notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 04/08/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    política

    Vera Sarmento e Jefferson Lazzarotto

    Partido, partido, é dos trabalhadores

    por Rafael Martinelli | Publicada em 12/06/2020 às 16h30| Atualizada em 14/06/2020 às 22h54

    A pandemia não curou o PT.

    O vírus do ‘nós contra eles’ já tomou os mais variados órgãos da estrutura partidária e, apesar do legado mais nobre e, ao menos ainda, incomparável dos petistas, parece uma variação do bolsonarismo.

    Para analisar, coloco numa ‘placa de petri’ o exemplo de Cachoeirinha, onde o partido já mandou com o prefeito José Stédile, e hoje não junta fumantes ou não fumantes.

    O racha já sabia quem leu artigos que postei como Lazzarotto é o candidato do PT à Prefeitura de CachoeirinhaA briga na raiz do PT de CachoeirinhaPT de Cachoeirinha tem seu Guaidó; cumpra-se, ou dissolva-se e Um gesto para o PT estreitar inimizades em Cachoeirinha.

    Nesta semana, a divisão mostrou o descontentamento com um pragmatismo implacável, que é o grande enredo do desfile de alas partidárias: depois que se ergue uma maioria de garrafinhas na votação interna, por vezes despedaça-se a unidade.

    No mesmo dia em que Vera Sarmento, ex-conselheira tutelar e petista histórica, foi indicada vice de Jeferson Lazzarotto pelo PCdoB, partido no qual poucos sabiam que estava filiada, também foi comunicada desfiliação pelo candidato a prefeito do partido em 2012, Volnei Borba Gomes, que fez 12.613, ou 20% dos votos na eleição. Ivolnei Teixeira, coordenador regional do partido também sai, junto a outros líderes comunitários.

    O caminho dos dois, não tenho dúvidas, não sai da esquerda até o centro da ferradura ideológica. Para direita, não. Pode ser, inclusive, reforço para a reeleição do prefeito Miki Breier (PSB). Já a chapa Lazzarotto/Vera representa, além da maioria de hoje no PT, construída pelo presidente David Almansa e sua experiente conselheira, Ana Fogaça, o que mais à esquerda estará nas urnas em 2020, já que o PSOL não deve ter candidato.

    Ao fim, que o partido é partido, nenhuma novidade, seja onde for. Relembro manchete histórica que fiz em Gravataí, 2008, quando o prefeito Sérgio Stasinski teve a reeleição barrada pelo seu criador, Daniel Bordignon. Usei um refrão de campanha, um hino que tantos ouviram dos todo-poderosos petistas da política dos anos 2000: “Partido, partido, é dos trabalhadores”.

    É como tratei já tratei ainda no ano passado em A esquerda possível de Miki é impossível; canhotos unidos só na cadeia, quando o prefeito escreveu o artigo "Uma nova esquerda é possível". Um lado da ferradura ideológica só se une para dividir a quentinha em refeitório de presídio, figura eternizada na frase de Frei Betto na época da ditadura.

     

    LEIA TAMBÉM

    É o PT com cara de povo, pobres, negros, mulheres e LGBTs, diz Almansa, eleito presidente

    BOM, enquanto durar; os riscos para bloco de oposição em Cachoeirinha 

    Luta de classes no PT Cachoeirinha?; Almansa defende BOM

    Eles querem fazer um Uruguai em Cachoeirinha

    PT: esperança vai de All Star

    • crise do coronavírus
      Gravataí registra 1 morte a cada 24h em agosto
      por Redação
    • política
      Paz vai à guerra; áudio vazado detona oposição
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Miki cedeu; Cachoeirinha vai abrir até bares, boates e cinemas
      por Rafael Martinelli
    • mundo
      Gravataiense radicado no Líbano está à salvo de explosão em Beirute
      por Redação
    • operação capital
      Como político de Gravataí foi envolvido na ’Lava Jato de Viamão’; Carlito Gandhi de Calcutá
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí território livre da cloroquina; é fria, prefeito!
      por Rafael Martinelli
    • política
      O post feliz de Dilamar; apoio de Bordignon a Dimas não é
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí em ’coma’ pela COVID; Mortes crescem 300 por cento e prefeito alerta paradas, interior e Moradas
      por Rafael Martinelli
    • política
      Dimas e Evandro escorregam na poça d´água da política; mais guardas não é prioridade em uma pandemia
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.