notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 08/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    crise do coronavírus

    Câmara de Vereadores de Gravataí, na sessão remota desta terça

    Projeto aprovado em Gravataí é bonito, mas perigoso na pandemia

    por Rafael Martinelli | Publicada em 08/07/2020 às 14h17| Atualizada em 14/07/2020 às 18h06

    A Câmara de Gravataí aprovou na sessão remota desta terça-feira projeto de lei que autoriza a Prefeitura a fornecer almoço durante o período de férias nas escolas públicas municipais. Não vou tratar como demagogia, porque a preocupação com a fome sempre merece incentivo. Reputo, porém, um projeto que cria riscos à comunidade escolar em meio à pandemia do novo coronavírus.

    Os vereadores aprovarem por unanimidade, não é surpresa. Em ano eleitoral, e sempre, políticos morrem de medo do Grande Tribunal das Redes Sociais, e jamais votaria contra “merenda para crianças pobres”. Estranhei o projeto partir de uma professora, a vereadora Rosane Bordignon (PDT).

    O projeto estabelece que, “para fornecer alimentação durante as férias, a Prefeitura poderá disponibilizar pessoal necessário nas escolas públicas, por meio da reorganização do cronograma de férias e da readequação de contratos de pessoal terceirizado”.

    Também autoriza o governo municipal a “aditivar contratos de fornecimento de merenda escolar para suprir a demanda durante o período de férias e a abrir as escolas municipais no período de recesso entre 11h30 e 13h30, de segunda a sexta-feira”.

    Acredito que o prefeito vai vetar. E, quando o veto retornar à Câmara, os vereadores vão rever suas posições, porque já terão recebido ligações e mensagens de trabalhadores da educação alertando para a inconsequência do projeto. A própria Rosane Bordignon já deve ter ouvido reclamações de colegas da categoria.

    Pode ser que ainda o faça, mas Anabel Lorenzi, também professora, e candidata a prefeita em 2020, que tem a vereadora como vice, ainda não compartilhou a notícia.

    O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Gravataí (SPMG) postou nota alegando não ter sido alvo de consulta sobre o projeto e anunciando encaminhamento de ofício ao governo municipal "manifestando as preocupações da categoria" frente à proposta.

    Pela lógica, Marco Alba terá responsabilidade de enfrentar o tema, mesmo frente a algum desgaste político, já que mantém as aulas de forma remota e não dá prazo para volta dos professores, alunos e funcionários de forma presencial.

    Seria uma incongruência obrigar trabalhadores da educação a receberem estudantes nas escolas. Já antecipo: serão os funcionários de menores salários, não os diretores. E, o principal, tirar crianças e pais de casa, todos pobres, a maioria pretos e com potencial de contágio do vírus maior, e os estudos mostram, já que vivem em lugares com mais gente do que metros quadrados.

    O vírus, que começou na Casa Grande, agora é uma tragédia na Senzala.

    Há de se enfrentar o problema da fome de outras formas. A assistência social da Prefeitura não reduziu o quadro de funcionários e há um Comitê de Solidariedade ao Enfrentamento do Coronavírus arrecadando doações. Se a Prefeitura não está dando conta, é preciso quantificar o problema: quantas crianças estão com fome?

    A não ser que o projeto só passe a valer quando a pandemia passar.

    Ao fim, a Câmara deveria estar mais preocupada em buscar alternativas para a provável impossibilidade de retorno às aulas presenciais neste ano. Só nos 7 primeiros dias de julho Gravataí registrou 242 casos e já temos 18 vidas perdidas – e contando.

     

     

    LEIA TAMBÉM

    Gravataí vai fornecer Cloroquina pelo SUS; a responsabilidade está com os médicos

    Nem com COVID 19 Bolsonaro ajuda; fãs já morreram em Gravataí e Cachoeirinha

    Metade de Gravataí e Cachoeirinha tem doenças que potencializam a COVID 19; alerta aos covidiotas

    Os 15 mil covidiotas e a demitida do Leblon entre nós

    Morador do Itacolomi é 18ª vida perdida para COVID 19 em Gravataí

    Mini lockdown de Porto Alegre é prévia para Gravataí e Cachoeirinha

    O desabafo de um amigo por mais uma vítima da COVID 19 em Gravataí

    Gravataiense do Parque Florido morre aos 39 anos da COVID 19

    Sem máscara, multem, Gravataí e Cachoeirinha!; seria um bom, entre maus exemplos de políticos

    Veja como comércio de Gravataí vai funcionar na bandeira vermelha

    Veja como comércio de Cachoeirinha vai funcionar na bandeira vermelha

    É tudo com a gente em Gravataí e Cachoeirinha; o Distanciamento Controlado fake não segura a COVID 19

    Clique aqui para ler a cobertura do Seguinte: para a crise do coronavírus

    • a cadeira assombrada
      A cassação antecipada em Viamão
      por Cristiano Abreu
    • cachoeirinha
      Dona Nadir, 70 anos, teve alta da COVID
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Homofóbico não é o Miki, é você; a bandeira rosa
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Morte aos 48; já são 8 em 7 dias
      por Redação
    • gravataí
      É frágil parecer do TCE que reprova contas de Marco
      por Rafael Martinelli
    • coronavírus
      Justiça suspende ’decreto do festerê’ em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Com COVID, Gelson grava vídeo chocante
      por Rafael Martinelli
    • política
      Anabel age conforme prega
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Miki limita horário para bares e festas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí libera atividades não-essenciais
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha vai abrir até bares, boates e cinemas
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.