notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 15/12/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Promessa é RS-118 duplicada até o fim do ano

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 11/10/2018 às 15h48| Atualizada em 29/10/2018 às 12h17

    Foi com uma passagem meteórica por Gravataí e Cachoeirinha, na manhã de hoje, que o secretário estadual dos Transportes, Humberto Brandão Canuso, que trechos das novas pistas da RS-118 entre as duas cidades foram liberadas ao tráfego na manhã de hoje.

    Tão meteórica que sequer foi registrada pela imprensa, já que a presença de Canuso com diretores do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) e assessores da secretaria dos Transportes estava marcada paras as 10h e acabou acontecendo meia hora antes.

    De acordo com os funcionários da Premold que executaram a obra do viaduto da RS-118 sobre a estrada Itacolomi, o grupo de autoridades esteve no local, assistiu à mudança de lugar dos cones que orientam os motoristas sobre o uso de uma ou outra pista, e partiu para vistoriar outro trecho da rodovia.

     

    LEIA TAMBÉM

    EXCLUSIVO | Por que a duplicação da RS-118 não fica pronta neste ano

     

    As cabeceiras

     

    Do viaduto, está liberada à pista da direita no sentido Freeway-Sapucaia do Sul, onde os veículos estão trafegando em via de mão dupla. A pista da esquerda, no mesmo sentido, segundo o encarregado de obras da Premold que não quis se identificar alegando falta de autorização da empresa, também está pronto.

    --- Falta só a ligação da pista com a ponte, as cabeceiras como se diz --- informou o funcionário, esclarecendo que esta parte da obra é de responsabilidade de outra empreiteira, a Sultepa.

    Com a liberação da pista nova em quase todo trecho entre o Atacadão, ou Morro do Coco (quilômetro 20), e o viaduto Itacolomi, os veículos também começaram a passar por um novo espaço sob a avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira. A pista velha foi aos poucos fechada ao trânsito nesta quinta, para ser recuperada pela Sultepa.

     

    Veja o vídeo:

     

    Expectativa

     

    O outro trecho liberado na manhã de hoje (11/10) foi entre Cachoeirinha e Gravataí, dos quilômetros 9 a 11,5. No trajeto, as duas pistas, com duas faixas de rolamento em cada sentido, foram entregues ao trânsito de veículos. A pista nova, com duas vias no sentido de Sapucaia, e a antiga, restaurada, com outras duas na direção de Gravataí.

    O secretário Humberto Canuso não chegou a declarar, textualmente, mas nota da secretaria estadual dos Transportes mantém a expectativa de concluir a duplicação até o final do ano. Isso, mesmo com obras que sequer foram iniciada no trecho inicial da RS-118, em Sapucaia do Sul. A nota não dá detalhes sobre a estimativa anunciada.

     

    LEIA TAMBÉM

    COM VÍDEO | Como estão as obras de duplicação da RS-118

    Como está a eterna obra que nunca acaba

    • empresas de valor
      TDK: poucos conhecem, mas todos usam
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • crime na saúde
      Ex-vereador de Gravataí é citado no Caso Gamp
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      Começa a duplicação das pontes do Parque
      por Silvestre Silva Santos
    • histórico
      PC Magalhães, o caçula do mundial tricolor
      por Eduardo Torres
    • app
      Aplicativo para deixar as mulheres mais belas
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • coluna do silvestre
      Gravataí ganha café de R$ 750 mil nesta sexta
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Precisa vereador pedir dinheiro para Marcha para Jesus?
      por Rafael Martinelli
    • crime
      Mansão em Cachoeirinha é elo entre tráfico e política
      por Eduardo Torres
    • funcionalismo
      Ano vai terminar sem greve em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      Já se sabe onde investir, resta cobrar pela água
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Queremos sangue, como o matador de Campinas?
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      RS-118 não fica pronta no ano que vem
      por Silvestre Silva Santos
    • rs em crise
      OPINIÃO | Perderemos 32 milhões se baixar ICMS
      por Rafael Martinelli
    • investimento
      A boa notícia de 700 empregos
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      OPINIÃO | Gravataí ainda não preencheu vagas de médicos
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Shopping vai dar muitos presentes de Natal
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • seca
      Sem chuva, captação no Rio Gravataí pode parar
      por Eduardo Torres
    • redes sociais
      Vereador ganha liminar para excluir post de eleitor
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      OPINIÃO | Inocente bom é inocente vivo
      por Rafael Martinelli
    • crime na saúde
      Empresa levou R$ 500 mil supostamente desviados
      por Eduardo Torres
    • crime na saúde
      Ex-secretária de Gravataí é sócia de empresa no alvo do MP
      por Eduardo Torres
    • crime na saúde
      Empresa de Gravataí envolvida em desvio na saúde
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.