notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/04/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    entrevista

    Miki Breier recebe o cargo de André Pacheco, prefeito de Viamão | Foto CAROL CANDIDO

    O vôo de Miki Breier

    por Rafael Martinelli | Publicada em 12/04/2019 às 15h59| Atualizada em 18/04/2019 às 12h27

    Miki Breier (PSB) assumiu a presidência da Granpal, a associação dos municípios da Grande Porto Alegre, que reúne Porto Alegre, Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Charqueadas, Eldorado do Sul, Esteio, Glorinha, Gravataí, Guaíba, Nova Santa Rita, Santo Antônio da Patrulha, Sapucaia do Sul, Viamão, Taquari e Triunfo.

    Após a posse nesta manhã, o Seguinte: ouviu o prefeito sobre os planos para sua gestão e também sobre o novo momento do governo em Cachoeirinha, o que, aliado com o momento de paz pela qual atravessa o PSB, Miki parece alçar vôo tranquilo para disputar a reeleição.

     

    Seguinte: – O que é possível fazer na Granpal?

    Miki – Acabei de tuitar que a vida acontece no município, mas não se restringe aos limites, às fronteiras. Questões de saneamento, despoluição do rio Gravataí, transporte urbano, a duplicação da RS-118, saúde e segurança estão conectadas. Não adianta um município funcionar bem e outro estar um caos. A Granpal também nos permite fazer compras consorciadas a preços mais baixos, como medicamentos e material escolar. E também mostrar força em Brasília, no debate sobre o pacto federativo. Neste momento, a grande reivindicação é que os recursos da educação, do Fundeb, sejam repassados diretamente às prefeituras, como acontece com a saúde. Essa descentralização é uma promessa do presidente Jair Bolsonaro, com que nos encontramos na Marcha dos Prefeitos em Brasília. Mas é preciso ficar em cima, porque também foi promessa, não cumprida, de outros presidentes.

     

    Seguinte: – Quem serão teus diretores executivos?

    Miki – Posso jogar até no gol, já que tenho um Geromel e um Kannemann: o José Luis Barbosa, que foi presidente da Fundação de Proteção Especial do RS (FPE), e o Pedro Francisco da Silva Filho, que foi meu chefe de gabinete e hoje leciona no colégio Dom Feliciano.

     

    Seguinte: – A UPA (unidade de pronto atendimento) 24h é um símbolo, mas parece que o governo finalmente deslanchou...

    Miki – Ainda enfrentamentos muitas dificuldades. Nosso gargalo ainda é o gasto com a folha, que está em 60,49%, mas era de 77% quando assumimos. Mas estamos de fato conseguindo deslanchar, com criatividade e esforço coletivo do secretariado. As medidas que adotamos no início do governo, com cortes, contenção de gastos e economia, mostraram que não estávamos para brincadeira, que queríamos arrumar as finanças para entregar melhores serviços. Firmamos parcerias, como nas calçadas da Flores da Cunha e na reforma do Cras Anair e projetamos R$ 8 milhões em obras de infraestrutura, como asfalto e saneamento, com um fundo que articulamos na assinatura da prorrogação do contrato com a Corsan. Também vejo como uma inovação o estacionamento rotativo, que terá uma plataforma inédita no Rio Grande do Sul.

     

    LEIA TAMBÉM

    Uma UPA 24 Horas para atender até 5 mil pessoas por mês

    Como vai funcionar estacionamento rotativo de Cachoeirinha

     

    Seguinte: – Será dado reajuste para o funcionalismo? Se não, temes uma nova greve?

    Miki – Com o gasto que temos com a folha, bem acima do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (que é de 54%), não há como dar reajuste. Temos sido transparentes com o sindicato. Em janeiro de 2017 assumimos os 5% negociados pelo governo passado, mas depois não foi mais possível dar reposição. Porém, enquanto alguns municípios atrasaram salários, temos pago em dia e, quando possível, adiantado. Sobre greve, respeitamos qualquer movimento, mas não me parece momento adequado. As contas estão abertas para quem quiser ver.

     

    LEIA TAMBÉM

    Miki, amigo honorário dos servidores

    OPINIÃO | O palavrão de Miki está dando certo

     

    Seguinte: – A reeleição parece natural. Qual momento para tratar da candidatura?

    Miki - Enquanto prefeito eu prefiro falar de 2020 apenas em 2020. Ainda há muito para ser feito na prefeitura. É claro que se vive já o que chamo de tensão pré-eleitoral, como em todo ano de véspera de eleição, mas quem está no governo não pode pensar nisso, tem que focar em governar.

     

    LEIA TAMBÉM

    Maioria aprova governo Miki, diz pesquisa

     

    Seguinte: – Se não adianta perguntar se a chapa da reeleição será mantida, faço uma questão diferente: o Maurício Medeiros (MDB) é o vice que todo prefeito quer?

    Miki – É o vice dos sonhos. Foi prefeito na década de 90 e Brasília é a casa dele. Sempre volta com algum boa notícia, já repactuou a dívida da previdência, conseguiu mais prazo para não perdermos o recurso para construção da praça do Centro de Artes e Esportes Unificados. É um vice que ajuda, não conspira contra o prefeito.

     

    LEIA TAMBÉM

    Filha do vereador Deoclécio é secretária; a grande jogada de Miki

    Entrevista com Miki Breier

    • ensino
      Quem é o paulista que veio dirigir o Gensa e a Facensa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      A ‘barbie do bem’ é o Brasil feio ganhando o BBB
      por Rafael Martinelli
    • mobilidade
      Donos de imóveis vão bancar melhoria das calçadas
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Governo blinda PL de extinção do Ipag Saúde
      por Rafael Martinelli
    • freeway
      Feriado deve levar 75 mil veículos ao litoral
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • opinião
      O ’Beijo de Judas’; prefeito ainda tem 12 apóstolos?
      por Rafael Martinelli
    • cidade
      Como será o novo serviço de saúde de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      A lista de vereadores na mira dos ’caça fantasmas’
      por Rafael Martinelli
    • projeto
      Bomba Amiga vai ajudar Bombeiros, BM e socorristas
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Sobre o tiro no Lula; a censura togada
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      A polêmica da Cruz Missioneira; você já odiou a cultura hoje?
      por Rafael Martinelli
    • rs-030
      Prefeito vai adiantar verba para acesso ao Breno Garcia
      por Silvestre Silva Santos
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.