>
notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/01/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    Rede varejista que tem sede na avenida Flores da Cunha, em Cachoeirinha, pode ser vendida pelo fundo que a adquiriu há cerca de sete anos

    Dono da Quero-Quero quer vender rede de lojas

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 27/12/2017 às 19h44| Atualizada em 31/12/2017 às 14h45

    O boato que começou a circular em São Paulo não é só um boato, segundo a jornalista Marta Sfredo publicou em sua coluna de economia no site gauchazh.com.br. A colunista confirmou a informação de que o Advent International, fundo de private equity que comprou a Quero-Quero em 2010, vai vender ações da varejista no próximo ano.

    A Advent foi procurada comentar os planos, mas não se pronunciou. No entanto, fontes que acompanham a negociação confirmaram a contratação de bancos para preparar a oferta pública de ações para 2018.

    A especulação é de que o Advent venda 100% de sua participação – o fundo é o único dono da empresa –, mas essa hipótese não foi totalmente confirmada. O certo é que o fundo fará o que normalmente esse tipo de negócio faz: comprar, gerir, lucrar e vender com lucro.

    Na época da compra, o negócio foi estimado em R$ 200 milhões. Atualizado pelo IPCA, esse valor corresponderia hoje a pouco mais de  R$ 300 milhões. A rede de mais de 200 lojas fatura R$ 1,1 bilhão e tem 3 mil funcionários no estado. 

     

    Crescimento

     

    A Quero-Quero está fechando 2017 com 16 novas lojas no Rio Grande do Sul. A última foi inaugurada em Alvorada. Cada unidade gera cerca de 11 empregos, ou seja, mais de 170 postos de trabalho foram criados ao longo do ano.

    Para 2018, a Quero-Quero pretende ser ainda mais agressiva. Os olhares devem se voltar para a expansão fora do estado. No total, são 263 filiais. Destas, 226 ficam no Rio Grande do Sul, 29 em Santa Catarina e nove no Paraná. 

    • pequenas empresas grandes histórias
      O que é a terapia reencarnacionista?
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Miki fez em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • Gravataí Eu Faço por Ti
      E a empresa adotou a praça
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Os bastidores da venda do único hospital de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • luto
      Saiba como ajudar os animais órfãos da Sônia Piumato
      por Gelcira Teles
    • assistência social
      Prefeito abre obras no Cras Moradas
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Venda de área pode acabar com camelódromo
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      17 milhões não são só para wi-fi nas praças
      por Rafael Martinelli
    • em vídeo
      Percorremos os caminhos do ritual satânico
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • série prefeitos
      10 coisas que Darci fez em Glorinha
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.