notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 18/11/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    o cara é fera

    Um youtuber que vale por uma escola inteira

    por Andreo Fischer | Publicada em 26/06/2017 às 21h04| Atualizada em 26/06/2017 às 21h16

    : O meu entrevistado Alan, técnico de manutenção de computadores e impressoras

     

    Olá, leitor do Seguinte:!
    Nesta semana resolvemos trazer uma entrevista aqui de um cara que além de entender de manutenção de computadores e impressoras, também compartilha seu conhecimento de forma gratuita através da plataforma de vídeos YouTube, onde seu canal é conhecido por InkMania.

    O técnico de manutenção de computadores e impressoras (e outros aparelhos também!) é o Alan Viotto, 37 anos e ele trabalha em Várzea Paulista/SP.

    Este colunista que vos escreve por exemplo, aprendeu com o Alan uma utilidade para um spray limpa contatos na informática, que é um produto usado para instalações elétricas, mas é possível usar esse spray na limpeza de slots de memória RAM, por exemplo. Aliás, essa difusão de conhecimentos no YouTube é muito comum “vinda de cima” mas poderia ter mais canais aqui do RS tratando sobre tutoriais de tecnologia, mas enfim né, quem sabe a gauchada veja isso um dia.

     

    Dois vídeos de Alan

     

    Dicas para alavancar seu negócio e atingir seus objetivos 

     


     

     

    Seu computador está lento? Entenda e aprenda como consertar - Curso de Hardware


     
     

    Agora, voltando ao assunto da nossa entrevista veja o que o Alan tem a dizer:

     

    Quem és?

    Alan Viotto, 37 anos, Várzea Paulista/SP

     

    Como surgiu a ideia de trabalhar com tecnologia?

    Desde criança sempre tive paixão por coisas eletrônicas e games. Aos três anos, eu já consertava coisas como liquidificador e meus brinquedinhos a pilha. Em 1994 com 14 anos fiz curso de mecânica de carros pois também gostava. Mas um ano depois, surgiram os computadores e então ganhei meu primeiro IBM PC e fiz um curso de informática. Mas foi em 1999 foi lançado um curso de manutenção em computadores no Senai de Jundiaí e não pensei duas vezes em fazer ele. Terminando o curso, consegui um emprego em uma loja de informática onde eu fazia muito bem meu trabalho, mas fui despedido dois meses depois porque pedi aumento de salário, que na época eu ganhava R$ 350. Desde então, tecnologia corre em minhas veias, e não para mais (risos).


    E sobre ter um canal no YouTube?

    Sempre gostei de ajudar as pessoas, ensinar as pessoas a fazerem as coisas que elas não conseguem. Então como eu recarregava cartuchos de tinta para impressoras, resolvi fazer dois vídeos ensinando como abrir um cartucho usando uma lâmina de estilete e como aumentar a capacidade do cartucho da HP, e postei no YouTube nomeando o canal como Ink Mania. Mas não voltei mais a acessar meu canal. Em 2014 fui acessar meu canal Ink Mania porque lembrei que tinha postado dois vídeos, e dai eles estavam com quase 100 mil visualizações e mais de 2 mil inscritos. Então partir daí, vi que poderia ser algo promissor para o futuro e comecei a postar vídeos por hobby. Hoje estou chegando a 100 mil inscritos.

     

    Você não ensina só a consertar computadores. Ensina também a arrumar outras coisas como por exemplo, impressoras.

    Eu ensino a reparar computadores, notebooks, as vezes celular, arrumar impressoras jato de tinta, dou dicas de como aumentar a renda. Ensino como ganhar dinheiro em casa com impressões, computadores, carimbos, sublimação e várias outras coisas. Em julho lançarei um curso ensinando como ganhar dinheiro em casa usando um computador e uma impressora e vou dar dicas desde usar softwares até criar vídeos com celular pra divulgar e fazer trabalhos de impressões para festas, casamentos entre outros.

     

    O que te move a ensinar de graça na internet um serviço que você cobra na sua loja?

    A satisfação de saber que ajudei alguém em qualquer lugar do mundo a arrumar seu próprio equipamento economizando dinheiro. Ver nos comentários pessoas que adoram meu trabalho e falando que ensino muito bem. Isso é o que me move a trazer cada vez mais soluções de graça.

     

    Você recebe na sua loja algum cliente que te viu no YouTube?

