notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 16/08/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    eleições 2018

    Galatto pendurou as chuteiras em 2017 e concorre pela primeira vez em uma eleição

    Galatto vai para a batalha das urnas

    por Rafael Martinelli | Publicada em 08/08/2018 às 13h54| Atualizada em 13/08/2018 às 16h50

    Partido do gosto de uma celebridade nacional, Luciano Huck, e de um novo famoso local, Fernando Deadpool, o PPS de Gravataí aposta em uma personalidade da aldeia para chegar à câmara federal: Rodrigo Galatto, o herói gremista na ‘Batalha dos Aflitos’.

    – É simbólico começar a organização dessa nova batalha aqui onde me criei. Quero contar com essas pessoas que me conhecem desde sempre – discursou o goleiro, na primeira reunião em que, depois de percorrer 200 cidades do interior, deu a largada em sua pré-campanha na região metropolitana, no São Geraldo, bairro em que passou toda a infância e juventude.

     

    LEIA TAMBÉM

    OPINIÃO | O dia em que Deadpool virou um super-herói político

     

    Ao lado do hoje empresário do ramo alimentício estava Any Ortiz, estrela do partido no estado que concorre à reeleição para assembléia legislativa, e Eliseu Monteiro, presidente do PPS municipal que, especula-se, pela presença constante nos bastidores e em atividades partidárias, seja o novo caminho do vereador Dilamar Soares, que traz a experiência de campanhas com PSD, PMDB, PT e PDT.

    O evento, na parada 72, foi aos moldes que os apoiadores do goleiro Galatto já conhecem, poucos discursos e muitos abraços, selfies e declarações de gratidão pela defesa do pênalti mais importante da história do Grêmio. 

    A reunião terminou com uma surpresa: a banda do Imortal Bus, tradicional movimento tricolor de Gravataí, e a banda marcial do CIEP da Morada do Vale, alentaram o coração do eterno ídolo com canções da torcida tricolor.

    Morador do Alphaville em Gravataí, Galatto pendurou as chuteiras em janeiro do ano passado. Aos 34 anos, com a fama de segurar a grana como catava bolas com firmeza em seu auge no Grêmio, o agora ex-goleiro recusou propostas para continuar jogando e investiu em uma peixaria, a Calamares Peixes & Frutos do Mar, na Anápio Gomes, ao lado do amigo Daniel Kampff – seu fiel escudeiro desde os 10 anos de idade, quando os dois se criaram na 72.

    Galatto, que é da coligação que apoia os tucanos Eduardo Leite a governador e Geraldo Alckmin à presidência, é uma das incógnitas da eleição, já que do time de ex-jogadores gremistas da história recente, que vestiram a camisa da política, as urnas escalaram como titulares Danrlei e Jardel, mas deixaram no banco Dinho e Carlos Miguel.

    • esporte
      Estreia do Cerâmica é adiada em uma semana
      por Eduardo Torres
    • saúde pública
      O que mudou, e vai mudar, no Dom João Becker com Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • caso da maconha
      OPINIÃO | Mário Peres, entre a polícia, a câmara e a facção
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Juliano Paz aposta nas lives para falar com eleitor
      por Eduardo Torres
    • entrevista
      Dinheiro tirou Rosane Bordignon da eleição
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Testamos o carro elétrico da GM
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt e Divulgação/GM
    • tá na mesa
      O dia em Marco Alba contestou Caetano e Roberto Carlos
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Rosane Bordignon decide não concorrer
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      O Rio Gravataí é a sala de aula
      por Eduardo Torres
    • nota oficial
      Partido do vereador apoia investigação em caso da maconha
      por Rafael Martinelli
    • delegado confirma
      Vereador será investigado no caso da maconha
      por Rafael Martinelli
    • suspeita
      Saul Sastre é investigado por fraude no Daer
      por Eduardo Torres
    • operação
      Vereador diz que alugava prédio da meia tonelada de maconha
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Juliano Paz, um pé em Gravataí, outro em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • homenagem
      Diretora do Gensa e Facensa recebeu placa em Brasília
      por Silvestre Silva Santos
    • homenagem
      Denise, a Medonha, vai virar nome de biblioteca
      por Eduardo Torres
    • personagens
      COM VÍDEO | O caçador que abraçou um rio
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • coluna do silvestre
      Quem comprou o terreno do prédio mais alto
      por Silvestre Silva Santos
    • eleições 2018
      10 coisas sobre a foto que mexeu com a política local
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      OPINIÃO | Bagunça na Freeway, com Justiça & tudo
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O plano que vai definir a cobrança por uso da água do Gravataí
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.