investigado por fraude no Daer
      por Eduardo Torres
    • operação
      Vereador diz que alugava prédio da meia tonelada de maconha
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Juliano Paz, um pé em Gravataí, outro em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • homenagem
      Diretora do Gensa e Facensa recebeu placa em Brasília
      por Silvestre Silva Santos
    • homenagem
      Denise, a Medonha, vai virar nome de biblioteca
      por Eduardo Torres
    • personagens
      COM VÍDEO | O caçador que abraçou um rio
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • coluna do silvestre
      Quem comprou o terreno do prédio mais alto
      por Silvestre Silva Santos
    • eleições 2018
      10 coisas sobre a foto que mexeu com a política local
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      OPINIÃO | Bagunça na Freeway, com Justiça & tudo
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O plano que vai definir a cobrança por uso da água do Gravataí
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.