notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 21/11/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Requerimento foi protocolado na tarde desta segunda-feira

    Vereador quer CPI para denúncias de fraude no SUS em Gravataí

    por Rafael Martinelli | Publicada em 21/10/2019 às 16h46| Atualizada em 29/10/2019 às 14h02

    O vereador Dilamar Soares colhe assinatura para abrir Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara de Gravataí para apurar “se os médicos credenciados na rede SUS estão exigindo valores dos pacientes para realizar o procedimento de forma particular causando prejuízo financeiro ao paciente e prejuízo social ao município, bem como se há compartilhamento de dados de pacientes com terceiros”.

    Vamos às informações e, ao fim, comento.

    Conforme o requerimento, protocolado nesta segunda no legislativo, o parlamentar quer investigar o recebimento de dinheiro “por parte dos médicos credenciados na rede SUS que exigem valores dos pacientes para realizar o procedimento de forma particular, muitas vezes alongando-se em encaminhar ou deixando de encaminhar a referência SUS para o procedimento”.

    Dilamar explica que “a propositura da referida CPI se motiva inicialmente pelo fato de que este vereador recebeu denúncias acompanhadas de print's de conversas onde médicos estão induzindo pacientes a realizar os procedimentos em seus consultórios e clínicas conveniadas mediante o argumento de que via SUS vai demorar”.

    E acrescenta que “além disso pacientes que aguardam procedimentos na fila SUS estão recebendo ofertas de clínicas particulares para realizarem justamente o tratamento que esperam, o que leva este representante a crer que pode estar ocorrendo vazamento de informações de fichas que deveriam ser mantidas em sigilo”.

    Conforme o artigo 76 da Resolução n° 0006/2016, de 12 de setembro de 2016 (Regimento Interno), que regra as CPIs, para abertura da investigação são necessárias assinaturas de pelo menos sete entre os 21 vereadores.

    Caso aprovada, a comissão deverá indicar o número de membros e o prazo de funcionamento, que não poderá ser superior a 90 (noventa dias), podendo ser prorrogado por igual período.

     

    Analiso.

    Essa é uma ‘CPI do bem’, se em seu curso a investigação não cair na UTI da briga política, já que Dilamar é oposição ao atual governo.

    – Não é CPI política, não é para desgastar governo, é para apurar denúncias gravíssimas de usuários do SUS – garantiu o vereador ao Seguinte:, por intermédio da assessoria.

    Se comprovadas as denúncias há, no mínimo, uma máfia de venda de cadastros em atuação.

    Aguardemos.

    A última CPI que mexeu com fraudes no SUS não deu em nada. Foi aquela que apurava o envolvimento de médico de Gravataí com o escândalo das próteses, que ganhou reportagem no Fantástico.

    • 3º Neurônio | comportamento
      Terapia de casal, mas de casal de amigos
      por Ana Bulnes Fraga | El País
    • 20 de novembro
      Gravataí abre a Semana da Consciência Negra
      por Redação
    • opinião
      O dia em que a Câmara foi o STF; e deu empate!
      por Rafael Martinelli
    • personagens
      Quem é Sirmar Antunes, o ator que respira arte, negritude e Gravataí
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      A reeleição de Miki e a desfiliação de Ibarú e Marco
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Cassação ameaça outra conselheira tutelar eleita
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Escola Tuiuti está mais perto do fim
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Aniversário de Miki mostra força para reeleição
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Repercussão política foi instantânea do ’reajuste zero’
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      LDO prevê ’reajuste zero’ para funcionalismo
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.