notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 25/05/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Concessionária CCR ViaSul assumiu e começou a trabalha ra Freeway e mais três estradas federais em território gaúcho em fevereiro do ano passado.

    Um ano de CCR no estado: o que mudou na Freeway e nas outras estradas concedidas

    por Silvestre Silva Santos com assessoria | Publicada em 21/02/2020 às 14h59| Atualizada em 26/02/2020 às 18h55

    Em 15 de fevereiro de 2019 a empresa CCR ViaSul assumiu a administração de quatro trechos rodoviários no Rio Grande do Sul: as BR-101, BR-290, BR-386 e BR-448, por meio do programa de concessões federais, promovido pelo Ministério da Infraestrutura.

    Neste primeiro ano da concessão a empresa promoveu o que define como “uma transformação” nos 473,4 quilômetros dessas rodovias. E assegura que também contribuiu para com o desenvolvimento socioeconômico dos 36 municípios “tocados” pelo programa, que é por onde passam as estradas concedidas.

    Um dos grandes desafios do período segundo análise feita pela própria CCR foi restabelecer as condições de trafegabilidade e segurança desses trechos com os trabalhos iniciais, previstos contratualmente.

     

    O que foi feito

     

    Com investimentos de R$ 350 milhões, os serviços contemplaram:

    - recuperação do pavimento

    - implantação e renovação das placas de sinalização vertical

    - pintura da sinalização horizontal - faixas e tachas refletivas

    - limpeza das vias com capina, roçada e retirada de lixo

    - recomposição do sistema de drenagem

    - recomposição do sistema de segurança

    - revitalização da iluminação

     

    Serviços 24 horas

     

    A CCR ViaSul também fez a implementação da prestação de serviço 24 horas:

    - atendimento pré-hospitalar

    - serviço de socorro e resgate

    - atendimento com UTIs móveis

    - atendimento mecânico com guinchos leves e pesados

    - inspeção permanente de tráfego

    - rotina de conservação e manutenção

    - canal 0800 000 0290 para informações e emergências

     

    CARA NOVA

     

    Preparar a BR-290 – a Freeway -, para o verão foi um dos compromissos imediatos no primeiro ano de concessão da CRR em território gaúcho. A rodovia é a principal rota que liga Porto Alegre ao Litoral Norte do estado e às praias de Santa Catarina, além de ser o elo da capital com Região Metropolitana.

    As frentes de revitalização de pavimento, sinalização vertical e horizontal, de iluminação nos trechos urbanos, além dos serviços de capina e roçada, trabalharam forte nos 98,1 quilômetros entre Osório e Porto Alegre. Outro desafio foi a aplicação de medidas para melhorar o fluxo nos períodos de maior concentração de veículos.

    Uma das ações é a operação de uso do acostamento como faixa adicional de Gravataí a Osório, realizada em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal, na ida e retorno das praias. Para agilizar a cobrança da tarifa e a passagem pelos pedágios, colocou em prática a operação papa-fila, que antecipa o pagamento das tarifas aos colaboradores.

     

    Importante

     

    A CCR ViaSul é responsável também pela operação do vão móvel da ponte do Guaíba, que teve seu pavimento reconstruído e sistema de içamento revitalizado.

     

    Outras estradas

     

    BR-386

    Conhecida como a Rodovia da Produção, a BR-386 é responsável pelo escoamento de grande parte da carga que circula pela malha rodoviária do Estado, de Carazinho a Canoas, e passou por uma verdadeira transformação desde a chegada da CCR ViaSul.

    Os 265,8 quilômetros concedidos exigiram os maiores investimentos e esforços das equipes de trabalho da concessionária.

    Somente nesse trecho foram aplicadas mais de 184 mil toneladas de massa asfáltica (7,6 mil caminhões), 74% da produção utilizada em todo o trecho. Foram implantadas 7,6 mil novas placas e nova sinalização horizontal em 150 mil metros quadrados da rodovia.

     

    BR-101

    No trecho gaúcho da BR-101, entre Osório e Torres – na divisa com Santa Catarina, que pela primeira é contemplado com os serviços de uma concessionária, as melhorias também são perceptíveis.

    Além da recuperação da malha asfáltica ao longo dos 87,9 quilômetros, da revitalização das sinalizações horizontal e vertical e serviços de conservação, foi realizada, ainda, a recuperação da iluminação em todo o Túnel Morro Alto,

    No túnel, localizado entre os quilômetros 67 e 69, no município de Maquiné, aproximadamente 2,2 mil luminárias foram substituídas por LED, e o sistema de segurança foi revitalizado, bem como os jatos ventiladores e sensores de fumaça.

