notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/02/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Nova data para tentar vender o terreno de 23 hectares do Parque de Eventos de Gravataí ainda não está fixada, segundo a administração municipal.

    Ninguém quis comprar o Parque de Eventos Ireno Michels

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 07/01/2020 às 18h18| Atualizada em 13/01/2020 às 17h47

    Não houve interessado. O mercado considerou o preço inicial fixado para venda do Parque de Eventos Ireno Michels, de R$ 14 milhões, muito alto. A área, onde até o ano passado acontecia o Rodeio Internacional do Mercosul de Gravataí, entre outros eventos, foi a pregão no dia 20 passado, como foi noticiado pelo Seguinte:.

    Mas não foi vendido.

    Os possíveis interessados que o diretor-presidente da Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMMA), Luiz Zaffalon, disse que havia, não apareceram para apresentarem lances visando adquirir o terreno de 23 hectares localizados na estrada Passo do Hilário, ou rua Otávio Schemes, com a entrada principal a cerca de 100 metros da RS-118.

    De acordo com o secretário municipal de Administração, Modernização e Transparência da prefeitura de Gravataí, Alexsandro Lima Vieira, é provável que uma nova data seja marcada para uma outra tentativa de vender o imóvel.

    Ele destacou que não há, entretanto, como reduzir o preço inicial, e que se algo for mudado para despertar interesse entre o empresariado-investidor deve ser a condição de pagamento, talvez com prazo mais dilatado.

    Reduzir o preço, nem pensar.

    --- Não se trata de leilão. É uma concorrência e, por isso, não há como reduzir o valor. O que podem mudar são as condições de pagamento --- disse o secretário Vieira, ao colunista.

    O diretor-presidente da FMMA, Zaffalon, lamentou a inexistência de lances para a compra do Ireno Michels.

    --- Saiu (o pregão) e não apareceu lance. O mercado achou muito caro --- explicou.

     

    LEIA TAMBÉM

    Por quanto o Parque de Eventos de Gravataí será leiloado

     

    PARA SABER

     

    1

    O terreno do Parque de Eventos de Gravataí tem o acesso principal pela estrada Passo do Hilário, ou rua Otávio Schemes. Em um lado tem os muros do loteamento Alphaville, em outro a área onde está sendo construído o Stock Center (atacadão da Comercial Zaffari, de Passo Fundo), e “nas costas” uma área verde que o separa do bairro Neópolis.

     

    2

    No total são 23 hectares de área verde e umas poucas edificações voltadas principalmente à realização dos eventos gauchescos – algumas já abandonadas e sendo desmanchadas – onde fica a cancha do tiro de laço e das gineteadas, principais provas do Rodeio do Mercosul.

     

    3

    A propriedade é da Prefeitura de Gravataí e o lance inicial, de acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal do Meio Ambiente (FMMA), Luiz Zaffalon, foi fixado R$ 14 milhões. Uma nova tentativa de venda ainda não tem data definida.

     

     

     

     

     

    • coluna do silvestre
      SPA urbano quer abrir franquias na região
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      Previdência custará 6 vezes mais que financiamentos de Gravataí; a conta de Davi
      por Rafael Martinelli
    • 3º Neurônio | tecnologia
      Como apagar dados pessoais que não deveriam estar na rede
      por Isabel Rubio | El País
    • opinião
      Os candidatos do Maroni em Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Às portas da ditadura; do ’vilão de estimação’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Anabel e ’Os Homens Que Não Amavam As Mulheres’
      por Rafael Martinelli
    • obras
      Inaugurada nova iluminação de trecho municipalizado da ERS-020
      por Redação
    • opinião
      João Paulo candidato a prefeito de Cachoeirinha pelo PP; os 38 investigados na Lava Jato
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      ’Creche de Jornal Nacional’ abriu; a razoabilidade na crítica
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Mais de 150 mil veículos vão para as praias
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      As CPIs ’napoleão de hospício’ de Cachoeirinha; entendo Groucho
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Não tem Jesus para crise dos médicos em Gravataí; nem arminha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      ’Trolador da Globo’ faz vídeos para Anabel em Gravataí; a esquerda vive
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Acordo do Mato do Júlio é bom negócio; Greta Thunberg fica para amanhã
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.