notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/08/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Bombas de abastecimento de óleo diesel em Gravataí têm variação de preços. Alguns postos já praticam o desconto determinado pelo governo e, em outros, o preço do litro ainda é o antigo.

    O preço do litro do diesel baixou em Gravataí?

    por Silvestre Silva Santos | FOTO: Guilherme Klamt | Publicada em 04/06/2018 às 18h13| Atualizada em 11/06/2018 às 16h36

    O óleo dieses utilizado pelos caminhoneiros para fazer girar as rodas que movimentam a economia nacional ainda não está com abastecimento completamente normalizado em Gravataí, conforme levantamento feito há poucos instantes pelo colunista.

    E dos postos de abastecimento que têm o produto, há disparidade nos preços, e queixas. O litro está sendo vendido por R$ 3,09, o diesel comum, no Posto Perdigão da RS-118, a R$ 3,49 logo adiante, no Posto Radar, logo adiante. No Radar, porém, ainda sem o desconto de R$ 0,46 determinado pelo governo.

    A desculpa é que se trata de combustível que já estava nos tanques, foi comprado por valores praticados antes da greve dos caminhoneiros, e que a redução só vai ser notada nas bombas quando uma nova partida de diesel chegar ao posto, já com o desconto sendo praticado na refinaria.

    Outro estabelecimento, o Posto 70, na parada 70 da avenida Dorival de Oliveira, de acordo com Cíntia Gonçalves, do setor administrativo, o preço foi reduzido em R$ 0,30 já que ainda não foi adquirido o produto, na refinaria, com o desconto anunciado. É um caminho para baixar mais R$ 0,16 quando comprar diesel com a redução.

     

    Custo para os donos

     

    O colunista fez um levantamento aleatório agora à tarde e, num destes contatos, com o gerente do Posto Florido, Tiago Flores Lemos, aqui na esquina da avenida Teotônio Vilela com a Dorival de Oliveira, ouviu uma das queixas mais contundentes.

    Tiago disse que no local são vendidos cerca de três mil litros de diesel por dia, que desde a greve não recebeu novo carregamento e nem tem expectativa de quando nova carga vai chegar, e que agora à tarde tinha em torno de 1,5 mil litros de diesel nos tanques, para vender.

    Mesmo assim, diz que já baixou os R$ 0,46 e tem o litro do diesel comum, na bomba, a R$ 3,39. Na verdade, reduziu R$ 0,50, já que antes da mobilização nacional dos caminhoneiros o litro era vendido a R$ 3,89.

    Sobre a queixa, Tiago Flores disse que o desconto de R$ 0,46 determinado pelo governo ‘não existe’, na prática, e que o valor anunciado foi ‘só para ficar de bem com a população’. E explicou:

    --- Destes R$ 0,46 que o governo diz que baixou, na verdade foram reduzidos R$ 0,41. Os outros R$ 0,05 vão ter que ser bancados pelo dono dos postos porque corresponde ao percentual de biodiesel que é misturado com o diesel.

     

    CONFIRA

     

    1

    Posto Radar, na RS-118, ponto onde aconteceu a maior concentração dos caminhoneiros durante os 10 dias de paralização. Hoje (4/6) o abastecimento de diesel estava sendo realizado normalmente no estabelecimento, local que mais vende este tipo de combustível em Gravataí, mas o preço não baixou. A pessoa que conversou com a coluna não disse qual a média de litros vendida diariamente no radar.

    Hoje:

    R$ 3,49 – litro do diesel comum

    R$ 3,59 – litro do diesel S-10

     

    2

    Posto Perdigão, também na RS-118 e outro ponto referência para os caminhoneiros. Abastece cerca de 10 mil litros apenas de diesel, em média, por dia. Já está recebendo o produto com o desconto governamental e repassou a vantagem para as bombas.

