notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 03/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    santa casa

    Antônio Carlos Weston, superintendente da Santa Casa, na Câmara de Gravataí

    Muda equipe de partos no hospital de Gravataí; é o efeito da morte de bebê e parto no saguão

    por Rafael Martinelli | Publicada em 19/06/2020 às 00h43| Atualizada em 27/06/2020 às 18h

    O processo de troca de toda equipe materno-infantil do Dom João Becker foi completado nesta segunda-feira. Os 24 novos profissionais já trabalham no único hospital de Gravataí.

    O que reputo uma notícia importantíssima, foi comunicado como uma coisa normal pelo superintendente da Santa Casa, nesta quinta, ao ser sabatinado por vereadores na Comissão de Saúde da Câmara de Gravataí.

    Como jornalismo tem como dever dar nome às coisas, se o polido Antônio Carlos Weston não o faz, explico: é o efeito da morte do bebê Theo, e do parto feito no saguão do hospital.

    Tratei dos dois episódios lamentáveis, mesmo que eventualmente explicáveis, em artigos como ’Meta’ de partos normais não é autorização para matar; cuidado!CPIs sobre hospital de Gravataí tem assinaturas necessárias; uma já abre terçaSanta Casa de Gravataí na mira de CPI, convocação de diretor e audiência pública; dor de mãe é mais que votoMãe que perde bebê em hospital sempre tem razão; é preciso respostas e Alô, Dr. Pasa: bebê morto e parto no saguão? Câmara tem que convocar diretor da Santa Casa de Gravataí.

    Até uma CPI foi instalada, apesar de virtual, pela investigação não ter saído do Facebook nem para depoimentos remotos, devido à pandemia.

    Hoje, Weston, há um mês e uma semana no cargo, relatou aos parlamentares os investimentos na obstetrícia, com protocolos que trazem para Gravataí residência médica (graduação, pós e doutorado), além de anunciar profissionais experientes também na pediatria e ortopedia.

    Com a pandemia, o superintendente disse não poder dar prazos para execução dos planos de obras físicas, como uma ampliação da UTI e a abertura de uma nova emergência pelo SUS, promessas de mais de um ano da Santa Casa.

    – Perdemos 80% da receita.

    Como há uma semana respondeu ao Seguinte:, no vídeo Entramos no hospital de campanha de Gravataí e mostramos como funciona; assista, Weston diz trabalhar para que a percepção da ‘grife Santa Casa’ seja uma nova etapa, neste momento em que se completa um ano e meio da compra do hospital filantrópico.

    – Temos um padrão de atendimento.

    O HDJB não tinha investimentos de peso há pelo menos cinco anos.

    – O padrão Santa Casa aos poucos será percebido. A primeira etapa foi manter aberto o hospital de Gravataí. Sem a parceria com a Prefeitura, poderíamos não ter mais o Dom João Becker e atender a 80% SUS – disse, aos vereadores.

    Ao fim, Weston foi bem em uma concorrida sabatina. Todos os vereadores participaram, e fizeram questionamentos importantes, que você assiste clicando aqui. Alto nível, refratário a grosserias, político até, não deixou pergunta sem resposta, mesmo as mais duras, mas entendo que apresentou poucos dados e números – o que pareceu não incomodar os vereadores.

    Pelo que apurei, a criação da superintendência em Gravataí é parte de uma estratégia da Santa Casa para melhorar a comunicação com a ‘aldeia’.

    Weston não chega como um interventor, e sim joga junto com o diretor médico Marcelo Pasa, profissional competentíssimo na administração do hospital, e que, testemunho, respondeu de forma transparente, mas solitária, aos questionamentos sobre a morte do bebê Theo, o parto no saguão e a infame ocorrência de racismo ocorrida sob os olhos dos quadros de Bárbara Maix (o que também levou a demissões de funcionários).

    Weston cumpre o papel de receitar esperança em dias melhores, a partir daquele que é o único hospital de Gravataí, e que, por receber R$ 40 milhões por ano de dinheiro público e ter ‘porta aberta para o SUS’, é, como descreveu “a referência da saúde em Gravataí”.

    Não será fácil, com um sistema de saúde brasileiro ‘doente’.

    Já pedi entrevista com o superintendente para avançar um pouco nos indicadores – repasses, gastos e projeções.

    Inegável é que a Santa Casa merece crédito por se preocupar em melhorar a comunicação com a comunidade e, em três casos polêmicos, ter tomado providências.

    Bem-vindo, dr. Weston, seu celular não vai parar de tocar, como aconteceu hoje, durante o seu depoimento na Câmara.

     

    Assista como funciona por dentro o hospital de campanha de Gravataí

     

    LEIA TAMBÉM

    Gravataí ultrapassa 200 casos da COVID 19 e média diária salta de 1,9 para 7,7 em junho; potencialmente são 23 mil infectados

    Marco Alba pede ajuda à comunidade para não ter que fechar comércios; contágio cresceu 90 por cento em 2 semanas

    Entramos no hospital de campanha de Gravataí e mostramos como funciona; assista

    A real sobre a OMS; aos desinformados, não aos covidiotas!

    Pior semana da COVID 19 tem mais uma morte, agora em Gravataí

    O ‘urubu da imprensa’ errou, para menos; contágio em Gravataí cresceu 245 por cento

    Aulas presenciais não voltam nem em julho em Gravataí; parabéns, ou só faltaria cabaré

    A única perda irreparável é a vida, alerta Marco Alba na ‘pior semana da COVID 19 em Gravataí’

    Perdi meu pai para COVID 19; o depoimento de uma gravataiense

    Sem distanciamento social Gravataí poderia ter mais de 1,3 mil mortes; às ’reginas duartes’

    ’Gripezinha’, ’carreatas da morte’, Páscoa, reabertura e Dia das Mães; a progressão da COVID 19 em Gravataí e Cachoeirinha

    Metade da população de Gravataí é ’grupo de risco’ para COVID 19; alerta aos ’covidiotas’

    Contágios em famílias de Gravataí mostram perigo do vírus; é homicídio, não suicídio

    Clique aqui para ler a cobertura do Seguinte: para a crise do coronavírus

    • app TEU! Ônibus
      Aplicativo permite saber quando Transcal chega na parada
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Gravataí território livre da cloroquina; é fria, prefeito!
      por Rafael Martinelli
    • política
      O post feliz de Dilamar; apoio de Bordignon a Dimas não é
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Estado deixa Gravataí fora de programa de testagem e Prefeitura vai à Justiça; entenda a nova polêmica Marco Alba vs. Eduardo Leite
      por Redação
    • crise do coronavírus
      Miki solta pitbull em Hospital de Campanha sob suspeita
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí em ’coma’ pela COVID; Mortes crescem 300 por cento e prefeito alerta paradas, interior e Moradas
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Governador quer mais mãos para colorir o mapa da COVID; a lógica do ’Decreto-Pilatos’
      por Rafael Martinelli
    • política
      Dimas e Evandro escorregam na poça d´água da política; mais guardas não é prioridade em uma pandemia
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Vídeo protesto: Associação Comercial faz terraplanismo contra distanciamento social em Cachoeirinha; alerta de cancelamento
      por Rafael Martinelli
    • política
      Em artigo bomba, Marco Alba apela para MDB deixar governo Leite; o ’capitalismo de compadres’
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.