notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/08/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Ainda faltam médicos em Gravataí; 35 mil atendimentos perdidos

    por Rafael Martinelli | Publicada em 02/07/2019 às 15h15| Atualizada em 09/07/2019 às 18h49

    Credito à Senzala com Complexo de Casa Grande notícias sobre o ‘menos médicos’ em Gravataí repercutirem pouco nas redes sociais.

    Parece não importar que ainda faltem 10 médicos na periferia, desde a saída dos ‘escravos’ cubanos que atendiam pelo Mais Médicos.

    Como relatei no artigo Médicos não querem trabalhar na periferia de Gravataí, publicado em dezembro no Seguinte:, o escalte de hoje, que não faço por esporte, mas por dever de ofício, segue o mesmo do final de 2018: apenas 10, dos 18 profissionais inscritos se apresentaram para trabalhar em bairros pobres, que perderam 5 mil atendimentos mensais nas unidades de saúde da família.

    Conforme a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), 28 milhões de brasileiros tiveram o acesso à saúde drasticamente prejudicado após o enfrentamento entre o agora presidente Jair Bolsonaro e Cuba.

    Em dezembro, postei, no artigo Só metade dos médicos apareceram em Gravataí; calma, há esperança:

     

     "(...)

    Acalmem-se os sempre nervosos, os indícios são de que, se não em Calabaço, no Ceará, que nunca tinha visto um médico antes da chegada da escrava cubana que atendia lá, Gravataí logo preencha as vagas que ficaram em aberto.

    Não sou secador de pobre, então, de verdade, não vejo a hora de postar a manchete: “Médicos brasileiros já substituíram todos os cubanos em Gravataí”.

    (...)".

     

    Infelizmente, quase 35 mil atendimentos a menos depois, ainda não chegou a vez das Marias, Joões e Cauãs, patriotas ou não, conhecerem novos ‘doutores e doutoras’.

    • supermercados
      Agas quer vendas de R$ 520 milhões na Expoagas 2019
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • eleição 2019
      A lista de quem pode concorrer ao Conselho Tutelar
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Em recuperação, vereador Nadir ainda evita visitas
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Anabel também vai para trás do muro? Postou e apagou Lula
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Áureo assume Mobilidade; na fila para Prefeitura
      por Rafael Martinelli
    • tecnologia da informação
      AGTI coloca Gravataí na vanguarda
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • cultura
      Falta uma semana para o Festival de Teatro
      por Redação
    • economia
      2 em cada 10 novas vagas são por dia ou horas
      por Heloísa Mendonça | El País
    • av. dos estados
      Um dos maiores problemas de alagamento perto da solução
      por Redação
    • opinião
      Stasinski vs Márcio Souza; quem ganhou o PV de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • duplicação
      Presidente do BNDES elogia ritmo das obras na RS-118
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • panificação
      Uma indústria que só cresce em Gravataí e Cachoeirinha
      por Silvestre Silva Santos
    • coluna do silvestre
      O novo Asun de Gravataí quer expandir a rede
      por Silvestre Silva Santos
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.