notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 26/05/2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    utilidade pública

    O município fez um contrato emergencial, de 180 dias, com a empresa EPPO, a fim de melhorar o serviço e reduzir o custo, no entanto, a outra empresa precisa retirar os seus contêineres, para que o serviço possa ser executado pela nova prestadora

    Como Cachoeirinha vai resolver ’crise do lixo’; 300 mil a menos por mês

    por Redação | Publicada em 10/09/2019 às 16h43| Atualizada em 11/09/2019 às 16h50

    Para resolver a 'crise do lixo' dos últimos dias a Prefeitura de Cachoeirinha informa que contratará uma nova empresa para fazer o recolhimento. O prefeito Miki Breier assinou um contrato emergencial, de 180 dias, com a empresa EPPO, a fim de melhorar o serviço e reduzir o custo.

    Siga nota publicada no site oficial do município, que é de utilidade pública, e, em um próximo artigo, comento.

     

    "(...)

    – Serão 250 novos contêineres, que já estão na Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos, aguardando a liberação para serem distribuídos pela cidade – informa o secretário Brinaldo Mesquita.

    O governo rescindiu de forma unilateral o contrato n° 084/2013 com a empresa Cone Sul – responsável pela coleta automatizada, transporte e destinação final do lixo recolhido – e, por consequência, seus termos aditivos.

    A empresa tem o prazo de 30 dias, a contar da notificação, realizada no dia 28 de agosto, para retirar os seus contêineres e suspender o serviço, para que a empresa contratada emergencialmente possa executar a coleta do lixo.

    No entanto, a Cone Sul não está cumprindo com suas obrigações contratuais, além de não retirar os contêineres, não está recolhendo o lixo.

    – O município já está tomando as medidas legais cabíveis e, para não deixar a cidade sem a coleta, a Prefeitura, dentro das possibilidades, está recolhendo o lixo, com caminhão próprio – esclarece o secretário de Governança e Gestão, Gilson Stuart.

    A secretária de Modernização Administrativa e Gestão de Pessoas, Aline Mello Lima, explica que o contrato com a Cone Sul foi prorrogado seis vezes, desde 2014, e que o município optou pela rescisão visando à redução de custo e a melhoria do serviço.

    – O contrato com a empresa EPPO gerará economia para o município, tendo o valor mensal de pouco mais de R$ 1 milhão (R$ 1.000.064). O contrato anterior com a Cone Sul tinha um custo de cerca de R$ 1,3 milhão por mês.

    O edital de licitação para a contratação da nova empresa está sendo elaborado e será balizado no valor do contrato emergencial

    (...)".

    • crise do coronavírus
      Morador do São Vicente é quarta vítima da COVID 19 em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Uma máscara para 30 dias na UPA; vereador denuncia empresa terceirizada
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Mais duas mortes pela COVID 19 em vizinho de Gravataí
      por Cristiano Abreu
    • crise do coronavírus
      Contágios em famílias de Gravataí mostram perigo do vírus; é homicídio, não suicídio
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí não terá ’apartheid escolar’; Marco Alba, proíba o governador de mandar alunos pobres para sala de aula!
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Gravataí não volta às aulas em junho; alerto para o ’apartheid escolar’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      5 profissionais da UPA de Gravataí tem COVID; é o ’novo normal’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Em nota, vereador de Gravataí reage à ’denúncia das fake news’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Governo federal não mandou respiradores para Gravataí; o ’plano B’
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      A reinvenção do comércio de Gravataí; o exemplo do Doug
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Áudio de vereador está no Ministério Público em ’denúncia das fake news’; ouça
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Profissionais da UPA são testados para COVID 19; Gravataí tem 50 casos
      por Rafael Martinelli
    • crise do coronavírus
      Cachoeirinha supera Porto Alegre em incidência da COVID; um dia de 23 confirmações
      por Rafael Martinelli
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Cristiano Abreu | EDITOR | cristiano@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.