notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 15/12/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    caso das laranjas

    Procurador regional eleitoral Luiz Carlos Weber apresentou recurso nesta terça

    Por que ação contra vereadores ainda não terminou

    por Rafael Martinelli | Publicada em 13/03/2018 às 18h18| Atualizada em 19/03/2018 às 20h18

    O procurador regional eleitoral Luiz Carlos Weber apelou há pouco da absolvição pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) dos vereadores de Gravataí Bombeiro Batista, Dilamar Soares e Dimas Costa no ‘caso das candidaturas laranjas’.

    O recurso da Procuradoria Regional Eleitoral já chegou ao presidente do TRE, Carlos Cini Marchionatti, que fará o juízo de admissibilidade do recurso especial. Caso o desembargador não reconheça a apelação, o Ministério Público federal ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por meio de um agravo de instrumento.

    Dia 27 de fevereiro, os vereadores tiveram aceita por unanimidade no TRE apelação à sentença da Justiça Eleitoral de Gravataí que em 2017 cassou os mandatos pela suposta fraude e abuso de poder praticada pela coligação PSD-PRTB na inscrição de candidaturas femininas na eleição de 2016.

    Clique aqui para ler o recurso especial apresentado nesta terça pelo procurador regional eleitoral.

     

    LEIA TAMBÉM

    Como foi o julgamento que absolveu Bombeiro, Dilamar e Dimas

     

    As defesas

     

    Os advogados dos vereadores falaram com o Seguinte:.

    Cláudio Ávila, que defende Dimas Costa, não acredita na reversão da decisão do TRE.

    – O MP está fazendo sua parte, já que foi proponente da ação. É compreensível, mas é uma tarefa inglória e que não terá êxito no TSE. A unanimidade deixa clara a decisão do TRE. Não há surpresa, nem receios – sustenta, alertando principalmente que “o TSE não comporta revisão de prova, como pede o procurador na apelação”.

    José Luís Blaszak, advogado de Bombeiro e Dilamar, faz a mesma advertência sobre a apelação do procurador.

    – O recurso está batendo em tese probatória, o que se encerra no TRE. Acho difícil o TSE revisar essa matéria, que se esgota na segunda instância, no caso o TRE. Não há substância para admitir a fundamentação do MP, que rebate a tese do relator, que acatou as teses de defesa, e foi seguido por unanimidade pela turma julgadora.

    O advogado acredita que o presidente do TRE “não deve admitir o recurso, obrigando o MPF a fazer um agravo de instrumento para o recurso subir ao TSE”.

    – O TRE sacramentou por unanimidade a absolvição e essa revisão de prova é vedada pelo TSE.

     

    A POLÊMICA EM DETALHES

    A cobertura completa, com detalhes do julgamento e links que contam toda a história da polêmica que começou ainda em 2016 e poderia levar à cassação dos mandatos, você lê clicando na reportagem Como foi o julgamento que absolveu Bombeiro, Dilamar e Dimas.

    Clique aqui para ler a decisão que foi publicada oficialmente no site do TRE com a absolvição dos vereadores.

    • empresas de valor
      TDK: poucos conhecem, mas todos usam
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • crime na saúde
      Ex-vereador de Gravataí é citado no Caso Gamp
      por Eduardo Torres
    • coluna do silvestre
      Começa a duplicação das pontes do Parque
      por Silvestre Silva Santos
    • histórico
      PC Magalhães, o caçula do mundial tricolor
      por Eduardo Torres
    • app
      Aplicativo para deixar as mulheres mais belas
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • coluna do silvestre
      Gravataí ganha café de R$ 750 mil nesta sexta
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      Precisa vereador pedir dinheiro para Marcha para Jesus?
      por Rafael Martinelli
    • crime
      Mansão em Cachoeirinha é elo entre tráfico e política
      por Eduardo Torres
    • funcionalismo
      Ano vai terminar sem greve em Gravataí
      por Rafael Martinelli
    • meio ambiente
      Já se sabe onde investir, resta cobrar pela água
      por Eduardo Torres
    • opinião
      Queremos sangue, como o matador de Campinas?
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      RS-118 não fica pronta no ano que vem
      por Silvestre Silva Santos
    • rs em crise
      OPINIÃO | Perderemos 32 milhões se baixar ICMS
      por Rafael Martinelli
    • investimento
      A boa notícia de 700 empregos
      por Rafael Martinelli
    • opinião
      OPINIÃO | Gravataí ainda não preencheu vagas de médicos
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      Shopping vai dar muitos presentes de Natal
      por Silvestre Silva Santos com assessoria
    • seca
      Sem chuva, captação no Rio Gravataí pode parar
      por Eduardo Torres
    • redes sociais
      Vereador ganha liminar para excluir post de eleitor
      por Rafael Martinelli
    • segurança
      OPINIÃO | Inocente bom é inocente vivo
      por Rafael Martinelli
    • crime na saúde
      Empresa levou R$ 500 mil supostamente desviados
      por Eduardo Torres
    • crime na saúde
      Ex-secretária de Gravataí é sócia de empresa no alvo do MP
      por Eduardo Torres
    • crime na saúde
      Empresa de Gravataí envolvida em desvio na saúde
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.