notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 23/02/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    CCR ViaSul começou nesta segunda-feira a oferecer os mesmos serviços que presta aos usuários da Freeway em mais três estradas federais que estão sob sua responsabilidade no estado

    Concessionária da Freeway assume mais três estradas

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 12/08/2019 às 15h22| Atualizada em 15/08/2019 às 17h20

    Desde as 7h desta segunda-feira (12/8) os usuários dos trechos concedidos das rodovias BR-101, BR-386 e BR-448 contam com os serviços de atendimento da empresa CCR ViaSul, que assumiu como concessionária também destas rodovias – o trecho da Freeway já conta com esta estrutura desde fevereiro deste ano.

    O Grupo CCR venceu o leilão para administrar quatro trechos de estradas federais no Rio Grande do Sul no começo de novembro do ano passado, assinou o contrato com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) dia 11 de janeiro e assumiu de fato à 0h do dia 15 de fevereiro.

    Com isso, além da manutenção da pavimentação, a concessionária assumiu o encargo da prestação de serviços 24 horas por dia, como atendimento médico e mecânico, inspeção permanente de tráfego e o canal de comunicação para emergências e informações – o Disque CCR ViaSul 0800 000 0290.

    Todos os serviços estão interligados ao Centro de Controle Operacional que administra estes recursos e encaminha apoio e atendimento nas situações de maior necessidade, através dos serviços de guincho para veículos em pane mecânica e de socorro médico, além da limpeza e conservação das vias.

    Para colocar a prestação de serviços em atividade, há meses a concessionária vem preparando, treinando e equipando todos os recursos operacionais necessários para oferecer aos usuários desses trechos, como já acontece na Freeway, melhores condições de segurança, conforto e fluidez. 

     

    Estrutura

     

    1

    São 37 novos veículos voltados ao atendimento nos 375 quilômetros dessas três rodovias.

     

    2

    No total, são 11 bases operacionais, onde ficam os veículos e equipes de Serviços de Atendimento ao Usuário (SAU), facilitando a interação com os usuários.

     

    3

    Além disso, foram contratados 207 novos colaboradores para atuar no tráfego e atendimento nesses locais.

     

    AS RODOVIAS

     

    BR-290 – Freeway – Com serviços ativados a 0h do dia 15 de fevereiro deste ano.

    BR-448 – Rodovia do Parque

    BR-386 – Estrada da Produção

    BR-101 – Osório à divisa com Santa Catarina

     

    O gestor

     

    Conforme o gestor de Atendimento e Operações da CCR ViaSul, Fausto Camilotti, “é uma satisfação” para a empresa proporcionar melhores condições de segurança e conforto nesta nova etapa de trabalho no Rio Grande do Sul, em que os motoristas de mais três rodovias terão a prestação  de serviços durante as 24 horas do dia.

    --- A assistência mecânica evita acidentes, promove conforto e rapidez nos deslocamentos, especialmente em momentos inusitados, quando o veículo apresenta alguma pane no decorrer do trajeto. Nas situações mais graves os recursos médicos tornam-se de vital importância, aumentando as possibilidades de sobrevivência dos usuários --- destacou.

     

    Operacional

     

    Os usuários do trecho concedido da BR-101 contam com oito veículos operacionais, sendo uma ambulância de atendimento pré-hospitalar, uma UTI, três guinchos leves, um guincho pesado e dois veículos de inspeção de tráfego.

    Já na BR-386 são 29 veículos, sendo seis ambulâncias de atendimento pré-hospitalar, duas UTIs, sete guinchos leves, dois guinchos pesados, sete veículos de inspeção de tráfego, dois caminhões-pipa, dois caminhões boiadeiro e um caminhão munck.

    As bases operacionais e SAUs estão localizados, na BR 101, nos quilômetros 13 (sentido Osório) e 33 (sentido Torres) em Três Cachoeiras, no quilômetro 51 em Terra de Areia (sentido Torres) e no quilômetros 82,5 (sentido Torres) em Maquiné.

    Na BR 386, as sete estruturas estão distribuídas em Nova Santa Rita, quilômetro 432 (sentido Canoas); Paverama, quilômetro 373 (sentido Canoas); Lajeado, quilômetro 347 (sentido Carazinho); Pouso Novo, quilômetro 300 (sentido Canoas); Fontoura Xavier, quilômetro 268 (sentido Carazinho); Soledade, quilômetro 246 (sentido Carazinho) e Victor Graeff, quilômetro 190 (sentido Carazinho).

     

    ATENÇÃO

     

    Na BR-448 as necessidades dos motoristas e demais usuários serão atendidas pelos recursos mais próximos, disponíveis nas BR-290 e BR-386.

     

    Mais recursos

     

    A concessionária destaca, ainda, que as rodovias 101, 290 e 386 também contam, a partir desta segunda-feira, com painéis de mensagens variáveis móveis, equipamentos que oferecem aos usuários nas rodovias informação instantânea e atualizada sobre as condições de tráfego no trecho.

     

    LEIA TAMBÉM:

    A garantia de que o pedágio vai mudar de lugar em Gravataí

    CCR ViaSul apresenta projeto das alças de acesso à Freeway

    O balanço de um mês da nova ’dona da Freeway’

    COM VÍDEO | Tudo sobre CCR e Freeway uma semana depois da volta do pedágio

     

     

     

     

     

     

     

    • coluna do silvestre
      Um ano de CCR no estado: o que mudou nas BRs
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      Zaffa foi o vip de Marco Alba na festa da GM; o preferido
      por Rafael Martinelli
    • 3º Neurônio | opinião
      Conivência com o racismo, uma regra não escrita do futebol
      por Breiller Pires | El País
    • opinião
      Gravataí confirma reajuste automático no piso do magistério; saiba como fica
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      SPA urbano quer abrir franquias na região
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      O que próximo governo pagará por financiamentos em Gravataí; a conta de Davi
      por Rafael Martinelli
    • 3º Neurônio | tecnologia
      Como apagar dados pessoais que não deveriam estar na rede
      por Isabel Rubio | El País
    • opinião
      Os candidatos do Maroni em Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Às portas da ditadura; do ’vilão de estimação’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Anabel e ’Os Homens Que Não Amavam As Mulheres’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      João Paulo candidato a prefeito de Cachoeirinha pelo PP; os 38 investigados na Lava Jato
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      ’Creche de Jornal Nacional’ abriu; a razoabilidade na crítica
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Mais de 150 mil veículos vão para as praias
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      As CPIs ’napoleão de hospício’ de Cachoeirinha; entendo Groucho
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Não tem Jesus para crise dos médicos em Gravataí; nem arminha
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      ’Trolador da Globo’ faz vídeos para Anabel em Gravataí; a esquerda vive
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Acordo do Mato do Júlio é bom negócio; Greta Thunberg fica para amanhã
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.