notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/01/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Discrepância no número de veículos que transitam pela rodovia e valores aplicados em conservação da Freeway podem reduzir tarifas em Gravataí e Santo Antônio

    Ministro do TCU manda Concepa reduzir preço do pedágio de novo

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 11/05/2018 às 15h43| Atualizada em 18/05/2018 às 13h15

    Cortado pela metade desde o ano passado, mais precisamente desde julho quando foi prorrogado por um ano a concessão à Triunfo-Concepa para exploração da Freeway, o valor dos pedágios cobrados nas praças de Gravataí e Santo Antônio da Patrulha podem ser reduzidos novamente.

    A determinação para que aconteça uma revisão neste sentido é do ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU), depois de constatar que foi subestimado o tráfego de veículos da rodovia e superestimado os gastos com a manutenção do trecho Porto Alegre-Osório.

     — Não levaram em conta a questão do incremento do tráfego que naturalmente iria ocorrer com a diminuição dos 50% que eu propus anteriormente. Isso está na legislação e é de conhecimento da ANTT, que ignorou esse quesito — apontou Nardes segundo notícia veiculada agora à tarde (11/5) no site gauchazh.clicrbs.com.br.

     

    Quarta faixa

     

    Em 3 de julho do ano passado venceu o contrato de 20 anos e para que a Freeway não ficasse sem manutenção e conservação houve prorrogação do contrato por 12 meses, que vence em julho próximo, e que deve novamente ser prorrogado pelo Ministério dos Transportes e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

    Contribui para a conclusão do TCU a documentação apreendida na operação Cancela Livre, da Polícia Federal, de agosto de 2017, para apurar desvio de recursos e fraudes durante a construção da quarta faixa, entre Gravataí e Porto Alegre. O TCU verificou as irregularidades ao checar notas apreendidas e a contabilidade da concessionária.

     

    LEIA TAMBÉM

    O futuro do pedágio em Gravataí

    COLUNA DO SILVESTRE | Pedágios da Concepa ficam mais baratos

     

    Duas semanas

     

    O ministro Nardes determinou que, no prazo de 10 dias, a ANTT corrija o cálculo da tarifa de pedágio com base em números e percentuais apurados pela fiscalização. O novo valor deve, ainda, incluir a compensação do que foi pago a mais pelos usuários desde julho do ano passado, já que seria inviável a Concepa devolver a diferença a cada motorista.

    De acordo com a notícia de do site gauchazh.com.br o  ministro garante que haverá redução das tarifas de pedágio, mas os novos valores ainda dependem da revisão do cálculo a ser feito pela ANTT.

    --- Não deverá ser tão grande quanto o do ano passado, mas vai existir — disse o ministro.

    A cautelar tem efeito imediato e, se não houver impeditivos legais, as novas tarifas podem ser aplicadas daqui a cerca de duas semanas. A concessionária Triunfo-Concepa pode recorrer da determinação e a determinação do TCU não faz referência à praça de pedágio de Eldorado do Sul.

     

     

     

    • segurança
      Carros da 99 POP terão câmeras de segurança
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      GM diz que pode fechar fábrica de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • segurança
      Fotógrafo foi morto por dívida em Cachoeirinha
      por Eduardo Torres
    • em Brasília
      Marco Alba trata do Complexo de Educação Especial
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Pedágio volta dia 15 mais caro do que o anunciado
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O último ano dos canudos plásticos em Gravataí
      por Eduardo Torres
    • 2020
      ’Bolsonaro da Aldeia’ na briga pela Prefeitura
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Corte de dinheiro para Carnaval é aprovado; exceto por petistas
      por Rafael Martinelli
    • governo bolsonaro
      Marco Alba em Brasília; sem embaixador
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Moro foi bem na GloboNews; já é um político
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Gravataí não vai liberar dinheiro para escola de samba
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Uma em cada quatro armas legais é roubada no RS
      por Eduardo Torres
    • rs
      Ninguém de Gravataí no governo Leite
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      O que será feito para salvar Ubers da violência
      por Eduardo Torres
    • segurança
      O debate fetichista sobre a redução da maioridade
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Ulbra Gravataí demite um quinto dos professores
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      App leva profissionais da beleza até você
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • habitação
      Moradores querem financiar casas da Granja em 35 anos
      por Eduardo Torres
    • polêmica
      Gravataí e Cachoeirinha podem ter armas liberadas
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Farda não garante santidade; promoção, talvez
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      RETRÔ 2018 | Sem guerra das facções, na mira dos grandões
      por Eduardo Torres
    • economia
      RETRÔ 2018 | A volta dos investimentos na região
      por Eduardo Torres
    • meio ambiente
      RETRÔ 2018 | O preço do futuro preservado
      por Eduardo Torres
    • política
      RETRÔ 2018 | Do limão eleitoral à limonada política
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.