notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/01/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    cachoeirinha

    1ª Parada LGBTI levou 5 mil pessoas ao Parcão, conforme organizadores

    OPINIÃO | Parabéns ao primeiro prefeito a apoiar a ’Parada Gay’

    por Rafael Martinelli | Publicada em 05/11/2018 às 13h37| Atualizada em 12/11/2018 às 12h36

    Acertou o prefeito Miki Breier (PSB) em dar apoio a realização da primeira ‘parada gay’, que neste domingo reuniu um monte de gente no Parcão.

    É um gesto gigante de tolerância nestes tempos onde a comunidade lgbti anda com medo e deixa mães e pais preocupados ao sair às ruas carregando a bandeira com as cores do arco-íris.

    E a ideia da parada foi justamente reunir famílias, tratar a questão por um ângulo diferente e, neste momento, talvez necessário, para desarmar os espíritos: o das mães, que testemunham o preconceito e a depressão que a homofobia causa em suas crianças.

    Talvez Miki caia no ibope com os fiscais do derrière alheio, numa Cachoeirinha onde sete a cada dez votos foram dados ao bolsonarismo na campanha em que o ‘kit gay’ foi a fakenews mais compartilhada nas redes sociais.

    Talvez não. Quem sabe os ataques metralhados por teclados no Grande Tribunal das Redes Sociais sejam apenas ‘brincadeira’ de alguns, a velha desculpa que voltou à moda para justificar bullying com os direitos civis?

    Inegável é que o prefeito foi tão corajoso quanto ao pegar a boa contramão do senso geral e abrir as fronteiras para vinda de imigrantes venezuelanos.

    – A Parada LGBTI é mais uma demonstração de que a cidade é de todos. As diversas etnias, nacionalidades, crenças, orientações fazem parte de nossa história – argumentou Miki, na festa onde se apresentaram mais de 40 artistas, entre drag queens, DJs e MCs, sob o comando de Magnólia Summer.

    – Para a comunidade LGBTI esta é uma luta que ficará marcada na história de Cachoeirinha. Estamos orgulhosos. Queremos promover anualmente – comemorou o idealizador da parada e intérprete da drag apresentadora Ricardo Cavalheiro.

    O evento, feito todo com parcerias, não teve custo para a prefeitura. O que é um bom exemplo que fica para outros eventos, como festas do tradicionalismo ou marchas religiosas.

    Debite as críticas na conta do preconceito.

    Aos que acreditam: “Quem ama conhece a Deus”. Carta de João (I, 7)

     

    LEIA TAMBÉM

    OPINIÃO | A boa ideia da parada gay de Cachoeirinha

    • rs
      Ninguém de Gravataí no governo Leite
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Um mês para APPs dizerem como cuidam seus motoristas
      por Eduardo Torres
    • segurança
      O debate fetichista sobre a redução da maioridade
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Ulbra Gravataí demite um quinto dos professores
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      App leva profissionais da beleza até você
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • habitação
      Moradores querem financiar casas da Granja em 35 anos
      por Eduardo Torres
    • educação
      Kit escolar da Prefeitura tem data para ser entregue
      por Silvestre Silva Santos
    • polêmica
      Gravataí e Cachoeirinha podem ter armas liberadas
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Outro baleado, mas poucos motoristas param na região
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Farda não garante santidade; promoção, talvez
      por Rafael Martinelli
    • crime na saúde
      MP detalha repasses do Gamp e empresa de Gravataí
      por Eduardo Torres
    • freeway
      Marco Alba comemora troca de praça do pedágio
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Stédile, irmão de líder do MST é secretário de Leite; a verdade
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      CCR confirma mudança do pedágio
      por Silvestre Silva Santos
    • segurança
      Contra violência, motoristas de aplicativos prometem parar
      por Eduardo Torres
    • parceria público-privada
      RS-020 será concedida com pedágios
      por Rafael Martinelli
    • investigação
      MP faz conexão da investigação no Inter com Gravataí
      por Eduardo Torres
    • luto
      Não podemos ser como o Vilmar?
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Conheça os números da criminalidade em Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • cultura
      Em Cachoeirinha, a leitura tem parada obrigatória
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.