     

    BR-448

    Conhecida como Rodovia do Parque, e um dos trechos mais prejudicados com os problemas de cabos, o cabeamento aéreo foi implantado ao longo dos 21,6 quilômetros.

    Trata-se de aspecto importante voltado à segurança dos usuários das rodovias a questão da iluminação. Neste primeiro ano, a CCR ViaSul recuperou a iluminação em todo o trecho urbano, com 100% das luminárias substituídas por LED (6,6 mil)

     

    EM NÚMEROS

     

    Aplicadas 249.078 toneladas de massa asfáltica (8.787 caminhões)

    88 ciclos dos serviços de capina e roçada

    11.8 mil novas placas de sinalização

    337 mil metros quadrados de sinalização horizontal (pintura)

    2.880 metros cúbicos de lixo recolhido (240 cargas de caminhão)

    139,4 quilômetros de cabeamento aéreo e substituição de 6,6 mil luminárias

    190 mil metros de novas cercas

    Limpeza e desobstrução de 5 mil dispositivos

    Implantação de 14.656 metros quadrados de telas antiofuscantes nas BR-101 e BR-386

    3.040 metros de novas defensas metálicas

     

     

    O diferencial

     

    Além dos trabalhos que garantem mais conforto e segurança às rodovias, um dos serviços mais valorizados pelos usuários da concessão é o socorro médico e mecânico 24 horas, disponível em todas as rodovias administradas pela CCR ViaSul.

    Para acionar os serviços de emergência, os usuários têm à disposição o canal 0800 000 0290.

    Neste primeiro ano foram realizados 60,4 mil atendimentos e a importância dessas equipes pode ser traduzida em números: aproximadamente 88 pessoas, por dia, receberam assistência relacionada a algum problema mecânico, média de quase quatro a cada hora.

    Atualmente, são 270 profissionais voltados à operação em todo o trecho, mobilizando 58 veículos operacionais.

     

    Benefícios regionais

     

    1

    Ao investir no desenvolvimento em infraestrutura, por meio das melhorias nas estradas, na prestação de serviços e ações de educação e segurança viária, o programa de concessão também beneficia as regiões por onde passa, contribuindo com o progresso do Rio Grande do Sul.

     

    2

    A geração de empregos é um ponto que merece ser destacado neste período. Desde sua chegada ao Rio Grande do Sul, a concessionária CCR ViaSul prioriza a contratação de mão-de-obra local em todas as frentes de trabalho e, nesse período, foram criados 1,3 mil empregos diretos.

     

    3

    Além disso, os municípios da área de cobertura da concessão também recebem repasse direto do Imposto sobre Serviços (ISS). De fevereiro de 2019 a janeiro de 2020 foram repassados R$ 16,211 milhões, sendo R$ 9,099 milhões da receita de pedágio para os seis municípios contemplados pela BR-290 (Freeway) e outros R$ 7,112 milhões em obras e serviços para todas as 36 cidades.

     

    4

    Para se ter uma ideia da importância no caixa dos municípios, o repasse de ISS da receita de pedágio chega a representar 40% do total do imposto recolhido em Santo Antônio da Patrulha.

     

    O compromisso

     

    Para o diretor-presidente da CCR ViaSul, Fausto Camilotti, muito mais que cumprir obrigações contratuais, a CCR ViaSul tem um compromisso com a sociedade gaúcha.

    --- Este foi o primeiro grande degrau que superamos dos 29 que temos pela frente. E nosso objetivo é buscar, constantemente, a excelência na prestação dos nossos serviços, oferecendo aos nossos usuários cada vez mais conforto, segurança e fluidez, premissas garantidas pela expertise e padrão do Grupo CCR --- garante ele.

     

     

     

     

     

     

     

    • crise do coronavírus
      Gravataí não volta às aulas em junho; alerto para o ’apartheid escolar’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      5 profissionais da UPA de Gravataí tem COVID; é o ’novo normal’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Em nota, vereador de Gravataí reage à ’denúncia das fake news’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Governo federal não mandou respiradores para Gravataí; o ’plano B’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      A reinvenção do comércio de Gravataí; o exemplo do Doug
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Áudio de vereador está no Ministério Público em ’denúncia das fake news’; ouça
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Profissionais da UPA são testados para COVID 19; Gravataí tem 50 casos
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha supera Porto Alegre em incidência da COVID; um dia de 23 confirmações
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Cristiano Abreu | EDITOR | cristiano@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.