    Hoje:

    R$ 3,09 – litro do diesel comum

    R$ 3,21 – litro do diesel S-10

    Antes da greve:

    R$ 3,55 – litro do diesel comum

    R$ 3,67 – litro do diesel S-10

     

    3

    Posto 70, na parada 70 da avenida Dorival de Oliveira, ainda não recebeu o combustível com o desconto determinado pelo governo, mas segundo a funcionária que conversou com o colunista já está praticando um preço menor, de R$ 0,30.

    Hoje:

    R$ 3,29 – litro do diesel comum

    Antes da greve:

    R$ 3,59 – litro do diesel comum

     

    4

    Já no Posto Florido, esquina das avenidas Dorival de Oliveira com Teotônio Vilela, o abastecimento dos reservatórios ainda não aconteceu. Mesmo assim, o estabelecimento está praticando, na venda dos cerca de 1,5 mil litros em estoque, preços R$ 0,50 mais baixos do que os de antes da greve.

    Hoje:

    R$ 3,39 – litro do diesel comum

    R$ 3,49 – litro do diesel S-10

    Antes da greve:

    R$ 3,89 – litro do diesel comum

    R$ 3,99 – litro do diesel S-10

     

    IMPORTANTE

     

    Os postos de combustíveis aguardam orientação do governo aos Procons quanto à concessão do desconto de R$ 0,46 por litro de diesel.

    --- A portaria (que determinou o repasse do desconto às bombas) é muito superficial e genérica --- disse nesta segunda-feira o presidente da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis), Paulo Miranda Soares.

    --- Não dá para saber o que o governo quer. Já encaminhamos pedido de esclarecimentos, nesta segunda-feira, ao Ministério da Justiça.

    A dúvida se deve ao fato de o desconto recair sobre o preço do litro do diesel nas refinarias e a portaria determinar que os postos de abastecimento de combustíveis devem aplicá-lo. Mas os postos não compram das refinarias, eles compram das distribuidoras, e a argumentação é que só poderão repassar a redução de preço se a distribuidora reduzir o valor da venda para os postos.

    Paulo Miranda acrescentou que há 41 mil postos de abastecimento de combustíveis em todo o Brasil e que esse é, na cadeia do petróleo, o elo onde há maior competição.

     

    NA CAPITAL

     

    O Procon de Porto Alegre divulgou nesta segunda-feira, segundo o site gauchazh.com.br, um novo levantamento dos preços dos combustíveis em Porto Alegre.

    Além da gasolina comum e do etanol, os dados levaram em conta também os preços praticados pelo litro do diesel– essa é a primeira vez que o órgão relaciona o valor deste tipo de combustível.  

     

    Em 50 postos:

     

    Os preços do litro da GASOLINA COMUM variam de R$ 4,599 a R$ 4,899.

    Já os preços do ÁLCOOL COMBUSTÍVEL oscilam entre R$ 3,549 a R$ 4,19.

    E o litro do ÓLEO DIESEL está sendo vendido por preços que vão de R$ 3,149 a R$ 3,799.

     

    • habitação
      Prefeitura volta a campo por solução para a Granja Esperança
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      O que descobri da GM andando em um Uber
      por Silvestre Silva Santos
    • eleições 2018
      Rossetto andou no centro, ’laboratório do golpe’
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      O que fazer para evitar o mês do cachorro louco
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • mistério
      Eles juram que viram fantasmas nos cemitérios de Gravataí
      por Andreo Fischer
    • saúde pública
      O que mudou, e vai mudar, no Dom João Becker com Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • caso da maconha
      OPINIÃO | Mário Peres, entre a polícia, a câmara e a facção
      por Rafael Martinelli
    • entrevista
      Dinheiro tirou Rosane Bordignon da eleição
      por Rafael Martinelli
    • tá na mesa
      O dia em que Marco contestou Caetano e Roberto
      por Rafael Martinelli
    • suspeita
      Saul Sastre é investigado por fraude no Daer
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.