notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 15/12/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Vendedor Celso Melchior, em férias, aproveitou a chegada dos brinquedos ao Gravataí Shopping Center para experimentar o simulador de corrida e de realidade virtual

    COM VÍDEO | Que tal correr pelas ruas de Paris sem sair de Gravataí?

    por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt | Publicada em 05/01/2018 às 20h32| Atualizada em 16/01/2018 às 12h57

    Esta é para os amantes da velocidade e das aventuras! Pelo menos um gostinho do que é correr pelas ruas de Paris, a capital francesa, no modelo de carro a sua escolha, já está ao seu alcance em Gravataí.

    É que inaugurou nesta sexta (5/1), no Gravataí Shopping Center, um quiosque da empresa catarinense X3 Virtual, com um simulador de corrida e de realidade virtual.

    Eu, que não sou praticante de games de velocidade, “paguei mico” ao ficar em último lugar entre 12 competidores numa corrida no entorno do Arco do Triunfo e da Torre Eiffel, pilotando um potente Nissan branco de câmbio automático com o qual bati 44 vezes em muros e guard-rails.

    Neste aspecto, entre velozes e furiosos, estou muito mais para furioso do que para veloz.

    Ao que interessa.

    A X3 Virtual, dos sócios Ricardo Siqueira, Flávio Cassol e Rudinei Bordin tem sede em Concórdia, Santa Catarina, e tem equipamentos nos shoppings da cidade-base, no Iguatemi de Caxias do Sul e, agora, no Gravataí Shopping Center. Somente simuladores de corrida a empresa já tem oito. Um na aldeia.

    O ticket para o simulador de corrida ou de realidade virtual custa R$ 10,00, independentemente do programa escolhido pela pessoa. De acordo com Flávio Cassol, a empresa tem priorizado a instalação de quiosques em shoppings e, no caso de Gravataí, o investimento beira à casa dos R$ 150 mil com a geração de três postos de trabalho.

    --- Nós trabalhamos com o que há de melhor em tecnologia de realidade virtual --- garante Cassol, acrescentando que a X3 Virtual é uma empresa nova, que recém completou dois anos de existência.

    O vendedor Celso Melchior, de 36 anos, foi um dos que experimentou um ‘passeio’ nos dois brinquedos – o simulador de corrida e da realidade virtual. Depois de sair do simulador, garantiu que a sensação de pilotagem “é bem real”.

    --- É bem mais emocionante do que o play que a gente está acostumado. Vale bastante a pena --- assegurou.

    É, pois, um bom programa para quem não foi à praia aproveitar o fim de semana.

     

    E eu?

     

    Particularmente, prometo que vou baixar uns games de corrida no meu computador e treinar em casa, para não fazer feio na próxima vez! Ou, pelo menos, não ficar em último lugar.

     

    Veja a reportagem do Seguinte:, abaixo.

     

     

     

     

    • empresas de valor
      TDK: poucos conhecem, mas todos usam
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • crime na saúde
      Ex-vereador de Gravataí é citado no Caso Gamp
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      Começa a duplicação das pontes do Parque
      por Silvestre Silva Santos
    • histórico
      PC Magalhães, o caçula do mundial tricolor
      por Eduardo Torres
    • app
      Aplicativo para deixar as mulheres mais belas
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • coluna do silvestre
      Gravataí ganha café de R$ 750 mil nesta sexta
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Precisa vereador pedir dinheiro para Marcha para Jesus?
      por Rafael Martinelli
    • crime
      Mansão em Cachoeirinha é elo entre tráfico e política
      por Eduardo Torres
    • funcionalismo
      Ano vai terminar sem greve em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      Já se sabe onde investir, resta cobrar pela água
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Queremos sangue, como o matador de Campinas?
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      RS-118 não fica pronta no ano que vem
      por Silvestre Silva Santos
    • rs em crise
      OPINIÃO | Perderemos 32 milhões se baixar ICMS
      por Rafael Martinelli
    • investimento
      A boa notícia de 700 empregos
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      OPINIÃO | Gravataí ainda não preencheu vagas de médicos
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Shopping vai dar muitos presentes de Natal
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • seca
      Sem chuva, captação no Rio Gravataí pode parar
      por Eduardo Torres
    • redes sociais
      Vereador ganha liminar para excluir post de eleitor
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      OPINIÃO | Inocente bom é inocente vivo
      por Rafael Martinelli
    • crime na saúde
      Empresa levou R$ 500 mil supostamente desviados
      por Eduardo Torres
    • crime na saúde
      Ex-secretária de Gravataí é sócia de empresa no alvo do MP
      por Eduardo Torres
    • crime na saúde
      Empresa de Gravataí envolvida em desvio na saúde
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.