notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/08/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Bolt EV Premier: espelho com câmera, 10 airbags e o mesmo volante do Cruze. Modelo mostrado para a imprensa especializada no começo de 2018. Foto | Divulgação/Chevrolet

    Vou andar de novo em um carro elétrico na semana que vem

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 09/08/2018 às 15h29| Atualizada em 13/08/2018 às 16h52

    Vou andar mais uma vez em um carro elétrico da General Motors. Duvida? Então leia!

    Na próxima quarta-feira (15/8) a fábrica da General Motors (GM) Mercosul, que fica no Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (Ciag), vai receber a Certificação Energy Star, concedida pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (U.S. Environmental Protection Agency).

    A certificação destaca mundialmente as empresas que reduziram consideravelmente seu consumo de energia, emissões de CO² e são referência na utilização de recursos naturais. Na oportunidade, a gerente de Energia e Utilidades da GM Mercosul, Glaucia Roveri, vai realizar uma explanação para jornalistas convidados sobre o case vencedor da fábrica da aldeia dos anjos.

     

    Carro elétrico

     

    No mesmo dia o diretor de Engenharia Elétrica da GM Mercosul, Plinio Cabral Jr., vai apresentar à imprensa o Bolt EV, o hatch 100 % elétrico da Chevrolet, carro de maior autonomia no mundo em seu segmento já que é capaz de percorrer mais de 380 quilômetros com uma única carga em suas baterias.

    Na parte final do evento acontecerá o test-drive do Bolt em circuito fechado no Ciag. Vai ser a oportunidade para os jornalistas conhecerem a tecnologia inovadora do veículo. O encontro contará com a presença do diretor de Comunicação da GM Mercosul, Nelson Silveira.

     

    Sobre o Bolt

     

    Em janeiro passado e em entrevista com jornalistas brasileiros no Salão de Detroit, nos Estados Unidos, o presidente da GM Mercosul, Carlos Zarlenga, confirmou o interesse de vender o elétrico Bolt EV no Brasil a partir de 2019. O objetivo da Chevrolet é liderar o mercado de elétricos não apenas no Brasil, mas no Mercosul.

    --- Eu diria que a possibilidade está aí e o Bolt EV é o melhor veículo a gente tem para isso --- disse Zarlenga, na ocasião. 

    O Bolt EV é um hatch de porte médio. Seu motor elétrico gera 200 cv (150 kW) e 36,8 mkgf de torque. Ele é alimentado por baterias de íons de lítio de 60 kWh, suficiente para percorrer 383 km com uma carga completa. 

     

    Remember

     

    Nas fotos abaixo, o colunista, em 2011, com o Volt, um dos primeiros modelos produzido pela GM para o mercado de carros elétricos. Na verdade, um hatch híbrido, já que tinha uma bateria de lítio de autonomia limitada e um motor estacionário movido à gasolina que, ao acabar a eletricidade, gerava força para alimentar o sistema de propulsão elétrica do carro. Na segunda foto, a bateria está sendo recarregada diretamente de um aerogerador no Parque Eólico de Osório.

     

     

    LEIA TAMBÉM

    Gravataí pode produzir carro elétrico da GM

     

     

     

     

    • esporte
      Estreia do Cerâmica é adiada em uma semana
      por Eduardo Torres
    • saúde pública
      O que mudou, e vai mudar, no Dom João Becker com Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • caso da maconha
      OPINIÃO | Mário Peres, entre a polícia, a câmara e a facção
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Juliano Paz aposta nas lives para falar com eleitor
      por Eduardo Torres
    • entrevista
      Dinheiro tirou Rosane Bordignon da eleição
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Testamos o carro elétrico da GM
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt e Divulgação/GM
    • tá na mesa
      O dia em Marco Alba contestou Caetano e Roberto Carlos
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Rosane Bordignon decide não concorrer
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      O Rio Gravataí é a sala de aula
      por Eduardo Torres
    • nota oficial
      Partido do vereador apoia investigação em caso da maconha
      por Rafael Martinelli
    • delegado confirma
      Vereador será investigado no caso da maconha
      por Rafael Martinelli
    • suspeita
      Saul Sastre é investigado por fraude no Daer
      por Eduardo Torres
    • operação
      Vereador diz que alugava prédio da meia tonelada de maconha
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Juliano Paz, um pé em Gravataí, outro em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • homenagem
      Diretora do Gensa e Facensa recebeu placa em Brasília
      por Silvestre Silva Santos
    • homenagem
      Denise, a Medonha, vai virar nome de biblioteca
      por Eduardo Torres
    • personagens
      COM VÍDEO | O caçador que abraçou um rio
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • coluna do silvestre
      Quem comprou o terreno do prédio mais alto
      por Silvestre Silva Santos
    • eleições 2018
      10 coisas sobre a foto que mexeu com a política local
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      OPINIÃO | Bagunça na Freeway, com Justiça & tudo
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O plano que vai definir a cobrança por uso da água do Gravataí
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.