notcia bem tratada
GRAVATAÍ, 19/06/2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Recomendamos

  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Nossos Clientes
  • Facebook

    coluna do martinelli

    Jones Martins é cotado para assumir o Ministério do Desenvolvimento Social

    Gravataí pode ter seu primeiro ministro

    por Rafael Martinelli | Publicada em 28/02/2018 às 15h03| Atualizada em 07/03/2018 às 17h07

    Jones Martins não quer falar no assunto, mas é o nome do líder da bancada do PMDB na Câmara Federal, Baleia Rossi, para assumir o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) quando Osmar Terra se desincompatibilizar para concorrer à reeleição – o que deve acontecer antes do prazo de 5 de abril exigido pela lei eleitoral.

    Já deu no Painel da Folha de São Paulo e na Coluna do Estadão. E o MDS é cargo de indicação da bancada.

    – É óbvio que fico feliz com o prestígio, mas neste momento estou focado no mandato e na eleição de 2018 – despistou há pouco, ao conversar com o Seguinte: de Brasília, o deputado federal que para ser o primeiro ministro da história de Gravataí teria que desistir de concorrer nas eleições de outubro.

    Hoje considerado o ‘ficha 1’ para sucessão de Marco Alba em 2020, Jones já prepara uma campanha que tem como pilares a articulação que levou ao lançamento da pedra fundamental do Hospital do Câncer junto Grupo Hospital Conceição e a liberação de R$ 60 milhões em emendas e recursos como os que aumentaram em R$ 1 milhão por mês os repasses para saúde em Gravataí.

     

    LEIA TAMBÉM

    Conheça o hospital que vai tratar o câncer na região metropolitana

    Um elogio a Jones pelo Hospital do Câncer

     

    Além de ser o preferido de um dos deputados mais influentes do partido em Brasília, pesa a favor de Jones a relação que tem com o ministro-chefe da Casa Civil e número 1 de Temer, Eliseu Padilha, nesta semana designado pelo presidente para conversar com ministros para ver quem fica, ou quem sai para concorrer, e com partidos para saber os nomes cotados como indicações para ocupar os cargos.

    Jones entrou no radar de Temer e do círculo mais próximo do Palácio do Planalto ao fazer o que poucos fizeram à época: defender Temer em plenário, quando explodiram pedidos de renúncia nos dias subsequentes à revelação das denúncias dos magnatas caipiras da JBS, além de ter aceitado a indicação feita por Baleia para ser apresentado entre os nomes para relatoria da primeira comissão que analisaria o pedido de impeachment, quando havia uma disputa silenciosa dentro do partido e da base de governo.

     

    LEIA TAMBÉM

    A noite em que Temer ligou para Jones

    OPINIÃO | Onde Jones vai se meter

     

    Também por indicação de Baleia, foi um dos ‘fiscais’ em plenário da derrubada da ameaça de cassação de Temer, de quem, pela fidelidade, ouviu elogios por telefone e pessoalmente.

     

    LEIA TAMBÉM

    ENTREVISTA | Jones, por que salvar Temer?

     

    – As chances estão em 50 a 50 – conta um deputado ouvido pelo Seguinte:, que pede anonimato mas confirma as articulações que percorrem os tapetes verdes da Câmara Federal e os azuis do Senado, antes de chegar aos vermelhos do Palácio do Planalto.

    Se Jones subir para o Planalto, e o atual ministro descer para a campanha na planície, cresce a possibilidade de uma dobradinha em Gravataí entre Osmar e Patrícia Alba, esposa do prefeito que concorre à Assembleia Legislativa.

    Patrícia, Osmar e Marco certamente já devem ter conversado sobre esse plano B nos dois jantares que tiveram nos últimos dias: um em Torres, no congresso da Famurs, outro em Porto Alegre, em evento da revista Voto.

     

    LEIA TAMBÉM

    Jones e um aniversário do tamanho de 2018

     

     

     

    • coluna do silvestre
      Souza Cruz volta e Herbalife chega à cidade
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • atenção
      O que muda no trânsito da parada 72
      por Redação
    • a venda do hospital
      OPINIÃO | Marco Alba fez bem em bancar a Santa Casa
      por Rafael Martinelli
    • na copa
      Deu sono na estreia brasileira
      por Eduardo Torres
    • na copa
      OPINIÃO | Estreia com a cara do Brasil do golpeachment
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      No escurinho do cinema...
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • opinião
      É bom sinal os vereadores congelarem os próprios salários
      por Rafael Martinelli
    • nosso hospital
      COM VÍDEO | Hospital de Gravataí é da Santa Casa
      por Silvestre Silva Santos | Edição de imagens: Guilherme Klamt
    • saneamento
      Gravataí e Cachoeirinha no ranking do saneamento
      por Eduardo Torres
    • eleições 2018
      Miki e Stédile, unidos por Sartori
      por Rafael Martinelli
    • coluna do silvestre
      20 dias para o pedágio não ser cobrado ou...
      por Silvestre Silva Santos
    • meio ambiente
      EXCLUSIVO | Gravataí pode ter um dique contra enchentes
      por Eduardo Torres
    SITE DE JORNALISMO E INFORMAÇÃO
    Gráfica e Editora Vale do Gravataí
    Av. Teotônio Vilela, 180 | Parque Florido
    Gravataí(RS) | Telefone: (51) 3042.3372

    redacao@seguinte.inf.br

    Roberto Gomes | DIRETOR | roberto@seguinte.inf.br
    Rafael Martinelli | EDITOR | rafael@seguinte.inf.br
    Silvestre Silva Santos | EDITOR | silvestre@seguinte.inf.br
    Eduardo Torres | EDITOR | eduardo@seguinte.inf.br
    Guilherme Klamt | EDITOR | guilherme@seguinte.inf.br
    Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
    As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
    Desenvolvido por i3Web. 2016 - Todos os direitos reservados.