notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/09/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    opinião

    Prefeito postou vídeo em suas redes sociais

    Acerta Miki ao chamar impeachment de molecagem; assista ao vídeo da polêmica

    por Rafael Martinelli | Publicada em 23/05/2019 às 14h27| Atualizada em 04/06/2019 às 19h28

    Talvez a formação como ex-seminarista fã da Teologia da Libertação tenha inspirado a candura do prefeito Miki Breier no vídeo que gravou condenando o processo de impeachment que responde ao lado do vice Maurício Medeiros.

    Miki poderia ter contado por quem os sinos dobram, nos 3 minutos em que fala ao povo de Cachoeirinha. Mas foi brando e se arranhou um pouco o decoro que a liturgia do cargo exige, foi ao alertar para “pessoas mal intencionadas”, que com “molecagens” brincam com a honra e “fazem de Cachoeirinha um circo”.

    O vídeo revoltou o presidente da Câmara, Fernando Medeiros, que foi à tribuna terça reclamar que a fala do prefeito induz o imaginário popular a ver o legislativo como “uma casa de moleques” e processo como “um circo”.

    Mas onde erra Miki?

    Esse golpeachment é uma molecagem em uma cidade perdida em meio à fumaça do pinote da Souza Cruz, onde o prefeito da vez é um administrador de folha de pagamento, já que a cada 10 reais que entram, seis vão para o olerite do funcionalismo.

    Em 2016, o governo anterior, com praticamente os mesmos vereadores, e todos governistas, fechou com uma festa do cabide de CCs, contratos emergenciais e 70% da receita comprometida com a folha de pagamento.

    É uma delinqüência moral parar um governo eleito com 34 mil votos a partir de denúncias frágeis, sem provas robustas de danos aos cofres públicos e, o principal, sem corrupção.

    Onde estava essa gente nos últimos dois anos, que não agarrados a tetas públicas?

    Miki não falou por quem os sinos dobram, mas resta a suspeita, no momento em que o prefeito alerta para a existência de “um pequeno grupo interesseiro”, para o qual não vai “ceder a pressões descabidas que não beneficiem a qualidade dos serviços prestados”.

    Há, ou não, um fedor de chantagem no ar?

    A molecagem em Gravataí (e, curioso, em nossa tragicômica política o defensor de hoje do prefeito foi o moleque de ontem, ao apresentar um impeachment consumado sem nenhuma condenação para Rita Sanco e Cristiano Kingeski) não saiu de graça para os golpistas – e aqui não me refiro a bônus, mas ao ônus: dos 21 atuais vereadores, sobraram apenas dois entre os que em 2011 aprovaram a cassação da prefeita.

    E, politicamente, ninguém chegou mais longe do que o kinder ovo da Câmara, e nem tem perspectiva de chegar, exceto Nadir Rocha, camerlengo da sé vacante que assumiu como prefeito interino por poucos dias no ano da cassação e nos três meses antes da eleição suplementar de 2017.

    A história cobra a conta.

    Acerta Miki no vídeo. E Fernando Medeiros não precisa ficar ofendido e achar que o prefeito chamou vereadores de palhaços. Os palhaços, não no sentido lúdico, e sim pejorativo, são os moradores de Cachoeirinha.

     

    Assista ao vídeo

     

    ACOMPANHE A 'SAGA' DO IMPECHMENT NOS LINKS ABAIXO

    Vereadores nos tiraram para idiotas

    Devolvam já os salários indecentes, políticos de Cachoeirinha!

    Miki não mentiu sobre ligação de autor do impeachment com PSB

    Autor do impeachment pedirá afastamento imediato de prefeito e vice

    Os vereadores dos sonhos de Miki

    ’Golpeachment de DVD’ no judiciário; 0 a 0, ainda

    Os votos que vão salvar prefeito e vice da cassação

    Não estou por trás de golpe contra Miki, diz Marco Barbosa

    Não há corrupção no governo, diz presidente da Câmara; Fernando Medeiros fala sobre o golpeachment

    Cláudio Ávila defende Miki de golpeachment; o alvo é o ’parenticídio’

    ENTREVISTA | Sofreu chantagem? Cortou ’mensalinho’? Sob ameaça de cassação, Miki responde essas e outras

    Nota de autor do impeachment é uma piada

    Golpeachment contra Miki e Maurício pode ser apresentado hoje; respeitem o voto, vereadores!

    Conheça o pedido de impeachment de prefeito e vice

    Câmara aceita abertura de impeachment de prefeito e vice

    • opinião
      MP denuncia político de Cachoeirinha por fraude no Daer
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Novo carro da GM de Gravataí mira nos jovens
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • cachoeirinha
      Prefeitura ganha ação que cobrava 9 milhões para empresa falida
      por Redação
    • bem estar animal
      Centro de Saúde Animal fará castrações gratuitas em Cachoeirinha
      por Redação
    • ouvidoria
      Como reclamar ou pedir orientações para a Prefeitura
      por Redação
    • opinião
      Miki e a ’coisa estranha’ no contrato do lixo
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Quando Câmara de Gravataí acertou e o governador errou
      por Rafael Martinelli
    • duplicação
      Retomada construção de viaduto na RS-118
      por Redação
    • opinião
      Cachoeirinha está perdendo 3 empresas
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Big. Walmart. Agora é Big outra vez.
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Carta de petista aos seus; Kingeski e ’culto à personalidade’
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Começam a ser vendidos os novos Onix
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      Na ’crise do lixo’, moradores não podem ser usados
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      O que nem a ZH contou sobre os carros da GM
      por Silvestre Silva Santos
    • opinião
      PDT & PSL; a Inquisição que cada Ideologia merece
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      A genial malandragem política que Lula ensina
      por Rafael Martinelli
    • entrevista
      Bolsonarismo está vivo; diz presidente do PSL
      por Rafael Martinelli
    • em vídeo
      O Nadir é pop!; após o infarto, ’avisa lá que eu tô voltando’
      por Rafael Martinelli | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Se Evandro for vice de Dimas tem ’tchau, querido’?
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Antecipar 13º é obrigação?; a ’ideologia dos números’
      por Rafael Martinelli
    • personagens
      Como vive monsenhor Irineo Flach depois da Igreja Matriz
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • entrevista
      É o PT com cara de povo, diz Almansa, eleito presidente
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Como ficou plano de incentivo a demissões na Pirelli
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      O beijo gay e o exemplo de Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Fernando Deadpool faz tipo Carol Portaluppi; já tem CCs
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Zaffalon não sabe mentir; os gestores de 1,99
      por Rafael Martinelli
    • religião
      A casa de Gravataí onde ficam os padres aposentados
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.