notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 13/07/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Miki Breier, prefeito de Cachoeirinha e presidente da Granpal, protagonizou reunião com Marchezan na Prefeitura de Porto Alegre

    Todos contra o pedágio de Marchezan!; sorriam empresas de ônibus, vocês terão seu aumento

    por Rafael Martinelli | Publicada em 14/02/2020 às 18h28| Atualizada em 20/02/2020 às 13h43

    Siga nota sobre o ‘pedágio do Marchezan’, divulgada pela Granpal, a associação dos municípios da região metropolitana, e, ao fim, comento.

     

    “(...)

    Em reunião na Prefeitura de Porto Alegre, o presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana (Granpal), Miki Breier, reafirmou a contrariedade em relação à cobrança de pedágio para veículos de fora da Capital. Acompanhado por prefeitos, Miki externou a necessidade de um profundo debate sobre o tema.

    – A cobrança altera toda a relação entre os municípios da Região Metropolitana. Imaginem se muitas das cidades passem a utilizar o princípio de reciprocidade e comecem a cobrar igualmente uma tarifa para carros que venham de Porto Alegre – apontou o presidente da Granpal e prefeito de Cachoeirinha.

    No entanto, Miki Breier relatou há consenso dentro da Granpal sobre outros projetos apresentados pela Prefeitura de Porto Alegre, como a revisão de gratuidades, a unificação da tarifa e a isenção de ICMS do diesel para o transporte coletivo.

    – O trabalhador humilde, que vem da Região Metropolitana com o seu carro popular, não pode ser mais tarifado – avaliou.

    Por sua vez, o prefeito da Capital, Nelson Marchezan, apresentou os principais fatores que influenciam no custo da passagem e os projetos protocolados pelo Executivo municipal sobre o transporte urbano. Ao final da reunião, Miki Breier reforçou que o tema do transporte metropolitano é complexo, destacando que a Granpal aprofundará a discussão para propor alternativas em comum.

    Também participaram os prefeitos de Canoas, Luiz Carlos Busato, e de Esteio, Leonardo Pascoal; e os vice-prefeitos de Charqueadas, Edilon Lopes, e de Sapucaia do Sul, Arlenio da Silva. Ainda estiveram presentes o superintendente da Metroplan, Rodrigo Schnitzer, e representantes de órgãos de controle e outras entidades.

    (...)”

     

    Analiso.

    Essa história de ‘aprofundar debate’ é ‘jogar na conta do Nereu’, não o deputado federal com ligações com Cachoeirinha Nereu Crispim, o inimigo número 1 do ‘véio da Havan’, mas aquele da anedota, o que ‘não pagou, nem eu’.

    Quando políticos criam ‘grupos de trabalho’ para tratar de algo, pode programar seu celular para despertar daqui a seis meses.

    Tratei do ‘pedágio’ no artigo Precisamos falar sobre o ’pedágio’ de Marchezan; vereadores, parem de caçar cliques!. Não considero uma ideia maluca. Não só por ser 'socialista', como Rosane Oliveira descreveu em um inspirado homicídio da ideia. É simplesmente porque é preciso alguma medida para incentivar o transporte coletivo, diminuir o número de carros nas ruas e taxar empresas de aplicativos como Uber, Pop e Cabify.

    Mais ou menos algo como fazem aqueles comunistas subdesenvolvidos londrinos (os moradores de Londres, Inglaterra, não de Londrina, Paraná, que deram 8 a cada 10 votos para Jair Bolsonaro em 2018).

    Ao fim, depois de toda fumaceira, sem nenhuma alternativa concreta apresentada as empresas de ônibus terão seu aumento de 11% e a passagem em Porto Alegre vai custar R$ 5,20, e os 9 mil cobradores serão os sapateiros da vez.

    Aguardemos na parada a vez de Gravataí e Cachoeirinha. Vai demorar mais que um Sogil, mas menos que um Stadtbus ou um Transcal.

    • negócios
      Atacado do Zaffari vai abrir ao lado da Havan de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Candidato a prefeito luta contra COVID 19
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Não há ’surto’ da COVID 19 na Clínica Rebelato; a informação liberta
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Não há ’Covidão’ nas suspeitas sobre hospital de campanha de Cachoeirinha; mas, secretário, pede para sair!
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Ricos de Gravataí poderiam pagar por serviços domésticos proibidos na pandemia; a vaquinha da piscina
      por Rafael Martinelli
    • campanha
      Bebê de Gravataí volta para casa após 100 dias hospitalizada; vaquinha online conseguiu respirador
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí e Cachoeirinha testam 8 vezes menos do que recomenda OMS
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Em 10 dias, Gravataí e Cachoeirinha tem mais casos do que em 4 meses de pandemia
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha não vai fornecer Cloroquina no ’kit COVID 19’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Não vai ter helicóptero distribuindo Cloroquina pelos céus de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí vai fornecer Cloroquina pelo SUS; a responsabilidade está com os médicos
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Nem com COVID 19 Bolsonaro ajuda; fãs já morreram em Gravataí e Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    [email protected]

    Roberto Gomes | DIRETOR | [email protected]
    Rafael Martinelli | EDITOR | [email protected]
    Cristiano Abreu | EDITOR | [email protected]
    Guilherme Klamt | EDITOR | [email protected]
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.