notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/02/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Hospital Dom João Becker, de Gravataí, administrado pela Santa Casa de Misericórdia, de Porto Alegre, tem só um médico pediatra para dar conta da demanda. Projeto é ampliar o quadro.

    Hospital de Gravataí tem um só pediatra; o que está sendo feito para resolver

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 11/02/2019 às 17h54| Atualizada em 11/02/2019 às 18h02

    Passarinho verde com jaleco branco me contou.

    Está em formatação uma parceria, ou convênio, entre a Santa Casa de Misericórdia e a Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos) que tende, se confirmada, melhorar o atendimento pediátrico no Hospital Dom João Becker (HDJB), de Gravataí.

    Pelo que fiquei sabendo no fim de semana que passou, com um profissional da área da saúde (leia-se, operador da Medicina), atualmente o HDJB possui apenas um profissional médico que atende a Pediatria. Um só. 

    Para pacientes que chegam por convênios, particulares e do Sistema Único de Saúde, o velho e bom SUS. Um só, repito. O passarinho verde que usa jaleco branco não disse, mas deixou nas entrelinhas que são necessários pelo menos mais cinco.

    Que é para dar conta dos plantões e fazer o revezamento na necessária escala de folgas. E, claro, para atender à demanda que é bastante elevada. Eu queria saber qual é essa tal de demanda. Mas não consegui, ainda.

    Hoje pela manhã procurei informações no HDJB e na própria Santa Casa. Por aqui, sem detalhes ou comentários. Está tudo concentrado em Porto Alegre, sede administrativa da Santa Casa de Misericórdia.

     

    Rede municipal

     

    O secretário municipal da Saúde em Gravataí, Jean Pierry Torman, disse hoje, em troca de mensagens pelo whatsapp com o colunista, que meu “passarinho está confuso”, dando a entender que desconhece o assunto entre Santa Casa/HDJB e Unisinos. O que é compreensível.

    Afinal, segundo o próprio Torman me esclareceu, a administração municipal apenas paga pelos serviços e procedimentos realizados no hospital. Não cabe ao governo determinar quantos profissionais devem ser contratados para atender à população.

    E disse mais:

    Que o município dispõe de uma eficiente rede de prestação de serviços na área da saúde, e que há serviços de pediatria médica na Unidade de Pronto Atendimento Abílio Alves dos Santos (UPA 24 Horas), Pronto Atendimento 24 Horas, Policlínica Central e em várias unidades de saúde espalhadas pelas vilas e bairros de Gravataí.

    Quanto perguntei quantos pediatras seriam necessários para prestar um bom atendimento na cidade, a resposta foi seca e objetiva:

    --- Temos o suficiente.

    O suficiente, segundo Torman, são os 45 profissionais médicos-pediatras que atendem nestes diversos pontos da cidade. Claro, sem contar o único pediatra que atende na Santa Casa de Misericórdia de Gravataí, ou seja, no Hospital Dom João Becker.

     

    Meu desejo

     

    Pelo sim, pelo não, bom seria que o passarinho verde de jaleco branco não estivesse confuso (como disse o secretário!) e que a informação se confirme.  Quem vai sair ganhando, neste caso, é a comunidade que necessita deste tipo de atendimento, sempre tão reclamado aqui e em qualquer cidade do país.

     

    Da Santa Casa

     

    Acabei de receber - às 17h55min deste 11/2 - um e-mail com resposta ao meu pedido de entrevista com a direção da Santa Casa, sobre este tema (pediatras!) e outros assuntos. Eis o retorno:

    --- Estamos em fase de finalização e encaminhamentos de alguns novos projetos que passarão a integrar o Hospital Dom João Becker agora em março.

    --- Portanto, iremos falar sobre eles quando os mesmos estiverem efetivamente acontecendo. Vamos agendar uma data, em março, para fazer o anúncio de todas as novidades.

     

     

     

     

    • redes sociais
      ’Teoria’ de jornalista de Gravataí vira notícia nacional
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Não falta vaga para quem quer trabalhar
      por Silvestre Silva Santos
    • caso da maconha
      180 dias sem dono para droga no terreno do vereador
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      O dono da Havan esteve na região, fazendo o quê?
      por Silvestre Silva Santos
    • personagens
      COM VÍDEO | Márcia Becker e seus 115 filhotes
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      5 conselheiros tutelares cobram gratificações em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Por que o estado botou abaixo a Escola Carlos Bina do Xará
      por Silvestre Silva Santos
    • gravataí
      Marco Alba apresenta projeto anticorrupção
      por Redação
    • br-290
      Em vídeo e texto, tudo sobre ’novo’ pedágio da Freeway
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      A polêmica nota do presidente da OAB Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Das cinzas políticas do PD, um candidato a prefeito
      por Rafael Martinelli
    • obras
      Longe do ’SPC’, Prefeitura apresenta máquinas
      por Redação
    • opinião
      Dimas pode pedir licença da Câmara
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Como está a duplicação das pontes do Parque
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • transporte
      Exemplo na integração dos ônibus vem de Gravataí
      por Eduardo Torres
    • segurança
      Bala na Cara mantinha armas e drogas em Gravataí
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Boechat e a hipocrisia do morto santo
      por Rafael Martinelli
    • saúde
      HDJB só tem um pediatra; mas número vai aumentar
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Evandro não quer parecer ’total flex’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      A esquerda que ’só se une na cadeia’ e a laranja do Bolsonaro
      por Rafael Martinelli
    • cachoeirinha
      Maioria aprova governo Miki, diz pesquisa
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      GM confirma bilhão em Gravataí a Marco e Leite
      por Rafael Martinelli
    • refugiados
      A vida dos venezuelanos em Cachoeirinha
      por Eduardo Torres | edição de imagens: Guilherme Klamt
    • transporte
      Um mês para Cachoeirinha ter o seu corredor de ônibus
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Leite pode azedar para servidores de Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.