notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 20/01/2019

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    eleições 2018

    Vera Lúcia Salgado, na TV Folha

    Em Gravataí a presidenciável mais à esquerda do país

    por Rafael Martinelli | Publicada em 31/05/2018 às 12h46| Atualizada em 04/06/2018 às 17h17

    Gravataí será capital do PSTU, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), neste sábado. Em um ato às 15h do sábado, na sede do partido na Rua Brasília, 174, parada 86 do Parque dos Anjos, a pré-candidata à Presidência da República, Vera Lúcia e o vice, Hertz Dias, apresentam no Rio Grande do Sul o manifesto “Um chamado à rebelião! Um projeto socialista contra a crise capitalista”, que você lê clicando aqui.

    – O objetivo é discutir com os trabalhadores e trabalhadoras de fábricas, escolas, diversos outros setores e periferias, a construção de um programa socialista nas eleições de 2018 – explica Carine Lemos, que fez 130 votos como única candidata a vereadora nas eleições de 2016, onde o partido, como faz tradicionalmente na cidade, disputou a Prefeitura, com Sadao Makino e Roberto Rost, fazendo 352 votos.

    A chapa à Presidência é a cara do partido.

    Mulher operária e negra, Vera Lúcia Salgado trabalhou por muito tempo no setor de fabricação de sapatos e é uma reconhecida ativista sindical e política de Sergipe. Natural do sertão pernambucano, tem 50 anos e migrou com parte da família para a periferia de Aracaju, fugindo da seca. Começou a trabalhar como costureira na produção de sapatos aos 19 anos, iniciando aí sua militância sindical. Defendeu o “Fora Collor” junto com a Convergência Socialista e rompeu com o PT em 1992, ajudando a fundar o PSTU.

    O candidato a vice Hertz Dias é natural da região metropolitana de São Luís (MA), tem 47 anos e é professor da rede pública. Tem atuação destacada no movimento negro, em especial no hip hop. É um dos fundadores do Movimento Hip Hop Militante “Quilombo Brasil”, com várias ramificações pelo país. É integrante e vocalista do grupo Gíria Vermelha, conhecido no segmento por suas canções de protesto repletas de críticas sociais.

    Entre as propostas polêmicas, Vera Lúcia diz que, se eleita, desapropriaria cerca de cem empresas e que a Venezuela não serve de modelo.

    – É um Estado capitalista – disse, em entrevista à TV Folha de S. Paulo, que você assiste clicando aqui, onde ela prega a revolução operária e afirma que o modelo mais próximo do ideal seria o dos cinco primeiros anos após a Revolução Russa, em 1917.

     

    LEIA TAMBÉM

    ENTREVISTA | As seis candidaturas à Prefeitura de Gravataí no paredão

    • segurança
      Carros da 99 POP terão câmeras de segurança
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      GM diz que pode fechar fábrica de Gravataí
      por Silvestre Silva Santos
    • segurança
      Fotógrafo foi morto por dívida em Cachoeirinha
      por Eduardo Torres
    • em Brasília
      Marco Alba trata do Complexo de Educação Especial
      por Redação
    • coluna do silvestre
      Pedágio volta dia 15 mais caro do que o anunciado
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O último ano dos canudos plásticos em Gravataí
      por Eduardo Torres
    • 2020
      ’Bolsonaro da Aldeia’ na briga pela Prefeitura
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Corte de dinheiro para Carnaval é aprovado; exceto por petistas
      por Rafael Martinelli
    • governo bolsonaro
      Marco Alba em Brasília; sem embaixador
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Moro foi bem na GloboNews; já é um político
      por Rafael Martinelli
    • carnaval
      Gravataí não vai liberar dinheiro para escola de samba
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      Uma em cada quatro armas legais é roubada no RS
      por Eduardo Torres
    • rs
      Ninguém de Gravataí no governo Leite
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      O que será feito para salvar Ubers da violência
      por Eduardo Torres
    • segurança
      O debate fetichista sobre a redução da maioridade
      por Rafael Martinelli
    • educação
      Ulbra Gravataí demite um quinto dos professores
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      App leva profissionais da beleza até você
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • habitação
      Moradores querem financiar casas da Granja em 35 anos
      por Eduardo Torres
    • polêmica
      Gravataí e Cachoeirinha podem ter armas liberadas
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      Farda não garante santidade; promoção, talvez
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      RETRÔ 2018 | Sem guerra das facções, na mira dos grandões
      por Eduardo Torres
    • economia
      RETRÔ 2018 | A volta dos investimentos na região
      por Eduardo Torres
    • meio ambiente
      RETRÔ 2018 | O preço do futuro preservado
      por Eduardo Torres
    • política
      RETRÔ 2018 | Do limão eleitoral à limonada política
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.