notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 15/08/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    guerra no psb

    Paulo Silveira foi eleito em julho de 2017 e comanda o partido até eleições de 2020

    Golpista, é a flauta de Paulo Silveira em Anabel

    por Rafael Martinelli | Publicada em 14/05/2018 às 14h56| Atualizada em 18/05/2018 às 13h18

    Quando parecia acuado pela retomada da parceria entre Anabel Lorenzi e Miki Breier, Paulo Silveira deu uma demonstração de que não está tão isolado assim na presidência do PSB de Gravataí.

    A direção estadual arquivou processo em que grupo da ex-candidata a prefeita apontava fraude na ata da eleição e pedia o congelamento de qualquer ação do diretório até a substituição de dois membros.

    Na prática, a decisão valida reunião em que os dirigentes locais apresentaram como candidaturas do partido em 2018 os nomes do próprio Paulo, e o do também vereador Carlos Fonseca, que juntos calculam seguir controlando 80% do partido.

    Ainda não foi definido, mas os dois devem concorrer à Assembleia Legislativa, deixando caminho livre à Câmara Federal para o companheiro de grupo político José Stédile, o ex-prefeito de Cachoeirinha que é presidente do partido no Rio Grande do Sul e candidato à reeleição.

    Anabel ficou de fora da lista.

    Para deputado estadual, ela já tinha anunciado apoio a Juliano Paz, número 1 de Miki no governo de Cachoeirinha. Mas mantinha em suspense uma candidatura a deputada federal, apesar da grande probabilidade de dar um ‘Joaquim Barbosa’.

    A guerra no PSB já tinha sido revelada com exclusividade pelo Seguinte:, em março.

     

    LEIA TAMBÉM

    Tempos de guerra no PSB de Anabel e Paulo Silveira

    O apoio a Juliano Paz e as covinhas da Anabel

     

    – É uma vitória da democracia, do voto na urna. Há quem defenda uma coisa para o Brasil e tenha uma prática diferente aqui em Gravataí. O histórico de cada um fala por si – flauteia Paulo Silveira, referindo-se a Anabel ser crítica ao golpeachment contra Dilma Rousseff, mas ter votado pela cassação de Rita Sanco nas ‘pedaladas fiscais’ da aldeia e, no processo agora arquivado, ter tentado uma intervenção da direção estadual na municipal.

    Mesmo às vésperas do PSB estadual confirmar a manutenção da aliança com José Ivo Sartori nas eleições de outubro, o presidente abomina qualquer aproximação local com o PMDB do prefeito Marco Alba e do até abril deputado federal Jones Martins, com quem Miki tem boas relações e de quem Paz foi até candidato a vice.

    – O PSB terá candidatura própria à Prefeitura em 2020, como tivemos em 2012, 2016 e 2017 – garante, citando os anos em que Anabel foi adversária de Marco e, pelo menos em sua vontade, tirando da fila a até então grande estrela do partido em Gravataí:

    – É hora de renovação. A dinastia Breier já teve sua vez.

    Parafraseando Clarice Lispector, a Anabel ainda cabe o grito.


    LEIA TAMBÉM

    O início do fim do reinado de Anabel?

    OPINIÃO | O perigo da fila andar para Anabel

     

    • entrevista
      Dinheiro tirou Rosane Bordignon da eleição
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Testamos carro o elétrico da GM
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt e Divulgação/GM
    • tá na mesa
      Gestão de Marco Alba não baila com Roberto Carlos
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Rosane Bordignon decide não concorrer
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      O Rio Gravataí é a sala de aula
      por Eduardo Torres
    • nota oficial
      Partido do vereador apoia investigação em caso da maconha
      por Rafael Martinelli
    • delegado confirma
      Vereador será investigado no caso da maconha
      por Rafael Martinelli
    • suspeita
      Saul Sastre é investigado por fraude no Daer
      por Eduardo Torres
    • operação
      Vereador diz que alugava prédio da meia tonelada de maconha
      por Rafael Martinelli
    • eleições 2018
      Juliano Paz, um pé em Gravataí, outro em Cachoeirinha
      por Rafael Martinelli
    • homenagem
      Diretora do Gensa e Facensa recebeu placa em Brasília
      por Silvestre Silva Santos
    • homenagem
      Denise, a Medonha, vai virar nome de biblioteca
      por Eduardo Torres
    • personagens
      COM VÍDEO | O caçador que abraçou um rio
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • coluna do silvestre
      Quem comprou o terreno do prédio mais alto
      por Silvestre Silva Santos
    • eleições 2018
      10 coisas sobre a foto que mexeu com a política local
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      OPINIÃO | Bagunça na Freeway, com Justiça & tudo
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      O plano que vai definir a cobrança por uso da água do Gravataí
      por Eduardo Torres | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.