notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 14/12/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Fernando Deadpool apresentou em seu perfil no Facebook o Uno que agora dirige para facilitar seu trabalho comunitário

    Marvel não quer super-heróis em campanha; e agora Deadpool de Gravataí?

    por Rafael Martinelli | Publicada em 28/11/2019 às 12h14| Atualizada em 04/12/2019 às 14h07

    Outsider mais famoso da política da aldeia, Fernando Pacheco (Republicanos), o Deadpool de Gravataí, possivelmente não poderá usar o nome, ou mesmo se travestir de super-herói na campanha para vereador em 2020.

    A Marvel Comics vai acionar judicialmente, mundo afora, políticos que usarem personagens na busca de voto.

    A editoral já mandou uma carta para o vereador democrata norte-americano Bem Kallos, pedindo que pare de se fantasiar como Capitão América em campanhas políticas.

    Escreveu Eli Bard, um dos chefes do conselho da Marvel:

    – Caro vereador Kallos. Escrevo esse pedido para que sua campanha se afaste de usar personagens da Marvel em seus anúncios […]. Por mais que a Marvel aprecie sua afeição por nossos personagens e dê as boas vindas ao seu apoio como fã, nós pedimos que nossos personagens não sejam utilizados para propósitos políticos ou em campanhas eleitorais.

    Fumando um cigarrinho em frente ao CTG Aldeia dos Anjos, no aniversário de Jones Martins (MDB), perguntei a Fernando o que faria:

    – Mudo uma letrinha, alguma coisa na roupa – disse.

    O estudante de Educação Física mostrou surpresa por, após ter anunciado a candidatura, ter virado alvo de políticos e aspones em redes sociais.

    – Só quero como vereador potencializar meu trabalho comunitário – garante aquele que já catalisa vilanias do meio político por ser um dos favoritos para ser eleito entre os próximos 21 vereadores.

    Nos corredores e elevadores do kinder ovo da Câmara, e em grupos de WhatsApp com participação de políticos, o anúncio da Marvel já foi compartilhado, invariavelmente acompanhado por emojis de gargalhadas.

    Inegável é que Deadpool começou um trabalho bonito ao assar pães, vender na rua e reverter parte dos lucros para pagar gastos com a faculdade – é bolsista do ProUni – e outra para doar cestas básicas a família carente. Na reportagem em texto e vídeo de Silvestre Silva Santos, Deadpool, super solidário pelas ruas de Gravataí, o Seguinte: contou a história de Fernando, que depois ganhou rede nacional no SBT, no programa da Eliana.

    Mas, naturalmente, criptonitas apareceram no caminho assim que o jovem de 21 anos resolveu levar o alter ego de Wade Wilson para a política, como contei em artigos como O dia em que Deapool virou um super-herói político,  O desabafo do Deadpool após demissão de namorada CC da Prefeitura, Fernando Deadpool faz tipo Carol Portaluppi; antes de eleito vereador, já anuncia CCsFesta para Fernando Deadpool virar político; Batmans e Coringas e links relacionados nos textos.

    Ao fim, o Deadpool de Gravataí precisa estar atento. Há mocinhos e vilões querendo tirá-lo da eleição. Como tenho a mania de acreditar na bondade das pessoas, ainda vou escrever um manual e oferecer a ele, para que evite que sua solidariedade seja confundida com compra de votos.

    Já dou uma dica, que não tem nada a ver com o tapetão da justiça: nas aulas de Hapkido que nosso super herói e sua equipe dão no loteamento Breno Garcia, fica chato ‘sortear’ uma cesta básica, já que a grande maioria são crianças de famílias carentes.

    • coluna do silvestre
      O final feliz da novela do Mato do Júlio
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • 3º Neurônio | humor
      Questionar? Eis a questão
      por Fraga
    • opinião
      Comissão apura caso de assédio moral na Câmara de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      BOM de Cachoeirinha ganhou perdendo; o diálogo MarxDonald´s
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      A demagogia sobre o salários dos professores; o burro e a récua
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Prefeitura bota Ireno Michels no pregão
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • 3º Neurônio | comic con
      O conteúdo que faltou na maior feira de cultura pop do mundo
      por Silvio Teixeira
    • opinião
      TJ suspende CPI que pode cassar vereadora; é o ’interessecídio’
      por Rafael Martinelli
    • codes
      Prefeito anuncia obras de Gravataí para 2020
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Previdência custará 30 Pontes do Parque até 2022; Marco Alba fará reforma?
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Acigra tem a primeira presidente mulher
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • urgente
      Marco Alba envia projetos para salários de professores; leia na íntegra
      por Rafael Martinelli
    • rs-020
      Gravataí pressiona para assumir novo trecho da 020
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      É oportunismo projeto sobre ’escândalo dos livros’; quem é o próximo?
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O ’escândalo dos livros’ que não era escândalo; menos, vereador!
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.