    Algumas vezes, pois meu trabalho principal hoje é ser produtor de vídeos para YouTube e curso online. Mas se eu estivesse trabalhando com esse serviço, teria muitas visitas em meu escritório. Todos os dias inscritos me pedem endereço para trazer equipamentos para que eu possa arrumar pra eles, pois passo muita confiança e honestidade no canal.

     

    Você já trabalhou em alguma empresa? Não deu certo?

    Já trabalhei sim em uma loja de informática, mas sempre gostei de atender bem o publico e muito cedo pude observar que pra conseguir ganhar bastante dinheiro nessas áreas de serviço, o ideal é ser dono do próprio negócio. Resumindo, não deu certo trabalhar pros outros. Gosto mais de eu mesmo gerenciar a ser gerenciado.

     

    Como você lida com o assédio? Algum morador da sua cidade te reconhece?

    Olha, inicialmente é gratificante ver que alguém me reconhece mas lido muito bem e pergunto qual vídeo viu, quanto tempo me segue e se é inscrito. Em minha cidade já fui abordado algumas vezes quando parava o carro no semáforo fechado.

     

    Você sabe de alguém que “salvou” graças a seus tutoriais do InkMania?

    Sim, conheço. Muitos me dão feedback no próprio canal e no Facebook. Recentemente fui muito agradecido por um inscrito e fã do meu trabalho quando eu estava em um evento em São Paulo (Afiliados Brasil, um congresso de marketing) e ele me disse ter salvo o trabalho urgente da mulher dele pois com meu vídeo ele pôde arrumar a impressora dela (risos).

     

    Falando em InkMania, “Ink” tem relação com impressora. Você só trabalhava com elas antes?

    Então, meu foco sempre foi computadores e redes, mas eu também arrumava impressoras jato de tinta e recarregava muito cartuchos dessas impressoras. Então Ink foi dos cartuchos e Mania é a mania de fazer tudo acontecer .

     

    Um recado pra galera quem quer seguir nesse ramo da informática.

    Todos os segmentos de negócios dão muito dinheiro e também pouco dinheiro. Ser técnico de informática dá um bom dinheiro então atenda bem, seja honesto, cobre o quanto vale seu serviço, inove e seja diferente de seus concorrentes, atenda as pessoas e empresas no endereço deles, isso aumenta muito serviço, e claro… faça sempre um vídeo de cada PC que for arrumar e poste numa página do seu Facebook, mostrar em vídeo o quanto você é profissional atrai as pessoas e elas indicam para outras.

     

    SAIBA MAIS

    Alan Viotto

    • mais médicos
      Saída de médicos cubanos preocupa prefeitura
      por Rafael Martinelli
    • pequenas empresas, grandes histórias
      COM VÍDEO | Lentes que retratam vidas
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • saúde
      Frente de prefeitos reage a saída de médicos cubanos
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Hoje até vereador comemora médicos indo embora
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Todo sábado é dia para adotar um pet na Sperk
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • meio ambiente
      COM VÍDEO | A nossa lista vermelha da extinção
      por Eduardo Torres
    • trânsito
      Fim da tranqueira no trânsito está mais próximo
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Saída de médicos cubanos é desastre para Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2020
      OPINIÃO | Não façam Bordignon ’Miss Colômbia’ outra vez
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      Cobrança pela água do Gravataí pode gerar R$ 9 mi em um ano
      por Eduardo Torres
    • desejo azul
      Gremistas entregam alegria para crianças doentes
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • seu bolso
      OPINIÃO | Silvio Santos é um velho babão
      por Rafael Martinelli
    • cachoeirinha
      Asfalto em 33 ruas é símbolo para governo Miki
      por Rafael Martinelli com assessoria
    • educação
      OPINIÃO | O big brother da escola sem partido em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • história
      A história da Cachoeirinha do primeiro pedágio
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      ‘Jardins do pesadelo’ estão perto do fim?
      por Silvestre Silva Santos
    • política
      OPINIÃO | 25 nomes para prefeitura de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • polícia
      Jovem executado por engano em hospital era de Cachoeirinha
      por Silvestre Silva Santos
    • vereadores
      Quem leva a presidência da câmara de Gravataí?
      por Rafael Martinelli
    • efeito cascata
      OPINIÃO | Vereadores, não aumentem os salários
      por Rafael Martinelli
    • 2020
      OPINIÃO | A sucessão nas mãos de Marco Alba
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.