notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/10/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do dienstmann

    O álbum de figurinhas e o sonho da bicicleta

    por Cláudio Dienstmann | Publicada em 23/12/2017 às 21h26| Atualizada em 24/12/2017 às 12h25

    “Existe o sonho possível e o sonho em que os outros não acreditam” (Ivo Wortmann, técnico).

    “Eu durmo, como e sonho futebol: para mim ele é igual a música – não consigo ouvi-la, mas percebo as suas vibrações e então a sinto (Athiel Mbaha, goleiro da Namíbia – surdo desde os sete anos).

     

    Muita criança nunca teve uma bicicleta, não tem e jamais terá. Muito adulto lembra com mágoa que na infância não teve bicicleta. Agora no Natal, o presente mais pedido pelas crianças nas cartinhas ao Papai Noel dos correios, por exemplo, é ela: muito na frente de brinquedos, roupas, calçados, material escolar, está a bicicleta.

    O adulto que era criança em 1957 sonhou na época que poderia ganhar uma. O jeito era um álbum de figurinhas de futebol, “Balas Coleção”, 20 times, 11 jogadores de cada um, todos do Rio e São Paulo, os gaúchos pareciam não existir: Fluminense, Vasco, Flamengo, Botafogo, América, Bangu, Canto do Rio, Bonsucesso, Santos, Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Portuguesa, São Bento, 15 de Piracicaba, Taubaté, Ferroviária, Guarani de Campinas, Noroeste, Juventus.

    Faz muito tempo. Telê Santana era ponteiro recuado do Fluminense, Evaristo de Macedo meia do Flamengo, Pelé ainda não aparecia nas figurinhas do Santos, o Canto do Rio de Niterói jogava o campeonato carioca. A bala era horrorosa, enjoativa, puro açúcar com farinha, embrulhada em papel vagabundo – e cada uma com um jogador. Uns dez vinham carimbados, os mais difíceis: o número 126 Alfredo do São Paulo, 137 Brandãozinho da Portuguesa, 87 Edil do Bonsucesso...

    O menino trabalhou, capinou, plantou pasto, varreu, cuidou de galinhas e vacas e porcos de vizinhos, criou um peru para vender; juntou todas as moedas que conseguiu, economizou, comprou um monte daquela bala ruim, colou as figurinhas no álbum com clara de ovo. Para ganhar a bicicleta tinha que completar os 220 jogadores, faltando um levava uma bola de futebol, faltando dois uma joelheira de goleiro, e faltando de três a dez concorria no sorteio de uma geladeira.

    O final vocês já adivinharam: não deu pro menino! Ele batalhou, sonhou, sofreu, não dormiu, chorou pensando na bicicleta. Conseguiu juntar 196 das 220 figurinhas, faltaram 24. O álbum está com ele, exatos e longos 60 anos depois, como uma testemunha e um velho companheiro.

    Tomara que você ganhe a sua bicicleta nesta noite de domingo dia 24. Ou consiga dar uma a uma criança.

    Feliz Natal!

     

     

    Agenda histórica do futebol gaúcho na semana

     

    24.12, domingo

    1981 –  Dunga, 18 anos, meio-campo do Inter, confirma ter recebido proposta do Grêmio

     

    25.12, segunda-feira

    1932 – Grêmio bi gaúcho pela segunda vez, 5x1 Pelotas, Baixada

    1983 – Ex-atacante do Cerâmica e governador do Rio Grande do Sul, Jair Soares, joga aos 50 anos no Trianon, contra o Sindicato dos Atletas, no Beira-Rio

     

    26.12, terça-feira

    1996 – Luiz Carlos “Cacalo” Silveira Martins presidente do Grêmio

     

    27.12, quarta-feira

    1931 – Grêmio campeão gaúcho, 3x0 Guarani de Alegrete, Baixada

    1944 – Ponteiro-direito Tesourinha e meio-campo Ávila do Inter convocados para seleção brasileira

     

    28.12, quinta-feira

    1973 – Inter contrata técnico Rubens Minelli e é bicampeão brasileiro em 1975 e 1976

     

    29.12, sexta-feira

    2000 – Grêmio contrata técnico Tite, do Caxias, campeão gaúcho, e é tetra da Copa Brasil em 2001

     

    30.12, sábado

    1971 – Grêmio renova contrato com Oto Glória, técnico mais bem pago do Brasil: C$12 mil mensais – 2.200 dólares na época –, C$45 mil de luvas, gratificação por vitórias e empates, duas passagens aéreas ida e volta ao Rio por mês, tudo livre de imposto de renda 

     

    • eleições 2018
      OPINIÃO | Gravataí ’endireitou’ entre 2014 e 2018
      por Rafael Martinelli
    • caso eduarda
      Divulgado retrato falado de suspeito da morte de menina
      por Eduardo Torres
    • cultura & arte
      Festival de Folclore teve nove grupos
      por Da redação
    • violência
      Quem matou a pequena Eduarda?
      por Eduardo Torres
    • opinião
      OPINIÃO | Em Gravataí, todos arriscam perder, menos um
      por Rafael Martinelli
    • pequenas empresas, grandes histórias
      Hangar, a pioneira do som
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • operação solidária
      TRF4 absolve Marco Alba por unanimidade
      por Rafael Martinelli com TRF4
    • solidariedade
      COM VÍDEO | Diogo luta contra síndrome rara
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Como entendi nota das Irmãs do Dom Feliciano sobre eleições
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Como ficou a duplicação da Centenário
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Gravataí virou ’cidade-dormitório de votos’
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Educação para o trânsito também fora da aula
      por Eduardo Torres
    • obras
      Plano de Marco prevê pontes e mais de 30 ruas até 2020
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.