notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 22/04/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do silvestre

    General Motors controla o sobe e desce nos gráficos da economia de Gravataí. Se o mercado está em queda, cai a arrecadação do ICMS e a riqueza do município

    RANKING DO PIB | Se a GM vai mal, Gravataí vai mal

    por Silvestre Silva Santos | Publicada em 14/12/2017 às 15h22| Atualizada em 27/12/2017 às 16h21

    Responsável por cerca da metade do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) gerado no município, o complexo da General Motors se mantém como fiel da balança na economia de Gravataí.

    Se as vendas de automóveis caem no Brasil e a GM gravataiense bota menos carros nas ruas, gera menos ICMS e faz cair o valor adicionado da indústria da aldeia, refletindo no sobe e desce de Gravataí no ranking do produto interno no bruto.

     

    Nem a General Motors (GM) segurou no ano de forte queda na comercialização de veículos em âmbito nacional, e o Produto Interno Bruto (PIB) fez Gravataí cair uma posição – a mesma posição que havia conquistado no ano passado sobre a vizinha Canoas – e passar de terceiro para quarto no ranking gaúcho da renda concentrada.

    (Antes de continuar, e a quem interessar possa: o anúncio de R$ 1,4 bi de investimento na fábrica de carros da montadora americana só vai ter reflexo na economia de Gravataí a contar de 2019 e, mais ainda, quando aumentar a produção e comercialização dos carros do complexo.)

    Gravataí somou R$ 9,73 bilhões, bem longe dos R$ 16,24 bilhões de Canoas. Porto Alegre continua imbatível na dianteira com o Produto Interno Bruto invejável, na casa dos R$ 68,11 bilhões, seguida como sempre pela industrializadíssima Caxias do Sul que fica num confortável segundo lugar com R$ 20,63 bilhões.

    Os 10 maiores municípios representaram 42,0% do PIB total do Rio Grande do Sul de acordo com o levantamento divulgado nesta manhã pela Fundação de Economia e Estatística (FEE). Esses municípios possuem, em geral, maior participação da indústria e de serviços no Valor Adicionado Bruto (VAB) e menor participação da agropecuária.

    Serviços se destaca como atividade mais importante nesses municípios, responsável pela maior parte do valor gerado. Salienta-se também que são municípios populosos, com população superior a 100.000 habitantes, como Gravataí com 275.146 pessoas (estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE – para 2017.

     

    LEIA TAMBÉM:

    GM bota Gravataí em terceiro lugar no PIB Gaúcho

     

    Meio ponto

     

    A queda de Gravataí, no PIB de 2014 para 2015, chegou a meio ponto percentual, derrubando a participação da economia municipal no bolo da renda concentrada dos gaúchos de 3,0% para 2,5%. O crescimento de Canoas é que foi invejoso, de 1,5 ponto, passando de 2,8% para 4,3%.

     

    Abaixo, os gráficos do PIB divulgados pela FEE de 2014 e 2015.

     

     

    Na indústria

     

    Entre os municípios de maior VAB da indústria aparece Porto Alegre em primeiro lugar, ganhando a posição que vinha sendo ocupada por Caxias do Sul desde 2003. Com o aprofundamento da crise em 2015, o setor industrial foi um dois mais afetados, destacando-se a queda de Caxias do Sul (setores metalmecânico e automotivo).

    Na aldeia dos anjos a queda do Valor Adicionado Bruto se deu por conta do arrefecimento nos negócios da indústria automotiva – leia-se Complexo Industrial Automotivo de Gravataí (Ciag) liderado pela General Motors – em razão da acentuada queda na comercialização brasileira de veículos no ápice da crise econômica nacional.

    Os municípios de Canoas (base econômica no refino do petróleo bruto) e Triunfo (com economia sustentada na indústria química) se destacam por terem aumentando seu VAB devido à melhora nos preços desses setores da produção.

     

    : Valor Adicionado Bruto da Indústria tem Gravataí só na quinta posição

     

    IMPORTANTE

     

    1

    A concentração da indústria em poucos municípios continuou presente em 2015. De todo o VAB industrial do Estado, 51% está concentrado em apenas 14 municípios.

     

    2

    Os municípios com maior VAB dos serviços são Porto Alegre (22,9% do estado), seguido por Caxias do Sul (5,2%) e Canoas (3,8%).

     

    3

    Esses três municípios também aparecem como os maiores VAB da indústria, porém o setor com maior participação dentro de cada um deles é o de serviços.

     

    4

    Neste ranking, Gravataí aparece na 10º posição, com R% 4,20 bilhões ou participação de 1,9% no bolo da VAB de serviços de botas e bombachas.

     

    5

    O município com maior PIB per capita no Estado em 2015 continua sendo Triunfo, devido às atividades do Polo Petroquímico: R$ 268.381,39 por pessoa.

     

    OS DESTAQUES

     

    : Em 2015, os municípios que se destacaram com maiores ganhos de participação no PIB do estado foram Canoas (1,5 ponto percentual) e Triunfo (0,5 ponto percentual).

    : Já os que tiveram as maiores perdas de participação no PIB gaúcho foram Caxias do Sul (-0,9 ponto percentual) e Gravataí (-0,5 ponto percentual).

    : Além desses, tiveram perdas os municípios de Horizontina, Santa Cruz do Sul, Cachoeirinha e Rio Grande (todos com -0,2 ponto percentual).

     

    RANKING NACIONAL

     

    1

    Quatro municípios gaúchos estão entre os 100 maiores PIBs do Brasil: Porto Alegre (6ª posição), Caxias do Sul (no 40º lugar), Canoas (em 50º) e Gravataí na 92ª colocação, quase caindo da tabela.

     

    2

    Em 2015, em comparação com 2014, Porto Alegre elevou a sua participação no PIB do País (de 1,11% para 1,14%) e subiu uma colocação na lista geral de municípios de maior PIB do Brasil, ultrapassando Manaus, capital do Amazonas.

    • feira na Caergs
      Vai ter feira medieval na cidade neste domingo
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • coluna do martinelli
      OPINIÃO | Glorinha é a nova terra das raves
      por Rafael Martinelli
    • sua saúde
      Tudo sobre a vacinação contra gripe em Gravataí
      por Redação
    • políticos
      OPINIÃO | O conto do vigário dos pais de obras feitas
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Teve de tudo no desfile de modas do Sindilojas
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • cachoeirinha
      Tribunal suspende contratação de Área Azul
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • mpf:
      Posts no Face comprometem Bordignons e Peixe
      por Rafael Martinelli
    • festa do divino
      Uma festa do mundo açoriano em Gravataí
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • exclusivo
      Impeachment de Gravataí chega a Brasília
      por Rafael Martinelli
    • entrevista
      Gravataiense casa vizinho da guerra na Síria
      por Rafael Martinelli
    • emendas
      Vereadores podem abrir portas para corrupção
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.